PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 27 de Setembro de 2017 - 11:42
Equipamento detectará pontos eletrônicos usados por candidatos no Enem 2017



 
 

Especialista mostra como funciona o detector "Andre" (Foto: Vanessa Fajardo/G1)

 
 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) comunicou, em cerimônia desta quarta-feira (27), os detalhes da operação de distribuição das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. Anunciou um novo mecanismo de segurança, além dos que já haviam sido divulgados: um equipamento que detecta o uso de pontos eletrônicos dentro da sala de aula. Chamado de "andre", ele é capaz de identificar sinais de transmissão de rádio e de bluetooth.

Isso impediria que candidatos conseguissem se comunicar com pessoas que ficam fora da sala de aula. No ano passado, por exemplo, um jovem foi preso em flagrante por usar um ponto de escuta nos ouvidos no segundo dia de prova do Enem.

    Especialista mostra como funciona o detector

Especialista mostra como funciona o detector "Andre" (Foto: Vanessa Fajardo/G1)

Já se sabia, desde maio deste ano, que os cadernos de prova serão personalizados, com nome número de inscrição de cada candidato na capa e no cartão de respostas. O esquema de quatro cadernos de questões de cores diferentes vai ser mantido.

O Ministério da Educação (MEC) e o Inep vivem um impasse com os detectores de metais, que costumam ser usados nos dias do exame. Neste ano, os aparelhos estão sendo alvo de disputa judicial com o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação, Seleção e Promoção de Eventos (Cebraspe), antigo Cespe, da Universidade de Brasília (UnB), que foi responsável por aplicar o exame entre 2014 e 2016.

Um novo consórcio foi contratado para o Enem 2017 - e o governo entrou na Justiça afirmando que detém a propriedade dos detectadores de metal usados pelo Cebraspe nos anos anteriores. A associação, por outro lado, diz que adquiriu por conta própria 80 mil equipamentos utilizados nos últimos anos e que, portanto, terá de negociar para que o Inep possa contar com os detectores nesta edição da prova.

"Os detectores de metal foram adquiridos exclusivamente pelo Cebraspe e empregados de maneira a garantir a segurança dos eventos realizados pelo Centro, restando evidente que esses aparelhos são de sua propriedade. Como o Cebraspe não fará parte do consórcio aplicador do Enem 2017, não há qualquer obrigação contratual para a cessão desses aparelhos para o atual consórcio", informou em nota o órgão.

Enem 2017

O Enem 2017 passou por mudanças após consulta pública. Dessa vez, ocorrerá em dois domingos consecutivos: nos dias 5 e 12 de novembro.

A divisão de áreas de conhecimento também foi alterada: redação, linguagens e ciências humanas serão os temas do primeiro domingo, com duração de cinco horas e meia de prova. Uma semana depois, serão os exames de matemática e de ciências da natureza, com quatro horas e meia para realização.

Os resultados do Enem 2017 serão divulgados em 19 de janeiro de 2018. Os candidatos continuarão podendo acessar o resultado por área de conhecimento e o desempenho individual.

    Entenda as principais mudanças no Enem a partir de 2017 (Foto: Arte/G1)

Entenda as principais mudanças no Enem a partir de 2017 (Foto: Arte/G1)

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
17/10/2017 - 09:44  PM institui "ranking" para premiar servidores que mais produzem
17/10/2017 - 09:27  Situação de desigualdade das mulheres ameaça desenvolvimento mundial, conclui relatório da ONU
17/10/2017 - 09:09  Incêndio consome parque estadual há 4 dias em MS
17/10/2017 - 09:02  Sistema de alerta de desastres naturais será implantado em janeiro de 2018 no Estado
16/10/2017 - 09:55  Em greve, agentes suspendem visitas e banhos de sol nos fins de semana
16/10/2017 - 09:29  Reaberto prazo para município aderir a parcelamento de débitos previdenciários
16/10/2017 - 09:14  Temer sanciona lei que permite à Justiça Militar julgar crimes contra civis cometidos em ...
16/10/2017 - 08:46  Crise nos municípios tem forte repercussão na grande imprensa nacional
09/10/2017 - 19:05  "Não vou concluir o Aquário sem antes entregar Trauma", reafirma Governador
07/10/2017 - 20:24   Família buritiense se envolve em acidente na Serra Gaucha .
06/10/2017 - 17:47  Prefeito Edilsom assina contrato com AGEHAB para tirar famílias de área de risco.
06/10/2017 - 10:38  Sancionada pelo governador Reinaldo Azambuja, lei do Refis passa a valer a partir do dia 16
06/10/2017 - 10:18  Polícia Militar aumenta apreensões de armas, drogas e veículos recuperados
06/10/2017 - 10:04  Mulheres recebem Curso de Produção de Alimentos Saudáveis.
02/10/2017 - 11:44  MS 40 anos: Governo do Estado leva infraestrutura para o desenvolvimento dos 79 municípios
02/10/2017 - 11:28  Proposta prevê compensação conjunta da Lei Kandir e do Fundo de Exportações
02/10/2017 - 11:18  Governo diz que já investiu mais de R$ 1 bilhão no municípios de MS.
02/10/2017 - 10:56  Cartórios poderão emitir RG, CPF, CNH e até Passaporte em Mato Grosso do Sul
29/09/2017 - 11:53  Interação de criança com homem nu gera polêmica após abertura de exposição no MAM
29/09/2017 - 10:19  PIS/Pasep: saiba como consultar o saldo.
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE