PUBLICIDADE
Economia
Noticia de: 25 de Outubro de 2017 - 07:41
Preço médio da gasolina recua, mas o do gás de cozinha dispara em MS



 
 

Preço médio da gasolina recua, mas o do gás de cozinha dispara em MS

 
 

Mato Grosso do Sul encerrou a penúltima semana de outubro com queda no preço médio da gasolina e do etanol.

De acordo com dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na última semana de setembro, a gasolina era comercializada a um preço médio de R$ 3,807 no Estado. Porém, recuou para 3,719 (-2,31%) até o último levantamento, realizado entre os dias 15 e 21 deste mês.

Essa retração também foi registrada no preço médio do etanol, que caiu de R$ 3,120 para R$ 3,063, queda de 1,63%, no mesmo período.

Em contrapartida, o preço médio do gás de cozinha aumentou em 4,04%, em média. Há quatro semanas, o valor médio do botijão, de acordo com a ANP, era de R$ 68,95.

Já na semana passada, o valor saltou para R$ 71,74 no Estado. E esta projeção de alta deverá se manter em novembro.

O aumento no preço do gás de cozinha é resultado da nova política de reajuste da Petrobras. De setembro até agora, foram três reajustes no preço do gás. O mais recente foi registrado no dia 5 de outubro, de 12,9%, o que geraria uma alta de 5,1% para o consumidor caso repassado integralmente. 

Já o diesel comum teve alta no período avaliado pela ANP, passando de R$ 3,442, valor médio registrado nos postos de combustíveis na última semana de setembro, para R$ 3,534, até a semana. A alta foi de 2,67%.  Já o diesel S-10 teve queda de 1,25%, caindo de R$ 3,662 para R$ 3,616. 

PAUTA FISCAL

A partir do dia 1º do mês que vem, o preço médio ponderado ao consumidor final do gás de cozinha será de R$ 5,3405 o quilo, 2,36% a mais em comparação à tabela anterior (R$ 5,2169). O reajuste das alíquotas do imposto PIS-Cofins foi publicado na edição de ontem do Diário Oficial da União . 

De acordo com a nova tabela de preços, além do gás de cozinha, o diesel S-10 também foi reajustado em 0,32%, passando para R$ 3,6956. O valor médio do etanol também se manteve estável, alta de 0,22%, passando de R$ 2,9980 para R$ 3,0047.

Em contrapartida, o preço médio da gasolina ao consumidor para fins de tributação recuou de R$ 3,9077 para R$ 3,8683, 1% de retração ou R$ 0,04 a menos.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
07/12/2017 - 15:39  Por que os juros bancários para o consumidor caem menos que a Selic?
07/12/2017 - 09:51  Indicador de emprego tem maior nível da série e indica tendência favorável, diz FGV
07/12/2017 - 09:40  Petrobras vai mudar regra que reajusta preço do gás de cozinha
04/12/2017 - 11:34  Vendas de fim de ano devem ter aumento de 4% em Mato Grosso do Sul
04/12/2017 - 10:42  Mercado sobe para 0,89% previsão de alta do PIB em 2017 e vê inflação menor
04/12/2017 - 10:18  Reforma da Previdência estadual começa a valer no dia primeiro de maio
04/12/2017 - 10:09  Programa que incentiva produção de bovinos precoces supera expectativas
30/11/2017 - 09:06  Desemprego fica em 12,2% e tem a maior taxa da série para outubro
27/11/2017 - 08:57  Mercado financeiro reduz estimativa de inflação para 2017 e 2018
27/11/2017 - 08:26  Crise faz disparar número de microempreendedores no Estado
21/11/2017 - 10:31  Banco Mundial sobre o Brasil: gastos além da conta, ineficientes e socialmente injustos
21/11/2017 - 07:21  Abertura de empresas reage e avança 6,9% este ano no Estado
21/11/2017 - 07:08  MS registra saldo positivo de empregos no mês de outubro
17/11/2017 - 10:18  Com agronegócio, MS garante melhor resultado do PIB no País
16/11/2017 - 13:16  PIB de MS cai 0,3% em 2015, mas é o melhor resultado do país, aponta IBGE
16/11/2017 - 09:27  MS amplia capacidade de abates em mil cabeças/dia
06/11/2017 - 10:07  Aumento de 4,5% no gás de cozinha já está valendo.
31/10/2017 - 10:28  Mensalidades escolares devem ter reajuste de 5% a 10% em 2018
31/10/2017 - 10:26  Desemprego recua para 12,4% em setembro, a menor taxa do ano
25/10/2017 - 07:30  Aumento de 42,8% na taxa de energia deve ser maior para o consumidor de MS
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE