PUBLICIDADE
Policial
Noticia de: 21 de Novembro de 2017 - 07:21
PF e Receita cumprem mandados contra quadrilha em CG e Terenos



 
 

Polícia Federal e a Receita Federal realizam hoje a Operação Ouro de Ofir. A investigação busca desarticular organização criminosa que atua na forma de uma verdadeira instituição financeira clandestina aplicando golpes para induzir pessoas a investir quantias em dinheiro, com o escopo de obter lucros financeiros exorbitantes. São cumpridos mandados em Campo Grande, Terenos e em outros dois estados.

O esquema criminoso era baseado na existência de uma suposta mina de ouro que foi explorada há muito tempo e cujos valores oriundos das comissões para a revenda estariam sendo repatriados e cedidos, vendidos ou até mesmo doados a terceiros, mediante pagamentos. Existe, inclusive, a esdrúxula figura de contrato de doação mediante pagamento. Outra modalidade de engodo é a promessa de liberação de uma antiga Letra do Tesouro Nacional – LTN.

Estima-se que milhares de indivíduos tenham sido induzidos a investir em um projeto cujos contratos não possuem lastro ou objeto jurídico plausível (os nomes eram Operação SAP e Aumetal). Os investidores eram induzidos a depositar quantias para ter uma lucratividade de mais de 1.000% (algo desproporcional e insustentável financeiramente). Também eram falsificados documentos de instituições públicas federais na tentativa de oferecer credibilidade ao que era repassado às vítimas.

O nome da Operação Ouro de Ofir é baseado em uma cidade mitológica da qual seria proveniente um ouro de maior qualidade e beleza. Tal cidade nunca foi localizada e nem o metal precioso dela oriundo. Estão envolvidos nas atividades referentes à deflagração aproximadamente 70 (sessenta) Policiais Federais, servidores da Receita Federal e Policiais Militares, para o cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisão temporária e quatro mandandos de condução coercitiva, nas cidades de Goiânia (GO) e Brasília (DF), além de Terenos e Campo Grande.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
22/05/2018 - 12:08  Corregedoria afasta investigador da Depac envolvido com pornografia infantil
22/05/2018 - 11:52  PM é preso por suspeita de facilitar fuga ocorrida sábado, na Máxima
18/05/2018 - 11:55  Gaeco e corregedoria da PM prenderam comandantes de batalhões no interior
18/05/2018 - 11:55  Segurança do governador e promovido por ato de bravura é um dos presos pelo Gaeco
18/05/2018 - 10:21  Militares são rendidos por criminosos na Maré, mas conseguem fugir
18/05/2018 - 09:53  Corregedoria inicia processo para avaliar expulsão de PMs presos
18/05/2018 - 09:52  Policiais Civis estão entre os envolvidos em contrabando
17/05/2018 - 14:43  Com ajuda de cães farejadores, PRF apreende 1 tonelada de maconha
17/05/2018 - 10:09  Organização criminosa de PMs facilitava contrabando em MS
17/05/2018 - 10:06  Quatro são presos com pornografia infantil em Campo Grande
16/05/2018 - 13:54  Gaeco e Corregedoria da PM deflagram operação contra corrupção policial
15/05/2018 - 11:24  Pai e filho formavam núcleo de lavagem de dinheiro do Cabeça Branca em MS
14/05/2018 - 14:47  Começam as inscrições para concursos da PM e Bombeiros; salários de até R$ 8,4 mil
14/05/2018 - 12:25  PM encontra 227kg de maconha abandonada .
14/05/2018 - 11:34   Pescador foi autuado pela Polícia Militar Ambiental .
14/05/2018 - 11:06  Veja o resumo das principais ocorrências atendidas nesse fim de semana
14/05/2018 - 09:31  Ex-prefeito leva facadas e é agredido com tapas e chutes por ladrões
14/05/2018 - 09:31  Mulher é encontrada decapitada em estrada de Campo Grande
14/05/2018 - 08:48  Registros de abuso sexual contra crianças e adolescentes somam 22 casos
11/05/2018 - 10:30  Casal é flagrado tentando sair do país com R$ 20 mil e cartões em nome de várias pessoas
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE