PUBLICIDADE
Política
Noticia de: 28 de Novembro de 2017 - 10:46
Com 13 votos favoráveis e 7 contrários, reforma da Previdência é aprovada



 

Izabela Jornada

 

Com 13 votos favoráveis e 7 contrários, reforma da Previdência é aprovada

 
 

Em meio a protestos dos servidores estaduais, a reforma da Previdência estadual foi aprovada hoje com 13 votos favoráveis e sete contrários. Dentre as principais mudanças, o aumento da alíquota previdenciária de 11% para 14% e da patronal para 25%.

Os votos contrários foram da bancada petista, formada pelos deputados Pedro Kemp, Amarildo Cruz, João Grandão e Cabo Almi, além de Lidio Lopes (PEN), Coronel David (PSC) e Paulo Siufi (PMDB).

Os deputados Zé Teixeira (DEM), Antonieta Amorim (PMDB), Eduardo Rocha (PMDB), George Takimoto (PDT), Herculano Borges Daniel (SD), Mara Caseiro (PSDB), Onevan de Matos (PSDB), Paulo Corrêa (PR), Rinaldo Modesto (PSDB), Enelvo Felini (PSDB), Marcio Fernandes (PMDB), Renato Câmara (PMDB), Beto Pereira (PSDB) “sim”.

Os ausentes foram Felipe Orro (PSDB), Grazielle Machado (PR), Maurício Picarelli (PSDB). 

“Quase 50% estão sendo cobrados do servidor público. Esse projeto é um absurdo”, declarou Lídio Lopes.

Opinião semelhante foi dada pelo deputado João Grandão durante a votação. “Não temos muito o que falar”, disse ele. “Em função dessa situação tumultuada aqui eu fui relator da comissão de mérito e eu fui contrário na comissão de orçamento. Formulei meu voto em separado dizendo “não”. Meu voto é não!

O PROJETO 

Além de aumentar a alíquota previdenciária e patronal, o projeto do Executivo unifica os fundos previdenciários. Um deles, o financeiro, apresenta deficit de pelo menos R$ 82 milhões todos os meses.

(*) Matéria editada para correção de informações.

Fonte Correio do Estado

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
08/12/2017 - 10:08  Vereadores de Dois Irmãos do Buriti participam de marcha contra rateio do ICMS.
07/12/2017 - 16:34  Com aumento de 3,1%, orçamento de Campo Grande para 2018 é aprovado na Câmara
07/12/2017 - 16:00  Sem votos, líderes já falam em deixar votação do 1º turno da reforma da Previdência para 19 de ...
07/12/2017 - 15:21  Governo do Estado reduz de 10,4% para 1,44% ICMS do leite em MS
07/12/2017 - 15:12  Azambuja vai pedir que deputados aprovem empréstimo de R$ 254 milhões
07/12/2017 - 10:22  Líderes apostam na pulverização de candidatos a governador em 2018
07/12/2017 - 09:16  Ministro Luiz Fux é eleito presidente do Tribunal Superior Eleitoral.
07/12/2017 - 08:52  Aprovada urgência para projeto que compensa estados por perdas
05/12/2017 - 10:20  Vereador Eber Reginaldo,Caciques, Lideranças participaram da abertura de reflexão de 50 anos ...
05/12/2017 - 09:33  Azambuja não está preocupado com o impacto das medidas nas eleições
02/12/2017 - 12:58  Em festa do PMDB, André Puccinelli é carregado nos braços por multidão
02/12/2017 - 12:53  Peemedebistas dizem que "falsos profetas" não intimidam
01/12/2017 - 09:30  Dagoberto consegue convencer Shimidt a assumir presidência
30/11/2017 - 10:29  Romero Jucá é escrachado em avião e tenta agredir pessoa que o filmava
29/11/2017 - 14:28  Câmara de Dois Irmãos do Buriti aprova mudança de nome da Escola Municipal Marcos Freire.
27/11/2017 - 12:03  Carlos Marun considera arbitrária e estranha a prisão de André Puccinelli
27/11/2017 - 11:06  Luciano Huck confirma que não será candidato à Presidência em 2018
27/11/2017 - 09:55  Temer tem alta após angioplastia e deixa hospital em SP
27/11/2017 - 09:15  Congresso deve analisar nesta semana projetos sobre armas, jogos de azar e planos de saúde
24/11/2017 - 14:54   Zeca do PT e Vander Loubet confirmam verba para saúde em Dois Irmãos do Buriti.
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE