PUBLICIDADE
Política
Noticia de: 07 de Dezembro de 2017 - 08:52
Aprovada urgência para projeto que compensa estados por perdas



 
 

Soja, um dos produtos de exportação de Mato Grosso do Sul -

 
 

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 292 votos, o regime de urgência para o Projeto de Lei 8132/17, ao qual está apensado o PL 8965/17, do Poder Executivo, que libera R$ 1,9 bilhão aos estados e municípios a títulos de fomento das exportações.

Esse fomento é uma espécie de compensação pela desoneração de tributos nas exportações, principalmente o ICMS.

A Confederação Nacional da Agricultura (CNA) é totalmente contra a revogação da Lei Kandir para aumentar a receita dos governos estaduais com a retomada da cobrança do ICMS dos produtos exportados. 

De acordo com a nota oficial divulgada durante coletiva realizada na terça-feira (5), em Brasília, a CNA afirma que “a Lei Kandir promoveu na economia brasileira um ambiente mais estável e favorável”, ressaltando que antes da lei  “o saldo deficitário das exportações promovia desestabilização e ataques especulativos à nossa moeda”.

Nos últimos 11 anos, Mato Grosso do Sul perdeu R$ 6 bilhões, segundo dados do governo estadual. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), em julho deste ano, reuniu-se com o presidente Michel Temer para pedir mudanças na lei.

"A proposta da União é achar uma equação que atenda os estados e remetê-la ao Congresso Nacional, como determinou o Supremo. Uma das propostas é permitir que os estados cobrem ICMS dos produtos, mas não está definida uma alíquota e se realmente este será o caminho. Mas que vão mudar e reduzir as perdas para os estados, isso é certo, esse foi o compromisso do presidente Michel Temer”, afirmou o governador em julho.

Os estados exportadores só receberam recursos do FEX (Fundo de Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações), mas em montantes que não compensam integralmente as perdas.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
08/12/2017 - 10:08  Vereadores de Dois Irmãos do Buriti participam de marcha contra rateio do ICMS.
07/12/2017 - 16:34  Com aumento de 3,1%, orçamento de Campo Grande para 2018 é aprovado na Câmara
07/12/2017 - 16:00  Sem votos, líderes já falam em deixar votação do 1º turno da reforma da Previdência para 19 de ...
07/12/2017 - 15:21  Governo do Estado reduz de 10,4% para 1,44% ICMS do leite em MS
07/12/2017 - 15:12  Azambuja vai pedir que deputados aprovem empréstimo de R$ 254 milhões
07/12/2017 - 10:22  Líderes apostam na pulverização de candidatos a governador em 2018
07/12/2017 - 09:16  Ministro Luiz Fux é eleito presidente do Tribunal Superior Eleitoral.
05/12/2017 - 10:20  Vereador Eber Reginaldo,Caciques, Lideranças participaram da abertura de reflexão de 50 anos ...
05/12/2017 - 09:33  Azambuja não está preocupado com o impacto das medidas nas eleições
02/12/2017 - 12:58  Em festa do PMDB, André Puccinelli é carregado nos braços por multidão
02/12/2017 - 12:53  Peemedebistas dizem que "falsos profetas" não intimidam
01/12/2017 - 09:30  Dagoberto consegue convencer Shimidt a assumir presidência
30/11/2017 - 10:29  Romero Jucá é escrachado em avião e tenta agredir pessoa que o filmava
29/11/2017 - 14:28  Câmara de Dois Irmãos do Buriti aprova mudança de nome da Escola Municipal Marcos Freire.
28/11/2017 - 10:46  Com 13 votos favoráveis e 7 contrários, reforma da Previdência é aprovada
27/11/2017 - 12:03  Carlos Marun considera arbitrária e estranha a prisão de André Puccinelli
27/11/2017 - 11:06  Luciano Huck confirma que não será candidato à Presidência em 2018
27/11/2017 - 09:55  Temer tem alta após angioplastia e deixa hospital em SP
27/11/2017 - 09:15  Congresso deve analisar nesta semana projetos sobre armas, jogos de azar e planos de saúde
24/11/2017 - 14:54   Zeca do PT e Vander Loubet confirmam verba para saúde em Dois Irmãos do Buriti.
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE