PUBLICIDADE
Política
Noticia de: 07 de Dezembro de 2017 - 10:22
Líderes apostam na pulverização de candidatos a governador em 2018



 
 

Líderes apostam na pulverização de candidatos a governador em 2018

 
 

A eleição do ano que vem promete ser pulverizada assim como a de 2016, quando 15 candidatos concorreram ao cargo de prefeito de Campo Grande.

O número foi recorde na cidade e deve ser também no Estado. A estimativa foi feita pelos deputados estaduais, que consideraram alta a quantidade de quatro pré-candidatos à sucessão estadual antes da virada do ano.

“Tem que ter muito mesmo. A sociedade brasileira não é muito participativa na política. Com a pulverização, acho que a população participa mais”, declarou o deputado estadual George Takimoto (PDT).

Até o momento, devem concorrer à disputa eleitoral o ex-juiz federal Odilon de Oliveira (PDT), o empresário Cláudio Sertão (Podemos), o ex-prefeito de Mundo Novo Humberto Amaducci (PT) e o advogado João Alfredo (PSOL).

Partidos como PMDB e PSDB já possuem projetos eleitorais, mas ainda não há nada definido. A expectativa dos tucanos é de que o governador Reinaldo Azambuja concorra à reeleição. A decisão dele deve acontecer depois do Carnaval.

No caso dos peemedebistas, ainda há esperança de que o ex-governador André Puccinelli aceite o desafio de disputar o comando do Estado. Mas, se ele não for candidato, a opção é o prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa.

Ainda não definiram, mas também devem lançar candidatos, partidos nanicos como o PSTU, que em quase todas as eleições têm como cabeça de chapa o servidor público Suél Ferranti. Para o deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB), a pulverização é algo democrático. “Acho isso bom. Os partidos pequenos servem para ser coadjuvantes dos grandes."

* Correio do Estado.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
08/12/2017 - 10:08  Vereadores de Dois Irmãos do Buriti participam de marcha contra rateio do ICMS.
07/12/2017 - 16:34  Com aumento de 3,1%, orçamento de Campo Grande para 2018 é aprovado na Câmara
07/12/2017 - 16:00  Sem votos, líderes já falam em deixar votação do 1º turno da reforma da Previdência para 19 de ...
07/12/2017 - 15:21  Governo do Estado reduz de 10,4% para 1,44% ICMS do leite em MS
07/12/2017 - 15:12  Azambuja vai pedir que deputados aprovem empréstimo de R$ 254 milhões
07/12/2017 - 09:16  Ministro Luiz Fux é eleito presidente do Tribunal Superior Eleitoral.
07/12/2017 - 08:52  Aprovada urgência para projeto que compensa estados por perdas
05/12/2017 - 10:20  Vereador Eber Reginaldo,Caciques, Lideranças participaram da abertura de reflexão de 50 anos ...
05/12/2017 - 09:33  Azambuja não está preocupado com o impacto das medidas nas eleições
02/12/2017 - 12:58  Em festa do PMDB, André Puccinelli é carregado nos braços por multidão
02/12/2017 - 12:53  Peemedebistas dizem que "falsos profetas" não intimidam
01/12/2017 - 09:30  Dagoberto consegue convencer Shimidt a assumir presidência
30/11/2017 - 10:29  Romero Jucá é escrachado em avião e tenta agredir pessoa que o filmava
29/11/2017 - 14:28  Câmara de Dois Irmãos do Buriti aprova mudança de nome da Escola Municipal Marcos Freire.
28/11/2017 - 10:46  Com 13 votos favoráveis e 7 contrários, reforma da Previdência é aprovada
27/11/2017 - 12:03  Carlos Marun considera arbitrária e estranha a prisão de André Puccinelli
27/11/2017 - 11:06  Luciano Huck confirma que não será candidato à Presidência em 2018
27/11/2017 - 09:55  Temer tem alta após angioplastia e deixa hospital em SP
27/11/2017 - 09:15  Congresso deve analisar nesta semana projetos sobre armas, jogos de azar e planos de saúde
24/11/2017 - 14:54   Zeca do PT e Vander Loubet confirmam verba para saúde em Dois Irmãos do Buriti.
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE