PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 10 de Janeiro de 2018 - 13:54
Municípios perdem R$ 5 milhões da CCR com paralisação de obras



 
 

As 21 cidades de Mato Grosso do Sul por onde passa a BR-163 tiveram perdas de R$ 5,5 milhões no recolhimento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), pago pela concessionária CCR MSVia, em 2017.

O valor total repassado aos municípios no ano passado foi de apenas R$ 23,9 milhões, enquanto no ano anterior, quando as obras de duplicação estavam em pleno vapor, a transferência chegou a R$ 29, 4 milhões.

Com 845,4 quilômetros de extensão, a BR-163 atravessa o Estado, ligando MS a Mato Grosso (Norte) e ao Paraná (Sul). Todas as cidades beneficiadas com as obras na BR-163 têm direito a receber da CCR MSVia repasse referente ao ISS de 5%, cobrado sobre o valor de obras, serviços e pedágio realizados ao longo da rodovia. Cada município recebe o imposto proporcionalmente à quilometragem municipal cortada pela rodovia. 

Entre os municípios que receberam os valores mais altos em impostos estão Campo Grande, com R$ 2,1 milhões, Bandeirantes e Nova Alvorada do Sul com R$ 2 milhões cada.

Conforme o secretário- executivo do consórcio de municípios por onde a rodovia passa, Wallyson Colombo, a queda de 18% no valor do imposto repassado às cidades se deve exclusivamente à paralisação nas obras de duplicação.

“Não tem nada a ver com arrecadação do pedágio, pelo contrário, nesse final de ano a arrecadação aumentou. Só que as frentes de trabalho nos municípios pararam. Todas as empresas que estavam executando serviços nas rodovias não estão executando, então, se não há obras, não há recolhimento aos municípios”, explicou.

*Correio do Estado.

 

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
22/01/2019 - 10:05  Empresas estão proibidas de ligar para clientes fora do horário comercial
22/01/2019 - 08:18  Farra do Bolsa Família tem servidores e dono de “frota”
21/01/2019 - 11:23  A Secretaria Municipal de Educação divulga resultado de contratação de Professores.
21/01/2019 - 08:40  Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje
21/01/2019 - 08:28  Cheia do Pantanal pode ser menos rigorosa neste ano
21/01/2019 - 08:24  MS mantém contas equilibradas, enquanto 6 decretam calamidade
21/01/2019 - 08:24  MS amplia em 21% geração de energia de biomassa de cana
20/01/2019 - 09:24  Aldeia Buriti celebra 95ª Festa de São Sebastião.
18/01/2019 - 11:48  Mais de 112 mil candidatos zeraram a redação do Enem; 55 tiraram nota máxim
18/01/2019 - 10:29  Marciano, cantor sertanejo, morre aos 67 anos
18/01/2019 - 10:04  Secretaria faz entrega de brinquedos pedagógicos para atendimento psicológico.
17/01/2019 - 16:35  Para ter uma arma em casa, o gasto mínimo é de R$ 3,7 mil
17/01/2019 - 14:52  Multa mínima para quem capturar Dourado em rios será de R$ 2,7 mil
17/01/2019 - 14:43  Técnicos substituirão professores a partir do dia 18 de fevereiro
17/01/2019 - 14:13  Como as empresas de tecnologia podem lucrar com suas fotos no #10YearsChallenge
17/01/2019 - 14:12  Prazo de inscrição para processo seletivo da Força Nacional termina amanhã
17/01/2019 - 14:09  Família da ministra Tereza Cristina tem conflito histórico com índios em MS
17/01/2019 - 09:05  Secretaria de Educação Informa que matriculas para ano letivo de 2019 estão abertas.
17/01/2019 - 08:34  Brasil bate recorde de mortes violentas em 2017
17/01/2019 - 08:33  Mais de 6,4 mil microempresas devem R$ 136 milhões à Receita
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE