PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 10 de Janeiro de 2018 - 13:54
Municípios perdem R$ 5 milhões da CCR com paralisação de obras



 
 

As 21 cidades de Mato Grosso do Sul por onde passa a BR-163 tiveram perdas de R$ 5,5 milhões no recolhimento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), pago pela concessionária CCR MSVia, em 2017.

O valor total repassado aos municípios no ano passado foi de apenas R$ 23,9 milhões, enquanto no ano anterior, quando as obras de duplicação estavam em pleno vapor, a transferência chegou a R$ 29, 4 milhões.

Com 845,4 quilômetros de extensão, a BR-163 atravessa o Estado, ligando MS a Mato Grosso (Norte) e ao Paraná (Sul). Todas as cidades beneficiadas com as obras na BR-163 têm direito a receber da CCR MSVia repasse referente ao ISS de 5%, cobrado sobre o valor de obras, serviços e pedágio realizados ao longo da rodovia. Cada município recebe o imposto proporcionalmente à quilometragem municipal cortada pela rodovia. 

Entre os municípios que receberam os valores mais altos em impostos estão Campo Grande, com R$ 2,1 milhões, Bandeirantes e Nova Alvorada do Sul com R$ 2 milhões cada.

Conforme o secretário- executivo do consórcio de municípios por onde a rodovia passa, Wallyson Colombo, a queda de 18% no valor do imposto repassado às cidades se deve exclusivamente à paralisação nas obras de duplicação.

“Não tem nada a ver com arrecadação do pedágio, pelo contrário, nesse final de ano a arrecadação aumentou. Só que as frentes de trabalho nos municípios pararam. Todas as empresas que estavam executando serviços nas rodovias não estão executando, então, se não há obras, não há recolhimento aos municípios”, explicou.

*Correio do Estado.

 

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
18/04/2018 - 11:21  Nelson Trad Filho faz palestra sobre o prevenção do câncer de próstata em Dois Irmãos do Buriti.
18/04/2018 - 10:00  Mato Grosso do Sul deve ganhar novo terminal portuário
18/04/2018 - 09:57  Prefeitura divulga resultado de Qualificação Profissional FIC-IFMS.
18/04/2018 - 09:44  A pedido do governo, Justiça libera devastação no Pantanal
17/04/2018 - 15:37  Prefeito Edilsom acompanha engenheiros em retomada de obra.
17/04/2018 - 12:25  Empresas que ocupam mão de obra prisional em MS conquistam certificação nacional
17/04/2018 - 09:20  Cidades de MS terão R$ 13,9 milhões de compensação por usinas
17/04/2018 - 09:18  Rios da Bacia do Alto Paraguai estão assoreando no Pantanal
16/04/2018 - 15:20  Na mesma sala, pai, mãe e filho voltam a estudar para transformar a vida juntos
16/04/2018 - 12:00  Só no mês de fevereiro, mais de 3 mil pessoas assassinadas no Brasil
16/04/2018 - 11:43  Inscrições para o Encceja 2018 começam nesta segunda-feira
16/04/2018 - 10:50  Novo cartão postal, Mirante do Pantanal só será menor do que o Cristo Redentor
16/04/2018 - 09:59  Manifestantes ocupam triplex atribuído a Lula em Guarujá, SP
16/04/2018 - 08:52  Sociedades médicas divulgam orientações sobre vacinação contra a febre amarela
16/04/2018 - 08:50  Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje
13/04/2018 - 10:29  Secretario Municipal de Educação visita obras de construção do novo Centro de Educação Infantil.
13/04/2018 - 10:14  Cheques de até R$ 300 reais serão compensados em 24 horas
12/04/2018 - 09:46  DOF ensina 19 militares do Exército sobre métodos de atuação na fronteira
11/04/2018 - 16:43  Mais de 326 mil domicílios deixaram de receber Bolsa Família em 2017, aponta IBGE
11/04/2018 - 16:34  Queda na receita do ICMS do gás acende "luz amarela" no Estado
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE