PUBLICIDADE
Política
Noticia de: 10 de Janeiro de 2018 - 14:09
PT agenda reunião com presidente do tribunal que julgará Lula



 
 

Rovena Rosa/Agência Brasil Presidente do PT do Rio Grande do Sul, ex-ministro Pepe Vargas afirma que a intenção é garantir a realização de atos em apoio ao ex-presidente

 
 

A pedido do PT, o presidente do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores, receberá parlamentares petistas nesta sexta-feira (12) para discutir as medidas de segurança para o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 24 de janeiro.

Deputado federal e presidente do PT do Rio Grande do Sul, o ex-ministro Pepe Vargas afirma que a intenção é garantir a realização de atos em apoio ao ex-presidente. Ele admite preocupação com o risco de conflitos durante as manifestações que, em sua avaliação, poderiam ser provocados por adversários infiltrados.

"Já estamos avisando de antemão: estaremos de cara limpa. Não seremos os encapuzados", afirmou Vargas.

Autor do pedido de audiência, o líder da bancada do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta, enfatiza que a pauta se limitará a questões administrativas: "Vamos falar sobre nosso ato. Não vamos tratar de processo. Não é conosco nem com ele".

    ESTRATÉGIA

A cúpula do PT discute qual será a melhor estratégia para acompanhamento do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal), em Porto Alegre.

Para a senadora Gleisi Hoffman (PR), presidente da legenda, os militantes e dirigentes petistas, bem como os da Frente Brasil Popular, devem se concentrar em seus Estados de origem. Em Porto Alegre, se reuniriam prioritariamente os residentes nos Estados do Sul do país.

Lula, por sua vez, esperaria pelo resultado em São Bernardo, ao lado da família, possivelmente no Sindicato dos Metalúrgicos, berço do PT.

Além de evitar gastos com as viagens, a senadora Gleisi alega a necessidade de fortalecimento do ato da avenida Paulista, de visibilidade nacional.

Porém, a Executiva paulista do PT definiu como estratégica a organização de uma comitiva com 40 ônibus para o Rio Grande de Sul. Em outra reunião, centrais sindicais decidiram organizar uma caravana também de 40 ônibus. Militantes menos otimistas acreditam que 60 ônibus partirão do Estado de São Paulo. Com informações da Folhapress.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
23/01/2018 - 09:31  MDB disponibiliza vagas ao Senado e de vice-governador aos aliados
23/01/2018 - 09:11  Em meio a promessas de atos pacíficos, Porto Alegre vive clima de apreensão com julgamento de Lula
22/01/2018 - 09:43  Quem são os juízes que decidirão o futuro de Lula nesta semana
17/01/2018 - 13:00  Faltam só assinaturas, diz Reinaldo sobre acordo para retomar Aquá
17/01/2018 - 10:00  RS quer fechar prédios públicos para julgamento
17/01/2018 - 09:29  Cai resistência a Bolsonaro no Exército.
16/01/2018 - 08:35  Justiça mantém Cristiane Brasil fora do Ministério do Trabalho
15/01/2018 - 13:54   Prefeito Edilsom assina contrato de retomada de obra do Centro de Educação Infantil - Creche ...
15/01/2018 - 13:47  Presidente do TRF reúne-se com Cármen Lúcia para tratar da segurança do julgamento de Lula
15/01/2018 - 10:33  Temer se reúne no Planalto com o diretor-geral da Polícia Federal para discutir segurança pública.
15/01/2018 - 10:19  Presidente da Câmara reúne com Prefeito Edilsom para viabilizar parceria com Sidrolandia.
15/01/2018 - 09:28  Passagem aérea custa até R$ 45 mil para Câmara
15/01/2018 - 09:07  Os desafios do PSDB para fazer a candidatura de Alckmin decolar e evitar a 5ª derrota seguida
15/01/2018 - 08:39  Odilon pode desistir do governo se não estiver bem nas pesquisas.
12/01/2018 - 13:58  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti faz entrega de caminhão frigorífico para COOPERDIB.
12/01/2018 - 13:51  MBL declara guerra a Luciano Huck
12/01/2018 - 09:00  Por posse de ministra, governo insistirá com recurso no TRF2
12/01/2018 - 08:17  Como será o julgamento de Lula no TRF4 no dia 24
11/01/2018 - 16:05  Jefferson diz que PTB manterá indicação Cristiane Brasil para Trabalho
11/01/2018 - 11:13  ‘Estou ótimo, embora toda hora queiram me matar’, diz Temer
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE