PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 05 de Fevereiro de 2018 - 10:48
INSS vai conceder salário-maternidade automaticamente



 
 

Getty Images Para que o benefício seja concedido automaticamente é preciso que os dados cadastrais da mãe estejam corretos

 
 

Trabalhadoras não precisarão mais ir até um posto do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para requerer o salário-maternidade. A partir de hoje, a concessão desse benefício deve acontecer automaticamente.

A mudança será possível por meio de uma integração entre a base de dados do INSS com a dos cartórios do país. Isso permitirá que o INSS cheque se as mães das crianças registradas nos cartórios são seguradas e estão aptas ao recebimento. Veja no site do INSS quem pode receber o benefício. 

Francisco Lopes, presidente do INSS, diz que a concessão deve ocorrer automaticamente em até 48 horas após o registro da criança em cartório. “Depois desse prazo, a mãe entra em contato pelo site ou pelo telefone 135 e verifica se o benefício foi processado”, disse a VEJA.

Se o salário-maternidade não tiver sido concedido automaticamente, a segurada terá que ir pessoalmente até uma agência do INSS para dar entrada no pedido.

Para que o benefício seja concedido automaticamente é preciso que os dados cadastrais da mãe estejam corretos. A partir de agora, a correção da informação poderá ser feita pelo próprio segurado no site do INSS.

Segundo Lopes, as medidas fazem parte do plano do INSS de reduzir as filas para atendimento dos segurados. “O objetivo é que os deslocamentos sejam feitos apenas para casos em que haja necessidade de atendimento pessoal.”

Desde o ano passado, o INSS passou a conceder automaticamente a aposentadoria urbana por idade. A partir da segunda quinzena, o segurado que cumprir as exigências para se aposentar por tempo de contribuição poderá pedir o benefício pela internet ou telefone.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
22/02/2018 - 15:06  Dia seguinte a cheia do Rio Aquidauana é de limpeza e avaliação dos prejuízos
22/02/2018 - 14:43  DESCASO - Cabo de empresa de telefonia está caído a mais de uma semana e sem reparos.
22/02/2018 - 12:00  Comissão aprova renegociação de dívidas do Funrural para abril0
22/02/2018 - 11:47  Sindicato dos Jornalistas condena ações de Reinaldo contra O Jacaré e defende liberdade de imprensa
22/02/2018 - 11:07  Rio Aquidauana desce mais de 1 metro e saldo é de 153 pessoas desabrigadas
22/02/2018 - 10:55  Anatel começa a bloquear celulares piratas nesta quinta-feira
22/02/2018 - 10:22  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti abre inscrições para Banda Municipal.
22/02/2018 - 09:38  Veja o que você precisa saber hoje
22/02/2018 - 09:31  PIS começa a ser pago hoje para 133 mil trabalhadores no Estado
19/02/2018 - 14:00  Procuradoria abre investigação sobre controle de TV por Romero Jucá
19/02/2018 - 13:00  O que acontece se a Reforma da Previdência não passar?
19/02/2018 - 12:00  Transporte de cargas pela hidrovia aumentou 37,6%
19/02/2018 - 11:17  STF julgará esta semana prisão domiciliar para detentas grávidas
19/02/2018 - 10:58  Governo quer CNH gratuita para pessoas de baixa renda
19/02/2018 - 10:45  General interventor usará dados de inteligência para fazer ampla mudança nos cargos das ...
19/02/2018 - 10:18  Rebelião na Baixada Fluminense termina com três presos feridos e 18 reféns liberados
19/02/2018 - 10:00  Inscrições para o financiamento estudantil em universidades pagas começam hoje
19/02/2018 - 09:56  Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje
19/02/2018 - 09:50  Em 2017, Mato Grosso do Sul contratou 3.712 aprendizes
19/02/2018 - 09:41  Prazo para regularização de granjas vai até 3 de março
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE