PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 08 de Fevereiro de 2018 - 12:58
Carteira de trabalho: mais 26 mil trabalhadores terão acesso ao documento.
Mais 26 mil trabalhadores terão acesso ao documento


 
 

 
 


Termos de cooperação técnica firmados com o Ministério do Trabalho viabilizarão atendimento em municípios de MS, MG, PI e RS

 

Mais 26 mil trabalhadores serão beneficiados com os termos de cooperação técnica firmados entre o Ministério do Trabalho (MTb) e 11 municípios de Mato Grosso do Sul, Piauí e Rio Grande do Sul. As parcerias devem viabilizar a emissão do documento em Sete Quedas (MS), Paulistana (PI) e São Gonçalo do Gurgueia (PI) e Ibiraiaras (RS) e Salto do Jacuí (RS).

 

Além disso, a Superintendência Regional do Trabalho de Minas Gerais (SRT-MG) renovou acordos de cooperação técnica com seis municípios –Andradas, Borda da Mata, Maria da Fé, Santa Bárbara do Monte Verde, Sapucaí-Mirim e Tupaciguara –, para continuar atendendo aos trabalhadores dessas localidades. O objetivo é descentralizar o serviço de emissão de carteiras de trabalho.

 

“Esses termos de cooperação são importantes porque facilitam a vida do trabalhador. Quem precisar fazer a carteira de trabalho terá um serviço mais prático e ágil, pois conseguirá solicitar e receber seu documento sem se deslocar para outro município”, explica o superintendente regional do Trabalho de Minas Gerais, João Gontijo.

 

Documentos necessários – Para fazer a carteira pela primeira vez é necessário apresentar os seguintes documentos: CPF, comprovante de residência, carteira de identidade e certidão de nascimento ou casamento. Quem já fez o documento e precisa da segunda via deve ter em mãos a carteira anterior ou boletim de ocorrência (em caso de furto, perda ou roubo), um documento que comprove o número e a série da carteira anterior (pode ser Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho, Requerimento de Seguro-Desemprego, Extrato do FGTS ou Espelho do PIS ativo na Caixa Econômica), CPF, comprovante de residência, carteira de identidade e certidão de nascimento ou casamento. A foto é feita na hora e todos os documentos devem ser originais ou cópias legíveis, autenticadas em cartório.

 

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
22/02/2018 - 15:06  Dia seguinte a cheia do Rio Aquidauana é de limpeza e avaliação dos prejuízos
22/02/2018 - 14:43  DESCASO - Cabo de empresa de telefonia está caído a mais de uma semana e sem reparos.
22/02/2018 - 12:00  Comissão aprova renegociação de dívidas do Funrural para abril0
22/02/2018 - 11:47  Sindicato dos Jornalistas condena ações de Reinaldo contra O Jacaré e defende liberdade de imprensa
22/02/2018 - 11:07  Rio Aquidauana desce mais de 1 metro e saldo é de 153 pessoas desabrigadas
22/02/2018 - 10:55  Anatel começa a bloquear celulares piratas nesta quinta-feira
22/02/2018 - 10:22  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti abre inscrições para Banda Municipal.
22/02/2018 - 09:38  Veja o que você precisa saber hoje
22/02/2018 - 09:31  PIS começa a ser pago hoje para 133 mil trabalhadores no Estado
19/02/2018 - 14:00  Procuradoria abre investigação sobre controle de TV por Romero Jucá
19/02/2018 - 13:00  O que acontece se a Reforma da Previdência não passar?
19/02/2018 - 12:00  Transporte de cargas pela hidrovia aumentou 37,6%
19/02/2018 - 11:17  STF julgará esta semana prisão domiciliar para detentas grávidas
19/02/2018 - 10:58  Governo quer CNH gratuita para pessoas de baixa renda
19/02/2018 - 10:45  General interventor usará dados de inteligência para fazer ampla mudança nos cargos das ...
19/02/2018 - 10:18  Rebelião na Baixada Fluminense termina com três presos feridos e 18 reféns liberados
19/02/2018 - 10:00  Inscrições para o financiamento estudantil em universidades pagas começam hoje
19/02/2018 - 09:56  Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje
19/02/2018 - 09:50  Em 2017, Mato Grosso do Sul contratou 3.712 aprendizes
19/02/2018 - 09:41  Prazo para regularização de granjas vai até 3 de março
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE