PUBLICIDADE
Mundo
Noticia de: 15 de Fevereiro de 2018 - 09:32
Suspeito de massacre na Flórida era louco por armas, diz polícia



 
 

Reuters Tiroteio em escola da Flórida

 
 

Flórida – O homem acusado de ter aberto fogo em uma escola de ensino médio do Estado norte-americano da Flórida na quarta-feira, matando 17 pessoas, é um ex-aluno problemático que ama armas e foi expulso por razões disciplinares não especificadas, disseram ex-colegas e a polícia.

Nikolas Cruz, de 19 anos, foi preso cerca de uma hora depois de uma série de disparos na escola Marjory Stoneman Douglas de Parkland, na Flórida, disse Scott Israel, xerife do condado de Broward, a repórteres.

Cruz, que foi expulso da escola por motivos que não foram divulgados, foi encontrado com vários cartuchos de munição e um fuzil estilo AR-15, segundo Israel.

“Já começamos a dissecar seus sites e as coisas nas redes sociais em que ele estava, e algumas das coisas que surgiram são muito, muito perturbadoras”, disse.

Chad Williams, de 18 anos, aluno da Stoneman Douglas, lembra de Cruz como um colega perturbado no ensino fundamental, e disse que o suspeito disparava o alarme de incêndio todos os dias até ser expulso.

Mais recentemente, Williams viu Cruz com várias publicações sobre armas quando os dois se cruzaram na escola. Williams pensou que Cruz estava no local para buscar um irmão mais novo.

“Ele era louco por armas”, disse Williams à Reuters na lateral de uma rua próxima da escola. “Ele era meio deslocado. Não tinha muitos amigos. Ele fazia qualquer loucura para se divertir, mas era problemático”.

Jillian Davis, de 19 anos, disse que fez parte da Corporação Juvenil de Treinamento de Oficiais da Reserva com Cruz no início do ensino médio, e lembra dele como um jovem discreto e calado que quase mudava de personalidade quando ficava irritado. Ele falava muito sobre armas e facas, mas ninguém o levava a sério, disse ela à Reuters.

“Eu diria que ele não era o garoto mais normal na corporação. Com certeza havia algo errado com ele. Ele era um pouco esquisito demais”, disse Jillian, que se formou no ano passado.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
17/01/2019 - 14:42  Mexicano que esfaqueou cachorro em bar é encontrado morto com mais de 50 facadas
17/01/2019 - 14:01  Explosão de carro em escola da polícia deixa mortos na Colômbia
03/01/2019 - 07:56  Pela primeira vez na história, sonda chinesa pousa no lado oculto da Lua
10/12/2018 - 09:17  Países aprovam criação de novo acordo de migração da ONU
06/12/2018 - 09:28  Emissões globais de CO2 crescem e atingem maior alta da história, diz estudo
26/11/2018 - 13:56  Seis mulheres morrem a cada hora em todo o mundo vítimas de feminicídio por conhecidos, diz ONU
09/10/2018 - 09:59  Quase um bilhão de meninas e jovens não têm acesso ao ensino de habilidades para as profissões ...
02/10/2018 - 10:03  Pesquisas com laser levam o Nobel de Física de 2018
01/10/2018 - 14:47  Cantor Charles Aznavour morre aos 94 em Paris
18/07/2018 - 11:04  Os dias na caverna da Tailândia: leia relato dos 12 garotos e do técnico
06/06/2018 - 09:50  Vulcão de Fogo deixa 75 mortos e 192 desaparecidos na Guatemala
21/05/2018 - 11:06  Grupo de Lima condena eleição na Venezuela e diz que países convocarão embaixadores
21/05/2018 - 10:11  Pelo menos 19 mil caminhoneiros de MS param em protesto ao preço do diesel
18/05/2018 - 13:01  Tiros são disparados em escola no Texas; há entre 8 e 10 mortos, segundo o xerife
16/05/2018 - 09:16  Papa expressa preocupação com 'espiral de violência' no Oriente Médio
14/05/2018 - 12:26  Al Qaeda convoca guerra contra EUA por embaixada em Jerusalém
14/05/2018 - 09:41  Doze palestinos são mortos na Faixa de Gaza em confronto com soldados israelenses
08/05/2018 - 12:24  Anastácio comemora 53 anos com desfile, visita do governador Reinaldo Azambuja e muita festa
02/05/2018 - 13:00  Site divulga carta que anuncia fim do grupo separatista ETA
27/04/2018 - 11:56  Líderes das Coreias prometem assinar acordo de paz para acabar com guerra ainda neste ano
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE