PUBLICIDADE
Economia
Noticia de: 02 de Abril de 2018 - 10:20
Grupo JBS ignora crise e dobra lucratividade em 2017



 
 

O grupo JBS divulgou no começo da semana, o balanço anual consolidado de 2017, no qual aponta um lucro líquido de R$ 534,2 milhões, o que representa um crescimento 128,7% perante 2016. Apesar de enfrentar problemas com a Justiça brasileira, o faturamento total da empresa em território nacional foi de R$ 163,17 bilhões.

Conforme informações do próprio grupo, o Brasil representa a segunda colocação na receita global da empresa (14%), ficando atrás somente dos Estados Unidos (52%). O lucro da empresa poderia ter sido maior, R$ 2,1 bilhões, se não tivesse aderido ao Programa de Regularização Tributária (PERT). 

A direção da empresa justificou o desempenho como sendo efeito da variação da taxa de câmbio e de vendas de alguns ativos, conforme programa de desinvestimentos anunciado ainda em 2017. No ano passado, a empresa vendeu para o frigorífico Minerva suas operações de carne bovina na Argentina, Paraguai e Uruguai por US$ 300 milhões, operação concluída em 31 de julho. Vendeu também sua participação na Vigor, do setor lácteo, por R$ 1,1 bilhão, para o grupo mexicano Lala.

EQUILÍBRIO

Apesar de faturar menos, a JBS conseguiu reduzir o nível de endividamento no ano passado. O balanço mostra uma dívida líquida (dívida bruta menos disponibilidades) de R$ 45,28 bilhões, 3,38 vezes a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações). No final de 2016, essa proporção estava em 4,16 vezes.

No exterior, a JBS vendeu sua fazenda de confinamento de gado no Canadá por US$ 40 milhões. Também transferiu para sua subsidiária norte-americana Pilgrim’s Pride (frango) sua participação na Moy Park. E já em março deste ano, a empresa fechou a venda da Five Rivers, suas fazendas de confinamento nos Estados Unidos.

“Com a conclusão da venda da Five Rivers EUA, a JBS encerrou a bem-sucedida implementação do seu programa de desinvestimentos, que resultou em uma importante desalavancagem e reforço de liquidez para a Companhia”, informa o relatório da administração.

Em comunicado, o diretor global de operações da JBS, Gilberto Tomazzoni, se disse satisfeito com os resultados do ano passado, que atribuiu a um portfólio diversificado.

“Nosso desempenho ressalta o sucesso da nossa estratégia para construir um resiliente negócio global de alimentos, com portfólio diversificado de produtos. Continuamos bem posicionados para nos beneficiar das tendências favoráveis de demanda global de proteína”, observa.
 

*Com informações da Assessoria de Imprensa

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
20/07/2018 - 11:01  Setor mais impactado pelo tabelamento de fretes é agronegócio
18/07/2018 - 10:44  Conta de luz do sul-mato-grossense pode ter aumento de até 20% no próximo ano
08/06/2018 - 11:21  Contribuintes podem consultar 1º lote do Imposto de Renda 2018
06/06/2018 - 09:41  Exportações aumentaram 6,9% no mês de maio em Mato Grosso do Sul
05/06/2018 - 14:13  MS tem 758 mil inadimplentes e ação busca reduzir débito
22/05/2018 - 11:52  Petrobras anuncia redução do preço do diesel e da gasolina a partir de quarta
15/05/2018 - 15:06  Pão francês vai ficar 10% mais caro em Mato Grosso do Sul
14/05/2018 - 08:44  Copom anuncia que taxa selic terá nova queda do índice
14/05/2018 - 08:39  Inclusão no Cadastro Positivo pode injetar R$ 20 bilhões em MS
11/05/2018 - 09:37  Mercado registra primeira queda do ano, 4% nas vendas de carne bovina
10/05/2018 - 09:41  PIB Industrial deve ter aumento e setor afirma que "recessão ficou para trás"
09/05/2018 - 14:43  Petrobras confirma venda de fábrica do Estado para grupo russo
09/05/2018 - 11:48  Brasil é o 2º melhor destino para investimentos
09/05/2018 - 09:59  Produção industrial cai em 8 dos 15 locais pesquisados em março pelo IBGE
08/05/2018 - 09:38  Homem que matou auxiliar de pedreiro no centro da Capital é preso
08/05/2018 - 09:38  Receita Federal libera consulta a lote residual do Imposto de Renda
08/05/2018 - 08:57  Petrobras tem lucro de R$ 6,9 bilhões no 1º trimestre, alta de 56%
07/05/2018 - 08:49  Rumo investirá R$ 4,7 bilhões em malha paulista e beneficiará MS
07/05/2018 - 08:43  Saiba dicas sobre previdência e qual a hora de investir
04/05/2018 - 09:40  Produção de cana em Mato Grosso do Sul surpreende e avança 5,1%
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE