PUBLICIDADE
Saúde
Noticia de: 13 de Abril de 2018 - 10:59
MS tem meta de vacinar 663 mil durante “ Campanha Nacional contra Influenza”



 
 

Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza terá início no dia 23 de abril / Edemir Rodrigues

 
 
Começa, no dia 23 de abril, a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que tem como meta, em Mato Grosso do Sul, vacinar 90% do público-alvo, no mínimo, o que representa 663.656 pessoas. Conforme nota técnica divulgada pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), por meio da Superintendência Geral de Vigilância em Saúde, a campanha vai até o dia 01° de junho, sendo 12 de maio o “Dia de Mobilização Nacional – Dia D”.

Fazem parte do público-alvo 737.395 pessoas- crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, professores, profissionais da saúde, povos indígenas, indivíduos com 60 anos ou mais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população carcerária e funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independente da idade.

De acordo com o escalonamento da entrega da vacina, o início da campanha, no dia 23 de abril, será para os grupos prioritários do público-alvo – profissionais de saúde, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas e professores.

A partir do dia 12 de maio, a vacinação será estendida para a população com idade acima de 60 anos. Para os demais grupos, a campanha estará disponível apenas no dia 21 de maio.

As estratégias de vacinação no Brasil, segundo o Ministério da Saúde, são decisões respaldadas em bases técnicas, científicas e logísticas, evidência epidemiológica, eficácia e segurança do produto.

As campanhas têm contribuído na redução da mortalidade em indivíduos portadores de doenças crônicas, tais como doença cardiovascular, AVC (acidente vascular cerebral), doenças renais, diabetes, pneumonias, DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica), além de outras. Entre as possíveis condições de risco para a ocorrência de complicações por influenza, a presença de ao menos uma comorbidade foi mais frequente entre os acometidos.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa, de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção.

No que diz respeito à parte técnica da vacina, a OMS (Organização Mundial de Saúde) recomendou, em setembro de 2017, a composição da influenza a partir das cepas de vírus a serem utilizados na campanha de 2018 para a produção da vacina trivalente no hemisfério Sul.

Transmissão

A transmissão dos vírus influenza se dá por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também acontece por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

Os sintomas da gripe são febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

O Ministério da Saúde orienta a população a adotar cuidados simples para evitar a doença, como lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evitar tocar o rosto, não compartilhar objetos de uso pessoal e evitar locais com aglomeração de pessoas.


principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
24/04/2018 - 10:53  Trabalhador rural morre de influenza em Aquidauana
24/04/2018 - 09:36  Estado tem três mortes sob análise e 11 casos confirmados de gripe
23/04/2018 - 12:39  Campanha de vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira .
17/04/2018 - 09:38  Desenvolvido o primeiro medicamento com potencial para curar diabetes tipo 1
16/04/2018 - 09:05  Entenda os diferentes tipos de vírus da gripe que circulam pelo Brasil
03/04/2018 - 11:15  Após MS ser 4º do país, número de doações de órgãos volta a cair
23/03/2018 - 13:01  Mato Grosso do Sul tem primeira morte por gripe confirmada neste ano
15/03/2018 - 08:50  Metade dos adolescentes de MS precisam se vacinar contra o HPV
15/03/2018 - 08:43  Governo pretende zerar fila de cirurgias eletivas com Caravana
08/03/2018 - 14:51  Secretária de Saúde de Dois Irmãos do Buriti promove dia especial para Mulher.
02/03/2018 - 09:53  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti realizara “Campanha de Saúde Visual.
07/02/2018 - 10:32  Sobe para 98 o número de mortes por febre amarela no País
05/02/2018 - 07:46  Urina de cor alaranjada é sinal de alarme: entenda o que pode ser e procure o médico
25/01/2018 - 13:40  Brasil deve dobrar oferta de vacina contra a febre amarela a partir de junho
23/01/2018 - 10:02  Ministro da Saúde afirma que febre amarela está ‘sob controle’
22/01/2018 - 08:33  Barata, vacina de febre amarela tem estoques no limite
17/01/2018 - 09:34  Quais são os grupos que não devem tomar a vacina da febre amarela - e como podem se proteger
09/01/2018 - 09:48  Coceira no corpo: o que pode ser? De câncer a estresse, conheça as 14 causas principais
02/01/2018 - 12:22  Caravana da Saúde vai focar em alunos da rede pública
11/12/2017 - 09:56  'Em 15 ou 20 anos, o câncer deverá ser uma doença controlada, como a Aids', diz pesquisador do Inca
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE