PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 17 de Abril de 2018 - 09:20
Cidades de MS terão R$ 13,9 milhões de compensação por usinas



 
 

Municípios impactados por hidrelétricas terão R$ 48,6 milhões neste ano em MS - Foto: Gerson Oliveira / Arquivo / Correio do Estado

 
 

Treze municípios sul-mato-grossenses impactados por lagos de usinas hidrelétricas vão receber R$ 13,964 milhões a mais por ano de Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH). 

Hoje, estas cidades recebem R$ 33,670 milhões, valor que vai chegar a R$ 48,634 milhões por causa da aprovação na semana passada pelo Senado Federal do PLC 315/2009. O texto depende ainda de sanção presidencial para entrar em vigor.

Este incremento de caixa nos cofres municipais vai ocorrer porque o projeto eleva em 20 pontos porcentuais o recurso da CFURH a ser destinado aos municípios. Até agora, 45% do valor total da compensação era destinado aos governos estaduais; 45% para os municípios; e 10% para a União – destes, 3% para o Ministério de Meio Ambiente, 3% para o Ministério de Minas e Energia, e 4% para o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).

O texto aprovado reduz o percentual de repasse para os estados de 45% para 25%, transferindo essa diferença para os municípios, que passam da faixa de 45% para 65%. 

Para o presidente da Associação Nacional dos Municípios Sedes de Usinas Hidroelétricas (AMUSUH) e prefeito de Abdon Batista (SC), Lucimar Salmória, essa vitória é resultado da união das forças políticas dos prefeitos. “A aprovação faz justiça com esses municípios que tanto contribuem para o desenvolvimento do nosso País. Quem ganhou foi o nosso País”, afirmou Salmória. A entidade, que representa 729 cidades distribuídas em 21 estados, luta há quase uma década pela redistribuição da compensação.  

*  Correio do Estado.

 

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
25/04/2018 - 20:00  Protesto da MST fecha cruzamento da Mato Grosso no horário de pico
25/04/2018 - 10:03  Encceja já tem mais de 1 milhão de inscritos
25/04/2018 - 10:00  Exército inicia operação para fiscalizar comércio de explosivos em MS
25/04/2018 - 09:38  Milho pode ter perdas de 200 mil toneladas com seca em Mato Grosso do Sul
25/04/2018 - 09:37  Concurso da PF terá 150 vagas para o cargo de delegado
24/04/2018 - 12:00  Sanesul quer usar Rio Formoso para o abastecimento de água em Bonito0
24/04/2018 - 11:18  Correios Celular chega a Mato Grosso do Sul nesta sexta-feira
24/04/2018 - 10:00  Para 2018, UFMS pode ter R$ 70 milhões a menos no orçamento
24/04/2018 - 09:18  Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje
23/04/2018 - 10:49  Dois Irmãos do Buriti adere Agrinho 2018.
23/04/2018 - 09:46  Prefeito e comitiva parlamentar participam das comemorações do Dia do Índio.
18/04/2018 - 11:21  Nelson Trad Filho faz palestra sobre o prevenção do câncer de próstata em Dois Irmãos do Buriti.
18/04/2018 - 10:00  Mato Grosso do Sul deve ganhar novo terminal portuário
18/04/2018 - 09:57  Prefeitura divulga resultado de Qualificação Profissional FIC-IFMS.
18/04/2018 - 09:44  A pedido do governo, Justiça libera devastação no Pantanal
17/04/2018 - 15:37  Prefeito Edilsom acompanha engenheiros em retomada de obra.
17/04/2018 - 12:25  Empresas que ocupam mão de obra prisional em MS conquistam certificação nacional
17/04/2018 - 09:18  Rios da Bacia do Alto Paraguai estão assoreando no Pantanal
16/04/2018 - 15:20  Na mesma sala, pai, mãe e filho voltam a estudar para transformar a vida juntos
16/04/2018 - 12:00  Só no mês de fevereiro, mais de 3 mil pessoas assassinadas no Brasil
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE