PUBLICIDADE
Economia
Noticia de: 25 de Abril de 2018 - 09:47
Dólar opera em alta pelo 5º pregão seguido e bate R$ 3,50



 
 

O dólar opera em alta ante o real nesta quarta-feira (25), pelo 5º pregão consecutivo, e bateu R$ 3,50, influenciado pelo movimento externo em mais um dia de alta do rendimento dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos e temores de que o ritmo de aumento de juros na maior economia do mundo pode ser mais forte que o inicialmente projetado e atrair para lá fluxos globais.

 

Às 9h36, a moeda dos EUA subia 0,80% frente ao real, a R$ 3,4957. Mais cedo, chegou a R$ 3,5067. Veja mais cotações


A última vez que a divisa fechou acima de R$ 3,50 foi em 3 de junho de 2016, quando encerrou a sessão a R$ 3,5244 na venda.

 

Na véspera, o dólar fechou em alta de 0,48%, a R$ 3,4681 na venda, renovando o maior valor desde o dia 2 de dezembro de 2016 (R$ 3,4716).

 

Cenário externo

 

O movimento de alta nos últimos dias acontece em meio a temores de que o ritmo de aumento de juros nos Estados Unidos pode ser mais forte do que o inicialmente projetado, o que pode afetar o fluxo de capital global.

 

Na véspera, o rendimento do Treasury de 10 anos dos Estados Unidos, títulos do governo norte-americano que serve de referência para os mercados, bateu o nível de 3%, em meio a preocupações com a crescente oferta de títulos do governo e a aceleração da inflação.

 

Com preços mais altos, o Federal Reserve, banco central norte-americano, pode ser mais firme na trajetória de aumento de juros no país neste ano. Taxas elevadas na maior economia do mundo têm potencial para atrair recursos aplicados hoje em outras praças financeiras, como o Brasil.

 Cenário local

A alta do dólar ante o real também ocorre em meio ao cenário político doméstico incerto por conta das eleições presidenciais de outubro. O mercado teme que um candidato que considere menos comprometido com o ajuste fiscal se destaque.

Os investidores também estavam cautelosos enquanto entendiam as implicações da decisão do Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) de retirar dos processos que estão nas mãos do juiz federal Sérgio Moro trechos de delações feitas por executivos da Odebrecht que implicam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, destaca a Reuters.

O Banco Central brasileiro realiza nesta sessão leilão de até 3,4 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, para rolagem dos contratos que vencem em maio e somam US$ 2,565 bilhõe. Se mantiver esse volume diário e vendê-lo integralmente, o BC rolará o valor total dos swaps que vencem no próximo mês.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
16/10/2018 - 09:52  Celulose e carnes provocam aumento de 23% nas exportações de MS
16/10/2018 - 09:41  Setor de serviços avança 1,2% e tem melhor agosto desde 2011, aponta IBGE
09/10/2018 - 10:17  Produção industrial cai em agosto em 6 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE
09/10/2018 - 09:44  Novas indústrias irão gerar 500 empregos em Mato Grosso do Sul
02/10/2018 - 10:07  Soja bate R$ 84 e acelera venda antecipada do grão no Estado
01/10/2018 - 16:08  Três a cada quatro idosos usam exclusivamente o SUS, diz estudo
01/10/2018 - 15:31  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti realiza audiência pública da Lei Orçamentária Anual.
01/10/2018 - 09:32  Busca por consignado cresce e chega a R$ 5,7 bilhões no Estado
28/09/2018 - 11:00  IBGE confirma MS como 4º maior rebanho de bovinos
27/09/2018 - 09:15  Consumidores de MS buscam R$ 1,2 bilhão em empréstimos
26/09/2018 - 11:42  Consignado com FGTS pode ajudar 484 mil trabalhadores em MS
21/09/2018 - 10:31  Prévia da inflação oficial fica em 0,09% em setembro, aponta IBGE
19/09/2018 - 15:47  Dia das crianças deve movimentar R$ 130 milhões em Mato Grosso do Sul
17/09/2018 - 14:38  Economia brasileira cresceu 0,57% em julho, diz Banco Central
10/09/2018 - 11:53  Reforma da pista do aeroporto de Bonito custará R$ 4 milhões a MS
10/09/2018 - 10:43  Projeção da inflação cai de 4,16% para 4,05% este ano
10/09/2018 - 10:06  Receita abre consulta ao 4º lote de restituição do IR nesta segunda
03/09/2018 - 10:47  Receita do Estado avança 18% e soma R$ 1,2 bi a mais até julho
27/08/2018 - 09:17  População já pagou R$ 703 milhões em impostos em Campo Grande
23/08/2018 - 09:42  Conta de luz vai ficar 24,42% mais cara em cinco cidades de Mato Grosso do Sul
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE