PUBLICIDADE
Economia
Noticia de: 25 de Abril de 2018 - 09:47
Dólar opera em alta pelo 5º pregão seguido e bate R$ 3,50



 
 

O dólar opera em alta ante o real nesta quarta-feira (25), pelo 5º pregão consecutivo, e bateu R$ 3,50, influenciado pelo movimento externo em mais um dia de alta do rendimento dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos e temores de que o ritmo de aumento de juros na maior economia do mundo pode ser mais forte que o inicialmente projetado e atrair para lá fluxos globais.

 

Às 9h36, a moeda dos EUA subia 0,80% frente ao real, a R$ 3,4957. Mais cedo, chegou a R$ 3,5067. Veja mais cotações


A última vez que a divisa fechou acima de R$ 3,50 foi em 3 de junho de 2016, quando encerrou a sessão a R$ 3,5244 na venda.

 

Na véspera, o dólar fechou em alta de 0,48%, a R$ 3,4681 na venda, renovando o maior valor desde o dia 2 de dezembro de 2016 (R$ 3,4716).

 

Cenário externo

 

O movimento de alta nos últimos dias acontece em meio a temores de que o ritmo de aumento de juros nos Estados Unidos pode ser mais forte do que o inicialmente projetado, o que pode afetar o fluxo de capital global.

 

Na véspera, o rendimento do Treasury de 10 anos dos Estados Unidos, títulos do governo norte-americano que serve de referência para os mercados, bateu o nível de 3%, em meio a preocupações com a crescente oferta de títulos do governo e a aceleração da inflação.

 

Com preços mais altos, o Federal Reserve, banco central norte-americano, pode ser mais firme na trajetória de aumento de juros no país neste ano. Taxas elevadas na maior economia do mundo têm potencial para atrair recursos aplicados hoje em outras praças financeiras, como o Brasil.

 Cenário local

A alta do dólar ante o real também ocorre em meio ao cenário político doméstico incerto por conta das eleições presidenciais de outubro. O mercado teme que um candidato que considere menos comprometido com o ajuste fiscal se destaque.

Os investidores também estavam cautelosos enquanto entendiam as implicações da decisão do Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) de retirar dos processos que estão nas mãos do juiz federal Sérgio Moro trechos de delações feitas por executivos da Odebrecht que implicam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, destaca a Reuters.

O Banco Central brasileiro realiza nesta sessão leilão de até 3,4 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, para rolagem dos contratos que vencem em maio e somam US$ 2,565 bilhõe. Se mantiver esse volume diário e vendê-lo integralmente, o BC rolará o valor total dos swaps que vencem no próximo mês.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
13/08/2018 - 10:29  Empreendedorismo feminino tem crescimento de 25% em MS
13/08/2018 - 09:47  Consumidores de MS vão pagar R$ 21,1 mi a mais para cobrir rombo
08/08/2018 - 11:27  Quem aderiu ao PERT já pode enviar informações à Receita
30/07/2018 - 10:59  Desemprego faz aumentar oferta de temporários em MS
26/07/2018 - 09:19  Dois meses após redução do ICMS, diesel aumenta em Mato Grosso do Sul
25/07/2018 - 08:59  Em alta recorde, soja deve atingir faturamento de R$ 11 bilhões no Estado
23/07/2018 - 13:34  Após semana com preço estável, Petrobras volta a baixar gasolina
20/07/2018 - 11:01  Setor mais impactado pelo tabelamento de fretes é agronegócio
18/07/2018 - 10:44  Conta de luz do sul-mato-grossense pode ter aumento de até 20% no próximo ano
08/06/2018 - 11:21  Contribuintes podem consultar 1º lote do Imposto de Renda 2018
06/06/2018 - 09:41  Exportações aumentaram 6,9% no mês de maio em Mato Grosso do Sul
05/06/2018 - 14:13  MS tem 758 mil inadimplentes e ação busca reduzir débito
22/05/2018 - 11:52  Petrobras anuncia redução do preço do diesel e da gasolina a partir de quarta
15/05/2018 - 15:06  Pão francês vai ficar 10% mais caro em Mato Grosso do Sul
14/05/2018 - 08:44  Copom anuncia que taxa selic terá nova queda do índice
14/05/2018 - 08:39  Inclusão no Cadastro Positivo pode injetar R$ 20 bilhões em MS
11/05/2018 - 09:37  Mercado registra primeira queda do ano, 4% nas vendas de carne bovina
10/05/2018 - 09:41  PIB Industrial deve ter aumento e setor afirma que "recessão ficou para trás"
09/05/2018 - 14:43  Petrobras confirma venda de fábrica do Estado para grupo russo
09/05/2018 - 11:48  Brasil é o 2º melhor destino para investimentos
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE