PUBLICIDADE
Política
Noticia de: 08 de Maio de 2018 - 13:00
Senad e Polícia Federal destroem mais de 1,4 mil toneladas de maconha



 
 

A Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) do Paraguai e a Polícia Federal do Brasil destruíram o equivalente a 1,4 mil toneladas de maconha em apenas 12 dias, durante etapa da Operação Nova Aliança. A estimativa é de que a ofensiva policial tenha causado um prejuízo superior a US$ 43 milhões aos traficantes. 

Conforme a Senad, essas cifras representam um recorde histórico de quantidade de drogas destruídas em uma só operação naquele país. A maior parte da maconha produzida no Paraguai é enviada aos principais mercados consumidores brasileiros, via Mato Grosso do Sul e Paraná. Daí o interesse do Brasil em participar de operações no país vizinho, combatendo indiretamente o tráfico desse tipo de droga também em território brasileiro. 

De acordo com a Senad, a erradicação e destruição das grandes produções de maconha no Paraguai representam um duro golpe nas estruturas do narcotráfico. Essa etapa da Operação Nova Aliança, que, além da Polícia Federal, contou com apoio de helicópteros das Forças Armadas paraguaias, chegou ao fim com 1.457 toneladas retiradas de circulação. 

ATUAÇÃO

As incursões policiais foram realizadas nas regiões das colônias Estrella, Maria Auxiliadora e Alpasa, no Departamento de Amambay.

Durante esses ataques, foram localizadas e depois incineradas de 329,6 toneladas de maconha já prontas para comercialização. Além disso, os agentes promoveram a eliminação de 376 hectares de plantações da droga, distribuídas em 157 parcelas. Isso representava perto de 1 milhão e 128 mil quilos da erva. Cada  hectare tem potencial de produzir  três toneladas. Também foram apreendidas duas toneladas de sementes. 

Segundo a Senad, no total foram destruídos 281 acampamentos utilizados por produtores como bases operacionais ou depósitos para armazenagem da produção.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
17/10/2018 - 12:07  PF indicia Michel Temer e filha Maristela por corrupção passiva e lavagem de dinheiro
17/10/2018 - 10:22   Câmara de Dois Irmãos do Burtiti recebe LOA.
17/10/2018 - 10:19  Azambuja cobra celeridade do TRE sobre suposto erro em urnas eletrônicas
16/10/2018 - 09:57  Deputados reeleitos do MDB e 9 prefeitos apoiam Reinaldo Azambuja
16/10/2018 - 09:20  Bombeiros salvam vida, mas agora respondem a processo.
16/10/2018 - 09:07  Estado reafirma que não tem dinheiro para abrir licitação
16/10/2018 - 08:54  Bolsonaro tem 59% dos votos válidos e Haddad, 41%, aponta Ibope
16/10/2018 - 08:49  Governo Temer tem aprovação de 5% e reprovação de 74%, diz pesquisa Ibope
16/10/2018 - 08:27  Odilon Junior contradiz o pai sobre visita a André Puccinelli na cadeia
15/10/2018 - 17:29  Senadora eleita pelo PSL se diz neutra e não apoia ninguém para governo
15/10/2018 - 17:26  Odilon Jr. visitou Puccinelli na prisão antes de apoio do MDB ao pai
15/10/2018 - 17:23  Com perfis falsos na internet, esfaqueador de Bolsonaro fez menção ao PCC
15/10/2018 - 17:16  Coligação do PSDB terá maioria na Assembleia
09/10/2018 - 10:25  PSB, PSDB, Rede, DC e PPL devem anunciar hoje apoio no segundo turno
09/10/2018 - 09:58  Haddad e Bolsonaro descartam mudar Constituição
09/10/2018 - 09:56  Bolsonaro tem 55,06% dos votos em MS, contra 23,87% de Haddad
09/10/2018 - 09:52  Apoio maciço de prefeitos não garantiu a vitória de Azambuja no 1º turno
09/10/2018 - 09:46  Reinaldo pede a Jair Bolsonaro pacto pelo fechamento das fronteiras
08/10/2018 - 11:02  Confira a lista dos 24 deputados estaduais eleitos em 2018
08/10/2018 - 10:58  PSDB e PSL lideram bancada federal, que tem 50% de renovação
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE