PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 16 de Maio de 2018 - 09:16
Maiores devedoras de MS têm R$ 101 mi em dívidas do FGTS



 
 

Cerca de 7 milhões de trabalhadores no País estão com seus depósitos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) irregulares e só em Mato Grosso do Sul são 3.844 empresas devedoras, segundo dados da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

O montante devido, entre as 15 maiores devedoras do Estado, chega a R$ 101,143,543,12 milhões em dívidas ativas cobradas pelo órgão. No Brasil, o valor do débito chegou a R$ 27,8 bilhões em abril. 

Segundo especialistas, as empresa costumam escolher o FGTS como uma das primeiras dívidas a não serem pagas assim que começam a sofrer com dificuldades financeiras. Muitas já se encontram em estado de recuperação judicial ou a empresa já declarou falência, o que tornaria pouco provável que o fundo recebesse o total montante devido.

Em MS, das 15 maiores devedoras, oito são usinas e duas são empresas de atividade hospitalar, além de uma empresa de transporte urbano, uma loja de materiais de construção, uma concessionária de veículos e uma empresa de atividade pecuária.

Quatro companhias estão situadas na Capital e o restante no interior do Estado, em cidades como Sidrolândia, Brasilândia, Naviraí, Coxim, Dourados e Santa Rita do Pardo.

NACIONAL

Segundo levantamento do Portal Uol, dos R$ 27,8 bilhões de dívidas de empresas em todo o País, algumas são de massas falidas de empresas conhecidas, como a Varig, com uma dívida de R$ 820 milhões, e a Vasp, com R$ 160 milhões. As duas lideram o ranking geral.

Dentre as 15 maiores companhias em débito no Brasil, cinco são educacionais. A Associação Sociedade Brasileira de Instrução, dona da Universidade Cândido Mendes (terceiro lugar no geral -R$ 132 milhões), e a Gama Filho (quarto lugar -R$ 130 milhões) são as que acumulam as maiores dívidas no setor.

Na lista, também aparecem grandes empresas multinacionais, como a Vale (sexto lugar, com R$ 105 milhões) ou prestadoras de serviço como a Eletropaulo (oitavo lugar -R$ 91 milhões).

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
22/05/2018 - 12:24  Projeto Abadá Capoeira em Dois Irmãos do Buriti.
22/05/2018 - 12:23  Morre o jornalista Alberto Dines aos 86 anos em São Paulo
22/05/2018 - 12:08  Agência pode encerrar contrato de concessão da BR-163 com a CCR MSVia
22/05/2018 - 11:49  Frio não afeta lavouras de MS e preço do milho sobe
22/05/2018 - 11:47  MPT cobra dos Correios mais segurança nas agências após roubos em MS
21/05/2018 - 12:35  Pedidos de aposentadoria por telefone e internet começam hoje
21/05/2018 - 12:32  Brasil passa a ser considerado livre de febre aftosa
21/05/2018 - 11:59  Preço do combustível já representa 60% do frete após seguidos aumentos
21/05/2018 - 11:09  Secretaria de Assistência Social promoveu encontro de SCFV-Melhor no Distrito de Palmeiras.
21/05/2018 - 10:19  Caminhoneiros protestam contra alta do diesel no país
18/05/2018 - 10:35  Cresce o número de jovens entre 15 e 29 anos que não estudam nem trabalham
18/05/2018 - 10:20  Enem 2018 encerra inscrições nesta sexta-feira (18), às 23h59
18/05/2018 - 10:07  Brasil ainda não atingiu meta de redução de analfabetismo fixada para 2015
17/05/2018 - 14:43  Secretário pretende armar até guardas das escolas municipais
17/05/2018 - 12:36  Prefeito Edilson empossa Conselho Municipal do Direito da Criança e Adolescente.
17/05/2018 - 11:54  Dois Irmãos do Buriti vai participar dos Jogos Melhor Idade 2018.
17/05/2018 - 10:05  Jurisprudência dificulta cobrança de devedores do FGTS
17/05/2018 - 10:05  Frente fria e chuva não mudam cenário de quebra na safrinha
15/05/2018 - 11:34  Mato Grosso do Sul deixou de produzir R$ 3,7 bi por conta de acidentes de trânsito
15/05/2018 - 11:28  Fábrica de fertilizantes teria dívida de R$ 80 milhões em Mato Grosso do Sul
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE