PUBLICIDADE
Policial
Noticia de: 25 de Julho de 2018 - 09:43
Diretor é afastado após cinco denúncias de estupro em escola estadual



 
 

Após várias denúncias de estupros cometidos contra alunos de uma escola estadual da cidade de Cassilândia, a 430 quilômetros de Campo Grande, um diretor de 53 anos foi afastado de suas atividades.

Os estupros teriam começado em novembro de 2017 quando dois irmãos, de 9 e 13 anos, relataram aos pais o que estava acontecendo. Os irmãos contaram que o diretor da escola costumava levá-los para uma sala, trancar o lugar e abaixar o short das crianças e passar a mão em seus órgãos genitais.

O Conselho Tutelar da cidade foi procurado na época, mas a denúncia e o registro do boletim de ocorrência só foram feitos em maio deste ano. Segundo o boletim de ocorrência registrado na delegacia da cidade, o Conselho Tutelar justificou a demora em denunciar o caso dizendo que o diretor é uma “pessoa influente”. O órgão explicou que esperou o “momento oportuno” para que a denúncia fosse feita.

Esse momento oportuno veio quando a mãe de outra criança procurou o Conselho para relatar a mesma situação. Ao todo foram registrados cinco boletins de ocorrência contra o diretor.

Uma criança de 9 anos também relatou ter sido vítima do diretor. Ela disse que ele a agarrava pelas costas, a levava para uma sala e passava a mão em seus órgãos genitais. Foi a avó do menino quem registrou o boletim de ocorrência. O neto teria dito que não contou o que estava acontecendo antes por vergonha.

A última denúncia foi registrada no dia 29 de junho e tem como vítima um menino de 12 anos. O garoto contou que foi retirado da sala de aula pelo diretor, que o levou para uma sala e o trancou lá. Em seguida, ele mandou que o menino abaixasse o short para ver se ele tinha alguma doença.

Após abaixar o short, o diretor passou as mãos em seu órgão genital, afirmando que ele não tinha doença e o liberou em seguida. Segundo a escola, o diretor foi afastado de suas atividades.

A reportagem tentou falar com o delegado que está investigando o caso, mas não conseguimos através de ligações.

Procuramos o Conselho Tutelar para comentar a demora na denúncia dos crimes, mas não obtivemos retorno até a publicação desta reportagem.

Fonte - Midiamax 

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
16/10/2018 - 08:20  Cães farejadores encontram carga de cocaína em veículo que saiu de MS
15/10/2018 - 17:55  Em quatro dias da operação “MS 41”, de 11 a 14 de outubro, o Batalhão de Polícia Militar ...
15/10/2018 - 17:35  Em operação conjunta polícia recupera carreta e tratores furtados
09/10/2018 - 10:23  Menino de 5 anos é arremessado de carro e morre em acidente na BR-163
08/10/2018 - 11:26  Ladrão invade casa de deputado estadual reeleito para furtar carne na Capital
02/10/2018 - 10:05  Carro carregado de maconha capota na MS-040 e traficante foge
01/10/2018 - 12:10  Casal de comerciantes é executado a tiros em assentamento na fronteira
01/10/2018 - 09:49  Homem é preso com picape “recheada” de cigarros paraguaios
01/10/2018 - 09:45  Mulher achada em matagal foi julgada e morta pelo “tribunal do crime”
01/10/2018 - 09:45  Após tentar reatar namoro e ouvir “não”, homem mata ex com 10 tiros
01/10/2018 - 09:41  Câmeras flagram dupla atirando durante assalto a Nelsinho Trad
27/09/2018 - 09:19  Operação contra desvio de R$ 1 milhão em GO cumpre mandados em MS
27/09/2018 - 09:16  Foragido pelo estupro da filha se muda de cidade, mas é preso em operação
27/09/2018 - 09:13  Homem morre esfaqueado depois de invadir casa da ex em Campo Grande
26/09/2018 - 12:06  Polícia Civil faz operação para prender acusados de roubos e latrocínios
26/09/2018 - 11:49  Operação não inibe contrabandistas que seguem “puxando” cigarro na fronteira
24/09/2018 - 09:23  PM precisa intervir para conter briga generalizada em saída de show
24/09/2018 - 09:17  Polícia investiga estupro de irmãs com consentimento da mãe, 1 engravidou
21/09/2018 - 10:24  Jovem monitorado por tornozeleira morre em confronto com a PM
20/09/2018 - 14:03  Líder do Comando Vermelho é preso no Paraguai após pedido de exradição do MPF
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE