PUBLICIDADE
Saúde
Noticia de: 22 de Agosto de 2018 - 16:17
Cresce o numero de mulheres que desejam engravidar através de doação de óvulos.



 
 


  • Apenas no IVI Salvador, houve um aumento de 54% na procura por técnicas que usam óvulos doados
  • Hoje, qualquer mulher entre 18 e 35 anos com boa saúde e sem histórico de doenças genéticas pode se candidatar à doação de óvulos em clínicas de reprodução humana no país.

SALVADOR, 17 DE AGOSTO DE 2018.

Mulheres que têm óvulos comprometidos recorrem a técnicas de reprodução humana e utilizam material genético de uma doadora em tratamentos para engravidar. Desde setembro de 2017, uma Resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM - 2168/2017) abrangeu as regras, ampliando a esperança de quem encontra na reprodução assistida a manutenção do sonho de gestar um bebê.

A modificação significa um grande avanço. Antes, a doação de óvulos era restrita a mulheres submetidas a outros tipos de tratamento nas clínicas, agora este ato pode ser realizado por qualquer interessada, entre 18 e 35 anos, com boa saúde e sem histórico de doenças genéticas.

Ainda não há registros sobre o impacto da resolução, mas a expectativa é que a novidade contribua para o aumento da procura por tratamentos que utilizam óvulos doados, segmento que vem apresentando alta nos últimos anos. Apenas na clínica IVI Salvador, houve, nos últimos 04 anos (2013 a 2017), um crescimento de 54% na procura por estas técnicas. “Este dado foi até antes da resolução e já indicava uma grande procura, a partir da Resolução, certamente, cada vez mais mulheres irão se interessar pelo tema e as taxas de êxito podem ser maiores”, acredita Dra. Genevieve Coelho, especialista em reprodução humana e diretora da unidade brasileira de um dos maiores institutos de reprodução assistida no mundo, o IVI Salvador.

Recepção de óvulos

A infertilidade é um problema que afeta um em cada 10 casais no mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). 40% das causas conhecidas estão relacionadas ao sistema reprodutor feminino e, quando o problema afeta a qualidade dos óvulos, a recepção de material genético doado por outra mulher é excelente solução para mulheres que mantém o desejo de engravidar.

“A gestação vai além de carregar o ser no útero. Através dela, o bebê recebe informações da receptora, são exemplos de características epigenéticas (além da genética), e passa a ser influenciado pelos hábitos alimentares, emoções, sentimentos, é um mix de características que vai fortalecendo o laço de mãe e filho, e é isso que muitas destas mulheres desejam, além da vontade de viver a sensação da própria gravidez”, explica Dra. Genevieve.

A mudança nas regras para Ovodoação é uma conquista significativa e amplia a esperança de milhares de mulheres. “Antes, enfrentávamos uma restrição maior. Era preciso identificar dentre as pacientes da clínica- apesar de enfrentarem problemas de fertilização –as que estavam dispostas a compartilhar óvulos qualificados. Hoje, não há limite numérico sobre as possíveis doadoras, já que podemos ir além do nosso banco de pacientes, e temos mais chance em encontrar voluntárias com óvulos qualificados, pois estamos falando de mulheres sem diagnóstico de infertilidade de nenhum tipo”, esclarece a médica.

 

 

Sobre o IVI

 

Sugestão de entrevista

Dra. Genevieve Coelho (CRM 10960) – especialistaem reprodução humana, com mais de 10 anos de experiência, diretora médica do IVI Salvador

 


principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
26/11/2018 - 07:58  Mosquito já causou 5,7 mil casos de dengue, chikungunya e zika vírus
05/11/2018 - 14:50  Começa hoje campanha de conscientização contra o câncer de próstata
30/10/2018 - 09:46  Sarampo volta a ser uma ameaça e deixa Capital em estado de alerta
24/10/2018 - 11:07  Brasil tem 2.425 casos confirmados de sarampo
22/10/2018 - 09:23  Mães que não fazem pré-natal podem ser denunciadas
09/10/2018 - 11:49  Quem são os parlamentares da "bancada Bolsonaro" de MS
02/10/2018 - 10:15  O crescimento misterioso das alergias aos alimentos
01/10/2018 - 14:48  Saúde estuda incluir duas novas doses no calendário de vacinação
01/10/2018 - 11:27  Com 1,4 mil casos de sífilis em 2018, prefeitura intensifica prevenção
26/09/2018 - 16:08  Caminhada Conscientização da Prevenção ao Suicídio é realizada no Distrito de Palmeiras.
20/09/2018 - 11:51  Caravana da Saúde é um exemplo de MS para o Brasil
14/09/2018 - 10:23  MS tem 67 cidades que superaram meta de vacinação
05/09/2018 - 10:05  Secretaria de Saúde de Dois Irmãos do Buriti alcança meta de imunização contra sarampo e ...
03/09/2018 - 15:19  Mesmo com segundo dia D, MS não bate a meta de vacinação
17/08/2018 - 12:01  Secretaria de Saúde de Dois Irmãos do Buriti promove palestra de BIOSAÙDE.
15/08/2018 - 09:52   Médico alerta para a prevenção de doenças do homem o ano todo
06/08/2018 - 09:51  Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo começa hoje
06/08/2018 - 08:51  Baixa cobertura vacinal deixa Estado em alerta
26/07/2018 - 11:31  Cinco cidades de MS estão em alerta para baixa imunização contra poliomielite
26/07/2018 - 11:08  Brasil tem 822 casos confirmados de sarampo; 3.831 são investigados
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE