PUBLICIDADE
Economia
Noticia de: 23 de Agosto de 2018 - 09:42
Conta de luz vai ficar 24,42% mais cara em cinco cidades de Mato Grosso do Sul



 
 

Conta de luz vai ficar 24,42% mais cara em cinco cidades de Mato Grosso do Sul

 
 

Moradores nos municípios de Três Lagoas, Brasilândia, Selvíria,  Anaurilândia e Santa Rita do Pardo terão aumento médio de 24,42% na conta de luz a partir do próximo dia 27. O reajuste proposto pela concessionária Elektro Eletricidade e Serviços, que atende a região leste e Mato Grosso do Sul e o estado de São Paulo, foi deliberado em reunião pública no dia 21, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Com o acréscimo, consumidores devem ficar ainda mais atentos para evitar desperdícios e fazer uso eficiente do insumo. Ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, a Aneel considera a variação de custos associados à prestação do serviço. Conforme a agência federal, o que mais influenciou no reajuste da Elektro foram os chamados componentes financeiros, principalmente relacionados à aquisição de energia e ao risco hidrológico. 

Sozinhos, os componentes financeiros responderam por 13,36 pontos porcentuais do reajuste médio de 24,42% aprovado. Por outro lado, esse mesmo efeito financeiro tende a atenuar, em 2019, o próximo processo tarifário da distribuidora. O efeito médio da alta tensão refere-se às classes A1 (>= 230 kV), A2 (de 88 a 138 kV), A3 (69 kV) e A4 (de 2,3 a 25 kV). 

Para a baixa tensão, a média engloba as classes B1 (residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 (Rural: subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural); B3 (Industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio); e B4 (Iluminação pública).
 

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
08/02/2019 - 08:26  Abates de bovinos crescem 3% e vendas rendem R$ 2 bilhões a MS
07/02/2019 - 09:36  Celulose segura balança e MS tem superavit de US$ 163 milhões
04/02/2019 - 09:36  A R$ 3,32, etanol no Estado está 19% mais caro do que média nacional
31/01/2019 - 08:29  Safra de cana terá avanço de 6% este ano no Estado
28/01/2019 - 09:04  Algodão deve render 10% a mais em MS
16/01/2019 - 08:30  Soja rende mais de R$ 12 bilhões para produtores do Estado
14/01/2019 - 15:09  Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018
14/01/2019 - 08:25  Com “ameaça” de Guedes ao Sistema S, cooperativas defendem instituições
11/01/2019 - 11:06  O bilionário negócio do cigarro eletrônico toma conta
11/01/2019 - 08:16  Setor reage e exportações de carne bovina superam R$ 2 bilhões
10/01/2019 - 08:24  MS tem 12 cidades entre as 100 mais ricas do agronegócio
09/01/2019 - 14:23  Endividamento das famílias cai em dezembro, revela pesquisa
08/01/2019 - 08:47  Produção industrial sobe 0,1% em novembro ante outubro, aponta IBGE
08/01/2019 - 08:21  MS mantém crescimento econômico e pode superar índice de 2014
08/01/2019 - 08:11  MS exportou R$ 5,8 bilhões em 2018; soja e celulose se destacam
07/01/2019 - 09:24  Dólar recua e chega a operar abaixo de R$ 3,70
07/01/2019 - 09:07  Janeiro é mês de muitas despesas, saiba como economizar
04/01/2019 - 10:47  Petrobras reduz pelo 2º dia seguido preço da gasolina nas refinarias
04/01/2019 - 10:44  Lei Kandir pode render repasse de R$ 1,95 bilhão a estados e municípios
04/01/2019 - 08:50  Pedidos de falência nas empresas mais que dobram em 2018
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE