PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 26 de Setembro de 2018 - 11:56
Surto de aluno provoca onda de boatos e pânico na UFMS



 
 

Um aluno do curso de Artes Visuais teve um surto psiquiátrico e destruiu uma obra de arte contemporânea exposta no corredor central da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). A consequência foi uma onda de boatos que causa pânico nos acadêmicos.

Conforme descreveram estudantes e um funcionário da segurança, nesta segunda-feira (25), o aluno quebrou brinquedos cor-de-rosa que faziam parte de uma instalação exposta para a Semana Mais Cultura da UFMS. Uma placa com os dizeres “obra descaracterizada por depredação” foi afixado na exposição e segurança foi reforçada. 

Além disso, ainda conforme acadêmicos, que preferem não revelar o nome, o colega entrou em um dos banheiros femininos e espalhou pedaços de frango pelo local.

Boatos de que o estudante está armado e ameaçou outros alunos e professores de morte causou pânico.

Constância Lucas, professora do curso de Artes Visuais, confirmou ao Campo Grande News que um dos graduandos, que tem problemas psiquiátricos, danificou a obra em exposição. “É uma obra de arte contemporânea e ele discorda”.

Ela, porém, nega que o aluno tenha sido flagrado armado e diz que além da reitoria, a família dele foi acionada. “Ele não atacou ninguém fisicamente”.

Por meio da assessoria de imprensa, a reitoria da UFMS informou que “determinou imediata instauração de sindicância para apuração dos fatos ocorridos na Faculdade de Letras, Artes e Comunicação no dia 24/09/2018” e que também acionou a Polícia Federal.

As imagens das câmeras de segurança serão usadas na investigação.

UFMS destaca que não há motivo para pânico. “As atividades de ensino, pesquisa e extensão estão sendo realizadas normalmente. O Festival Mais Cultura, que realiza mais de 500 intervenções, continua até domingo, dia 30”.

A universidade, na mesma nota, destacou que é contrária a “manifestações de ódio e intolerância”.

Aviso que havia sido afixado na obra (Foto: Izabela Sanchez)Aviso que havia sido afixado na obra (Foto: Izabela Sanchez)
Casa de madeira exposta no corredor central da UFMS (Foto: Izabela Sanchez)Casa de madeira exposta no corredor central da UFMS (Foto: Izabela Sanchez)

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
19/10/2018 - 11:42   Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti realizou a 6º Conferencia Municipal dos Direitos da ...
19/10/2018 - 10:42  Receita Federal vai premiar bons pagadores de impostos
17/10/2018 - 12:31  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti realiza operação tapa-buracos por toda cidade.
17/10/2018 - 12:10  Falha em sites do Governo de MS suspende atendimentos de serviços
17/10/2018 - 12:06  Sem receber há 50 dias, servidores públicos estão há nove dias em greve
17/10/2018 - 10:21  Alerta de tempestade e queda de granizo em 38 cidades de MS nesta quarta-feira
17/10/2018 - 10:17  Transporte gratuito a doentes crônicos pode deixar de valer
17/10/2018 - 10:16  Municípios usarão recursos da Cesp em infraestrutura
16/10/2018 - 09:45  Em dez anos, usuários de MS fizeram mais de 450 mil trocas de operadoras
16/10/2018 - 09:25  Bombeiros salvam vida, mas agora respondem a processo
16/10/2018 - 09:00  MS teve 2,2 mil demissões por acordo desde o início da reforma
15/10/2018 - 17:33  Fazenda de traficante é 1ª na história transferida para governo paraguaio
15/10/2018 - 17:30  Estado diz que dinheiro só é suficiente para retomar Aquário sem licitação
09/10/2018 - 11:44  Uso de agrotóxicos coloca antas em risco na região do cerrado de Mato Grosso do Sul
09/10/2018 - 11:21   Enem para privados de liberdade é antecipado para 11 e 12 de dezembro
09/10/2018 - 11:19  Chuvas de outubro reduzem 77% dos incêndios em MS comparado a 2017
09/10/2018 - 11:18  Conselho Nacional de Justiça julga processo disciplinar contra a desembargadora Tânia
09/10/2018 - 09:51  Horas de chuva causam enchentes em seis cidades e deixam desalojados
08/10/2018 - 11:05  Governo chama candidatos da PM para prova de título e teste psicológico
08/10/2018 - 10:10  Conheça o Pantanal em preto e branco pintado por estudantes
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE