PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 08 de Outubro de 2018 - 09:22
Desafios do próximo governo vão de logística a ICMS do gás



 
 

Para economista, Mato Grosso do Sul precisa aproveitar melhor o seu potencial para a agricultura - Foto: Valdenir Rezende / Arquivo / Correio do Estad

 
 

Criar linhas de desenvolvimento desatreladas da União, reduzir dependência dos entes federais, investir na logística, consolidar a integração com países da América do Sul, reduzir a dependência do ICMS do gás, agregar mais valor aos produtos primários do agronegócio, definir quais os setores mais competitivos da economia, rever a política tributária, gerar empregos e receita. Estes são apenas alguns dos desafios econômicos que devem ser enfrentados pelo novo governador do Estado, em um cenário de estagnação da economia depois de longo período de recessão. 

A opinião é do economista-chefe da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, Normann Kalmus, que também já prestou consultoria econômica em vários governos nos últimos anos.

“O maior problema do Estado na pauta econômica, na minha opinião, é a falta de planejamento. Nós precisamos encontrar formas de criar linhas de desenvolvimento que não dependam das vontades federais da União. Temos um país desestruturado em torno dos eixos econômicos já tradicionais. Enquanto não chegarmos a uma linha de desenvolvimento que considere isso e proponha alternativas, vamos continuar a reboque da política dos outros”, afirmou Normann Kalmus. De acordo com ele, o novo governante deve considerar com mais seriedade as vantagens comparativas do Estado. É o caso, por exemplo, da agropecuária.

“MS tem grandes áreas agricultáveis, clima favorável, e não estamos usando totalmente a potencialidade. O que produzimos fazemos bem. No entanto, deixamos de produzir outros produtos ou deixamos de lado a oportunidade de desenvolver melhor as cadeias”, enfatizou.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
17/06/2019 - 11:40  Delegado de Aquidauana é transferido após sumiço de 100 kg de cocaína
17/06/2019 - 10:52  Inauguração da reforma da Quadra de Esporte da Escola Municipal Felícia Emiko Kawamura Sakitani
17/06/2019 - 10:26  Idoso morre ao cair de escada durante poda de árvore na Capital
17/06/2019 - 10:25  Petrobras venderá subsidiária em Três Lagoas até setebro
17/06/2019 - 10:09  Mais de 29 mil contribuintes em MS vão receber 1º lote do Imposto de Renda
17/06/2019 - 10:05  Uso de simulador para obtenção de CNH será facultativo
17/06/2019 - 10:00  Xuxa fala sobre pacto com diabo, traição de Pelé e rixa com Eliana
17/06/2019 - 10:00  Filhos são responsáveis pela maioria das 545 violações contra idosos em MS
14/06/2019 - 11:52  Governador viabiliza recursos para obras em aeroporto de Bonito
14/06/2019 - 11:49  Menino de Aquidauana fã da PM viaja escoltado para fazer transplante de rim
14/06/2019 - 11:48  Conselheiros pedem saída de diretor da Santa Casa
14/06/2019 - 11:47  Motorista morre no hospital 13 dias após ônibus cair em barranco
14/06/2019 - 11:44  Instrutor usava ônibus de autoescola para o tráfico na Capital
14/06/2019 - 11:41  Bombeiros registram 80 casos de queimadas por dia na Capital
14/06/2019 - 11:26  Futuro da BR-163 depende de parecer técnico do TCU
14/06/2019 - 11:23  Organização espera 20 mil em ato pela educação e contra a reforma
14/06/2019 - 11:11  Bancos abrem uma hora mais tarde e universiddesa públicas fecham em Greve Geral
14/06/2019 - 11:09  Trabalhadores rurais, bancários e sindicalistas protestam no Incra
14/06/2019 - 10:46  Inverno chega dia 21 com pouca chuva e temperatura abaixo dos 5ºC graus
14/06/2019 - 10:44  Com 13 milhões de desocupados, Brasil registra meis inusitados de busca por emprego
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE