PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 08 de Outubro de 2018 - 09:49
Imprensa internacional repercute vantagem de Bolsonaro



 
 

A vantagem de Jair Bolsonaro (PSL) no primeiro turno da eleição presidencial deste domingo (7) -46% contra 29% do segundo colocado, o petista Fernando Haddad- foi destaque na imprensa mundial.

Os jornais The New York Times, Financial Times e El País e a rede de televisão britânica BBC emitiram alertas em seus aplicativos em todo o mundo após a confirmação do segundo turno, por volta das 21h em Brasília.

"Os votantes deram uma vitória de primeiro turno a Jair Bolsonaro, que atordoou a política tradicional ao crescer entre uma campanha presidencial lotada apesar de seu longo histórico de declarações ofensivas sobre mulheres, negros e gays", diz o texto do New York Times.

A eleição brasileira estava no alto do site dos quatro e de outros jornais como o britânico The Guardian e o francês Le Monde. As publicações europeias referiram-se ao deputado como um candidato de extrema-direita. 

"Estes resultados [...] oferecem ao candidato do Partido Social Liberal, saudoso declarado da ditadura militar, uma vantagem bem superior à apresentada nas pesquisas antes da eleição", disse a publicação francesa.

O El País relembra o histórico de declarações polêmicas. "Um político autoritário, racista, machista, homofóbico. Um adorador da ditadura que colocou o Brasil em uma de suas épocas mais escuras durante 20 anos", diz o texto.

"Jair Messias Bolsonaro, o defensor dos valores mais retrógrados, esses que cada vez com mais força andam pelo mundo sem freio, acaricia a presidência do país sul-americano."

A TV Al Jazeera, do Qatar, destacou o segundo turno chamando a eleição de turbulenta. Já o Wall Street Journal coloca o deputado como se posicionando para controlar a quarta maior democracia do mundo.

A eleição também foi capa dos jornais dos países vizinhos. Além da manchete, os argentinos La Nación e Clarín traziam outros detalhes da eleição, como gráficos. O primeiro chamou a vitória parcial de Bolsonaro de contundente.

Também incluiu outros detalhes, como a derrota da ex-presidente Dilma Rousseff para o Senado em Minas Gerais, o peso da vitória do candidato do PSL em São Paulo e Rio e a situação do PT após o pleito presidencial.

No canal Telesur, mantida em maior parte pelo regime venezuelano, há destaque às declarações de Haddad de que uma vitória de Bolsonaro representaria um risco à democracia e à divisão dos votos pelo Brasil.

Visão oposta era vista no Breitbart News, da direita alternativa americana. Embora não tenha colocado em destaque a eleição, titulou: "Conservador Bolsonaro vence o primeiro turno, lidera o segundo turno contra socialista."

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
19/10/2018 - 11:42   Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti realizou a 6º Conferencia Municipal dos Direitos da ...
19/10/2018 - 10:42  Receita Federal vai premiar bons pagadores de impostos
17/10/2018 - 12:31  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti realiza operação tapa-buracos por toda cidade.
17/10/2018 - 12:10  Falha em sites do Governo de MS suspende atendimentos de serviços
17/10/2018 - 12:06  Sem receber há 50 dias, servidores públicos estão há nove dias em greve
17/10/2018 - 10:21  Alerta de tempestade e queda de granizo em 38 cidades de MS nesta quarta-feira
17/10/2018 - 10:17  Transporte gratuito a doentes crônicos pode deixar de valer
17/10/2018 - 10:16  Municípios usarão recursos da Cesp em infraestrutura
16/10/2018 - 09:45  Em dez anos, usuários de MS fizeram mais de 450 mil trocas de operadoras
16/10/2018 - 09:25  Bombeiros salvam vida, mas agora respondem a processo
16/10/2018 - 09:00  MS teve 2,2 mil demissões por acordo desde o início da reforma
15/10/2018 - 17:33  Fazenda de traficante é 1ª na história transferida para governo paraguaio
15/10/2018 - 17:30  Estado diz que dinheiro só é suficiente para retomar Aquário sem licitação
09/10/2018 - 11:44  Uso de agrotóxicos coloca antas em risco na região do cerrado de Mato Grosso do Sul
09/10/2018 - 11:21   Enem para privados de liberdade é antecipado para 11 e 12 de dezembro
09/10/2018 - 11:19  Chuvas de outubro reduzem 77% dos incêndios em MS comparado a 2017
09/10/2018 - 11:18  Conselho Nacional de Justiça julga processo disciplinar contra a desembargadora Tânia
09/10/2018 - 09:51  Horas de chuva causam enchentes em seis cidades e deixam desalojados
08/10/2018 - 11:05  Governo chama candidatos da PM para prova de título e teste psicológico
08/10/2018 - 10:10  Conheça o Pantanal em preto e branco pintado por estudantes
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE