PUBLICIDADE
Economia
Noticia de: 16 de Outubro de 2018 - 09:41
Setor de serviços avança 1,2% e tem melhor agosto desde 2011, aponta IBGE



 
 

O volume de serviços prestados no Brasil cresceu 1,2% em agosto na comparação com o julho, segundo pesquisa de desempenho do setor divulgada nesta terça-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Trata-se do melhor resultado para o mês nesta base de comparação desde 2011, quando tem inicio a série histórica do levantamento.

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve alta de 1,6%, a terceira taxa positiva do ano nesse tipo de confronto.

 

No acumulado no ano, o setor permanece no vermelho, com queda de 0,5%. No acumulado em 12 meses, foi mantida a trajetória de recuperação, ao passar para uma queda de 0,6%, a taxa negativa menos intensa desde junho de 2015 (-0,2%).

 

O resultado de julho foi revisado de uma queda de 2,2% para um recuo de 2%.

“Depois de um longo período, o setor de serviços começa a mostrar uma série de resultados positivos em função da base de comparação deprimida que nós temos”, disse o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo.

 

Segundo o pesquisador, somente em agosto o setor de serviços conseguiu superar os efeitos negativos da greve dos caminhoneiros, deflagrada em maio. “Precisou de quatro meses para que o setor de serviços superasse o patamar acumulado de janeiro a abril”, destacou.

 Desempenho por setores

O principal impacto positivo no mês partiu do segmento de transportes, que cresceu 3,2% e recuperou parte da perda de 3,9% de julho. Segundo Lobo, o que explica esse crescimento dos transportes é a queda do preço das passagens aéreas neste mês de agosto.

Os demais resultados positivos vieram dos serviços profissionais, administrativos e complementares e outros serviços. Por outro lado, houve queda no volume dos serviços de informação e comunicação e nos prestados às famílias..

Resultados por atividades:

·         Transportes, armazenagem e correio: 3,2%

·         Serviços de informação e comunicação: -0,6%

·         Serviços profissionais e administrativos: 2,2%

·         Outros serviços: 1%

·         Serviços prestados às famílias: -0,8%

No acumulado no ano, 56,6% dos 166 tipos de serviços acompanhados pela pesquisa seguem no vermelho. Entre as atividades, os serviços de informação e comunicação (-1,7%) e os profissionais, administrativos e complementares (-2,0%) exerceram as principais pressões negativas. O outro setor que também recuou foi o de serviços prestados às famílias (-0,9%). Por outro lado, os segmentos de transportes e de outros serviços registraram avanço de 1,3% e 2,3%, respectivamente.

 Recuperação lenta

Com o desemprego ainda elevado e confiança dos empresários e consumidores ainda baixa, a economia brasileira tem mostrado um ritmo de recuperação mais lento que inicialmente esperado para 2018.

Indústria, comércio e serviços apresentaram comportamentos distintos em agosto. A produção industrial caiu 0,3% em agosto e teve a 2ª queda mensal seguida. Já as vendas do comércio cresceram 1,3% em agosto, após 3 quedas seguidas.

Após divulgação de alta de apenas 0,2% no PIB no 2º trimestre, analistas do mercado passaram a projetar um crescimento mais próximo a 1% em 2018. Segundo a última pesquisa Focus do Banco Central, a expectativa do mercado é que a economia cresça 1,34% em 2018, menos da metade do que era esperado do começo do ano.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
12/11/2018 - 08:45  Governo de MS manterá alíquota do diesel reduzida em 12%
09/11/2018 - 09:06  Estado amplia exportações em 18% com soja e celulose
06/11/2018 - 14:06  Reajuste pega revendas de surpresa e preço do gás passará dos R$ 90
30/10/2018 - 10:00  Desemprego recua para 11,9% em setembro, mas ainda atinge 12,5 milhões de pessoas, diz IBGE
29/10/2018 - 10:30  Dólar opera em queda após eleições
26/10/2018 - 09:34  Alta do frete deve impactar em R$ 890 milhões a soja de MS
23/10/2018 - 09:34  MS tem 2,6 mil empregos a menos em setembro; pior resultado desde 2015
16/10/2018 - 09:52  Celulose e carnes provocam aumento de 23% nas exportações de MS
09/10/2018 - 10:17  Produção industrial cai em agosto em 6 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE
09/10/2018 - 09:44  Novas indústrias irão gerar 500 empregos em Mato Grosso do Sul
02/10/2018 - 10:07  Soja bate R$ 84 e acelera venda antecipada do grão no Estado
01/10/2018 - 16:08  Três a cada quatro idosos usam exclusivamente o SUS, diz estudo
01/10/2018 - 15:31  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti realiza audiência pública da Lei Orçamentária Anual.
01/10/2018 - 09:32  Busca por consignado cresce e chega a R$ 5,7 bilhões no Estado
28/09/2018 - 11:00  IBGE confirma MS como 4º maior rebanho de bovinos
27/09/2018 - 09:15  Consumidores de MS buscam R$ 1,2 bilhão em empréstimos
26/09/2018 - 11:42  Consignado com FGTS pode ajudar 484 mil trabalhadores em MS
21/09/2018 - 10:31  Prévia da inflação oficial fica em 0,09% em setembro, aponta IBGE
19/09/2018 - 15:47  Dia das crianças deve movimentar R$ 130 milhões em Mato Grosso do Sul
17/09/2018 - 14:38  Economia brasileira cresceu 0,57% em julho, diz Banco Central
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE