PUBLICIDADE
Economia
Noticia de: 26 de Outubro de 2018 - 09:34
Alta do frete deve impactar em R$ 890 milhões a soja de MS



 
 

Alta do frete deve impactar em R$ 890 milhões a soja de MS

 
 

A alta no custo da logística da soja poderá chegar a R$ 890 milhões neste ano em Mato Grosso do Sul. No País, este montante é estimado em R$ 13,8 bilhões. Os dados são de estudo do Grupo de Pesquisa e Extensão em Logística Agroindustrial da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq-Log USP). Além do tabelamento de preços mínimos estabelecido pelo governo após a paralisação dos caminhoneiros no fim de maio, a falta de vias alternativas para o escoamento de produção tornou os custos de logística da soja brasileira uns dos mais caros no mundo.

Com a dependência quase total do frete rodoviário, os produtores do Brasil e de Mato Grosso do Sul veem-se obrigados a arcar com custos cada vez maiores em rodovias, em sua maioria, com estrutura precária. “O Brasil é um dos países com maior produtividade de soja por hectare, mas o grande entrave é a questão da infraestrutura, que representa 30% dos custos de produção”, explica o consultor de empresas e especialista em mercado exterior Aldo Barrigosse. “O preço médio de tonelada de soja brasileira, hoje, está girando em torno US$ 500 [em torno de R$ 1.843,60]. Desse valor, cerca de 30% [US$ 150, aproximadamente R$ 553,08] fica na cadeia produtiva na parte de infraestrutura, isto é, transporte rodoviário interno, dentro do Brasil. Enquanto isso, nos Estados Unidos, esse custo fica em torno de US$ 30 [por volta de R$ 110,61], cerca de 5% do custo total”.

Segundo o especialista, por esse motivo, os produtores norte-americanos costumam obter lucros superiores aos brasileiros, mesmo com uma produtividade menor. “Nos Estados Unidos, a produção é transportada por caminhão, depois por trem e depois vai pelo rio até o porto. Aqui, tudo depende inteiramente das rodovias, dos caminhões. Falta investimento nessa multimodalidade. É preciso usar o frete ferroviário e fluvial, para que se possa diminuir o valor da tonelada”.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
16/01/2019 - 08:30  Soja rende mais de R$ 12 bilhões para produtores do Estado
14/01/2019 - 15:09  Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018
14/01/2019 - 08:25  Com “ameaça” de Guedes ao Sistema S, cooperativas defendem instituições
11/01/2019 - 11:06  O bilionário negócio do cigarro eletrônico toma conta
11/01/2019 - 08:16  Setor reage e exportações de carne bovina superam R$ 2 bilhões
10/01/2019 - 08:24  MS tem 12 cidades entre as 100 mais ricas do agronegócio
09/01/2019 - 14:23  Endividamento das famílias cai em dezembro, revela pesquisa
08/01/2019 - 08:47  Produção industrial sobe 0,1% em novembro ante outubro, aponta IBGE
08/01/2019 - 08:21  MS mantém crescimento econômico e pode superar índice de 2014
08/01/2019 - 08:11  MS exportou R$ 5,8 bilhões em 2018; soja e celulose se destacam
07/01/2019 - 09:24  Dólar recua e chega a operar abaixo de R$ 3,70
07/01/2019 - 09:07  Janeiro é mês de muitas despesas, saiba como economizar
04/01/2019 - 10:47  Petrobras reduz pelo 2º dia seguido preço da gasolina nas refinarias
04/01/2019 - 10:44  Lei Kandir pode render repasse de R$ 1,95 bilhão a estados e municípios
04/01/2019 - 08:50  Pedidos de falência nas empresas mais que dobram em 2018
03/01/2019 - 10:05  Secretário da Receita quer Imposto de Renda mais alto para ricos
27/12/2018 - 09:42  Brasileiros planejam gastar em média R$ 290 com as festas de Ano Novo, diz SPC
27/12/2018 - 07:56  Governo prorroga prazo para renovar incentivos fiscais em 60 dias
17/12/2018 - 13:55  Contribuintes recebem hoje restituições do último lote do IRPF
13/12/2018 - 09:33  Contribuinte já pode ir até agências fazendárias negociar dívida de ICMS
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE