PUBLICIDADE
Policial
Noticia de: 06 de Dezembro de 2018 - 07:50
Golpista é presa no Carandá em mais um desdobramento da Ouro de Ofir



 
 
Completo onde fica a Dedfaz em Campo Grande. (Foto: Arquivo) Completo onde fica a Dedfaz em Campo Grande. (Foto: Arquivo)

A Polícia Civil prendeu na tarde desta quarta-feira (05) Maria Inês Leite, apontado como uma das golpistas de um esquema milionário investigado pela operação Ouro de Ofir, desencadeada pela Polícia Federal.

Ela presta depoimento na Dedfaz (Delegacia Espescializada de Repressão a Crimes de Defraudações, Falsificações) de Campo Grande. Maria Inês foi presa no momento em que chegava a sua residência, no Bairro Carandá Bosque. Os policiais já estavam de prontidão no local.

Uma das vítimas da mulher foi um músico que investiu R$ 2,6 mil em aportes do golpe com a promessa de lucrar R$ 52 milhões. 

Além de Maria Inêz, o músico também empreendeu em ações de Celso Eder Gonzaga de Araújo – detido e apontado pela polícia como “cabeça” do esquema – e Oloaldo Arruda de Souza, também preso em setembro na terceira fase da Operação Ouro de Ofir

O negócio tratava-se de uma repatriação de valores vindos do exterior e que os mesmos pertenciam a uma família de Campo Grande de nome Araújo. 

O negócio era administrado por intermédio de uma Empresa, administrado por Celso Eder e que havia outras ramificações sob a responsabilidade de Maria Inez e Oloaldo Arruda. O músico move ação na Justiça contra o trio. 

Operação - A organização criminosa vendia a ilusão de uma proposta de investimento em uma suposta mina de ouro cujos valores, repatriados para o Brasil, são cedidos, vendidos ou até mesmo doados mediante pagamento. Para repatriação, 40% de uma altíssima soma de dinheiro ficaria com o governo federal, 40% doado como ajuda humanitária e 20% para a família de Celso Eder Gonzaga de Araújo, que também está preso. Em geral, o investimento inicial era de mil reais para um resgate financeiro futuro de R$ 1 milhão.

O retorno do investimento, no entanto, nunca é retornado para os clientes. Cerca de 25 mil vítimas caíram no golpe no país.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
15/02/2019 - 14:44  Furto de corpo em cemitério era para cumprimento de pacto
14/02/2019 - 21:25  "Ele a perseguiu em vida e na morte”, diz mãe que procura corpo da filha
14/02/2019 - 20:39  Policia Civil de Dois Irmãos do Buriti prende acusados se subtração de corpo do cemitério municipal.
14/02/2019 - 10:23  Polícia Civil de Dois Irmãos do Buriti identifica dupla que furtou corpo de mulher de cova em MS
13/02/2019 - 21:51  Trabalhador rural confessa ter esfaqueado mulher que teve o corpo furtado de dentro da cova em MS
12/02/2019 - 16:13  Polícia Civil de Dois Irmãos do Buriti investiga subtração de cadáver.
11/02/2019 - 07:39  Jovem que matou PM é membro do PCC e se apresentou com 2 advogados
11/02/2019 - 07:37  Pai e filho são executados em frente à criança de 10 anos por fogo em terreno
11/02/2019 - 07:34  Horas após crime, suspeito de matar PM é preso e um morre em confronto
11/02/2019 - 07:29  Pistoleiros executam diretor de rádio, universitário e adolescente
08/02/2019 - 10:34  Pais de bebê de oito meses morto por Pitbull podem pegar dois anos de prisão por omissão
08/02/2019 - 08:45  Com apoio do Exército, polícia faz pente-fino em presídio feminino
08/02/2019 - 08:26  Preso morre e colegas dizem que ele engoliu drogas para escapar de flagra
07/02/2019 - 09:50  Policiais apreendem caixas de cigarros contrabandeados durante operação
06/02/2019 - 10:37  PF está nas ruas para combater crimes de pornografia infantil
05/02/2019 - 15:19  Polícia Federal incinera 13 toneladas de maconha e cocaína em MS
05/02/2019 - 14:19   Polícia Militar em Dois Irmãos do Burití, apreende veículo utilizado como “batedor” para o ...
05/02/2019 - 09:11  Polícia investiga tio por espancar crianças que apanhavam de madrasta
05/02/2019 - 07:48  Traficante 'Minotauro' é preso pela Polícia Federal no litoral catarinense
04/02/2019 - 09:34  Veículo não identificado atropela e mata casal de moto na rodovia BR-463
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE