PUBLICIDADE
Policial
Noticia de: 17 de Dezembro de 2018 - 08:31
Traficante carioca preso no Paraguai é expulso para o Brasil



 
 

O traficante carioca Carlos Eduardo Sales Cardoso, o Capilé, preso durante uma operação em Assunção, no Paraguai, foi expulso para o Brasil no início da noite deste sábado (15).

Ele foi entregue às autoridades brasileiras na aduanda da Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e levado para a Delegacia da Polícia Federal, onde aguarda transferência para o Rio de Janeiro ou para um presídio federal.

Por questão de segurança, a Polícia Federal não disse quando ele deixará a fronteira e para onde deve ser levado.

Preso na manhã de sábado, o traficante tinha em casa US$ 118 mil em dinheiro, jóias e uma coleção de relógios.

De acodo com a polícia, ele era um dos chefes do tráfico de drogas na favela de Acari, na Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ).

Capilé foi preso em um sobrado, localizado no bairro Los Laureles, região de classe média alta da capital paraguaia, que era monitorado por um sistema de segurança e tinha grades e cerca eletrificada.

No momento da prisão, Capilé estava com a mulher, dois filhos menores, o sogro e um amigo, suspeito de ser um de seus seguranças e pistoleiro contratado, todos também expulsos.

Considerado um dos principais chefes da facção Terceiro Comando Puro, que atua no Rio de Janeiro, o traficante era procurado havia pelo menos dez anos.

As investigações, iniciadas em 2016, apontam que ele vivia no Paraguai há três anos, desde quando deixou Acari para acompanhar de perto os contratos que faziam para que que toneladas de drogas e armas chegassem à favela.

A operação conjunta das polícias Federal e Civil do Rio de Janeiro e da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai teve início na segunda-feira (10).

No Brasil, Cardoso tem mandados de prisão por crimes como tráfico de drogas e homicídio.

Investigações da polícia paraguaia indicam que ao menos seis facções criminosas brasileiras atuam no país vizinho, de onde enviam drogas, armas e munições para estados como o Rio de Janeiro e São Paulo.

MARCELO PILOTO

No dia 19 de novembro, Marcelo Fernando Pinheiro da Veiga, o Marcelo Piloto, que estava preso em Assunção, também foi entregue às autoridades brasileiras após ser expulso do país vizinho a pedido do presidente Mario Abdo Benítez.

No mesmo dia, Piloto foi transferido para a Penitenciária Federal de Catanduvas, no oeste do Paraná, para o cumprimento da pena de mais de 26 anos de prisão a que foi condenado por latrocínio e por roubo.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
29/05/2019 - 11:37  Polícia Civil de Dois Irmãos do Buriti esclarece uma série de furtos ocorridos.
27/05/2019 - 08:52  Em carta, guarda preso com arsenal "suplica" transferência de cela
29/04/2019 - 10:18  Traficante fura bloqueio policial e morre em confronto com o DOF
23/04/2019 - 09:31  Após roubo, bandido morre em troca de tiros com PM
23/04/2019 - 09:28  PF cumpre 14 mandados em Campo Grande e SP
16/04/2019 - 10:25  Gaeco cumpre mandados em 4 cidades nesta manhã
16/04/2019 - 10:10  Homem perde mais de R$ 33 mil em golpe de estelionato
15/04/2019 - 11:07  PRF prende em flagrante quadrilha com 336 quilos de maconha em Jardim
10/04/2019 - 09:11  Filho de PM é executado a tiros de fuzil na porta de casa
09/04/2019 - 09:10  Reformas travadas dificultam capital internacional em MS, diz Reinaldo
04/04/2019 - 10:18  Polícia apreende armas e munições na casa de pastor
28/03/2019 - 11:00  Polícia deflagra operação contra pornografia infantil em MS
28/03/2019 - 10:12  Guarda municipal cochila na moto e morre em avenida
25/03/2019 - 09:20  Acusado de matar musicista vai a júri nesta semana
20/03/2019 - 10:44  Pai e madrasta, lutadores de MMA que mataram bebê de 1 ano vão a júri em MS
20/03/2019 - 10:27  Preso da Capital é apontado como liderança do PCC de Minas
19/03/2019 - 11:46  Homem achado morto com mãos amarradas é a 4ª vítima do dia na Capital
19/03/2019 - 11:10  Quatro são presos suspeitos de estupro coletivo em aldeia de Aquidauana
19/03/2019 - 09:30  Brasileira estuprada por policiais em prisão na Bolívia é transferida
15/03/2019 - 11:16  Marido bate em grávida porque mulher pediu para ele lavar louça
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE