PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 08 de Janeiro de 2019 - 09:14
Mais Médicos: Profissionais brasileiros têm até quinta para se apresentar



 
 

Médicos formados no Brasil que se inscreveram no Programa Mais Médicos deverão se apresentar nos municípios onde irão atuar desta segunda-feira (7) até a próxima quinta (10). De acordo com o Ministério da Saúde, 1.707 profissionais com CRM já escolheram as localidades.

Após esta data, a pasta vai realizar um balanço das vagas remanescentes que serão novamente disponibilizadas a outros profissionais. A previsão é que a lista de médicos brasileiros homologados que deram início às atividades seja publicada no próximo dia 14.

No fim do mês, entre os dia 23 e 24 de janeiro, acontece outra chamada para o programa exclusiva para profissionais brasileiros formados no exterior. Em seguida, no dias 30 e 31 de janeiro, os médicos estrangeiros terão acesso ao sistema para optarem pelas localidades com vagas ainda em aberto.

Saída dos cubanos

Após o fim do contrato com Cuba, em novembro, o Ministério da Saúde lançou editais para a substituição de 8.517 cubanos que atuavam em 2.824 municípios e 34 distritos sanitários especiais indígenas (DSEI).

Inicialmente, concorreram apenas médicos brasileiros com registro no País. Segundo o Ministério, 29% dos postos não foram preenchidos após o término do primeiro prazo de apresentação, que ocorreu no dia 18 de dezembro.

De acordo com o novo ministro, o médico Luiz Henrique Mandetta, o programa deverá ser revisado. Para ele a afirmação de que faltam profissionais no Brasil é falsa.

Segundo ele, o país conta com aproximadamente 320 faculdades de medicina e 26 mil médicos graduados em 2018, com previsão de aumento desse contingente em 10% ao ano até chegar a 35 mil profissionais formados.

"Quem forma essa quantidade toda de profissionais? Muitos deles endividados pelo Fies [Fundo de Financiamento Estudantil] e muitos formados em escola pública. Não temos uma proposta ou política de indução para que eles venham para o sistema público de saúde", afirmou.

*Com informações da Agência Brasil.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
20/03/2019 - 12:55  Operação identifica líderes de facção que tinham 12 policiais como alvo
20/03/2019 - 11:45   Enchente aumenta na fronteira e homem desaparece no Rio Paraguai
20/03/2019 - 11:28  Homem é preso por estuprar e engravidar menina de 11 anos
20/03/2019 - 11:18  A cada 60 minutos, uma criança ou adolescente morre por arma de fogo
20/03/2019 - 10:49  CUIDADO: Boneca Momo aparece em vídeos de slime para crianças com desafios de suicídio
20/03/2019 - 10:19  STJ mantém efeitos de liminar que revogou prisão de Puccinelli
19/03/2019 - 11:36  Falta saneamento básico para 2 bilhões de pessoas no mundo, diz ONU
19/03/2019 - 10:33  Brasil e EUA assinam acordo que permite uso comercial de Alcântara
19/03/2019 - 10:11  Obra do Reviva pode ter aditivo milionário
18/03/2019 - 15:46  MS dobrará exportações de produtos por hidrovia
18/03/2019 - 15:44  PDV pode ser encaminhado amanhã para Assembleia
18/03/2019 - 12:31  Eder Aguiar, Presidente Vereador da Câmara Municipal, visita o Secretário da AGRAER.
18/03/2019 - 10:35  Mais de 80% dos turistas aprovam atrativos, gastronomia e segurança pública de MS
18/03/2019 - 10:32  Pedreiro persegue mulher, a derruba e a mata com machadinha
18/03/2019 - 10:13  Mulher, marido e filha morrem em acidente de trânsito na BR-060
18/03/2019 - 10:02  Em duas décadas, lagos do Amor e de parque podem desaparecer
16/03/2019 - 16:50  Ex-coordenador Funai e Ex-Ministro entrega veículo para CTL de Sidrolandia.
15/03/2019 - 11:39  Sexta-feira com risco de tempestade em quase todo o MS, diz Inmet
15/03/2019 - 11:10  Filho é estuprado no banheiro de escola e mãe ouve de direção que nada teria acontecido
15/03/2019 - 10:06  Santa é queimada pela 2ª vez e criador de capela acredita que seja pessoal
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE