PUBLICIDADE
Política
Noticia de: 17 de Janeiro de 2019 - 14:45
Fux suspende investigação sobre movimentações de Queiroz



 
 

O ministro Luiz Fux, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu as investigações sobre movimentações financeiras suspeitas de Fabrício Queiroz, ex-assessor parlamentar e ex-policial militar, que era lotado no gabinete do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). A decisão é temporária.

Fux, que responde pelo plantão judicial do Supremo até o início do mês que vem, suspendeu a investigação até análise do relator, ministro Marco Aurélio Mello, sobre uma reclamação protocolada no STF pela defesa do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). O processo corre em segredo de Justiça.

Responsável pelo procedimento de investigação criminal sobre o caso, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) disse - por meio de nota – que, “pelo fato do procedimento tramitar sob absoluto sigilo, reiterado na decisão do STF, o MPRJ não se manifestará sobre o mérito da decisão”.

O MPRJ informou que, pelo fato tramitar sob “absoluto sigilo”, não se manifestará sobre o mérito da decisão.

Esclarecimentos

O nome de Fabrício Queiroz consta em um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeira (Coaf) que aponta uma movimentação atípica de R$ 1,2 milhão em uma conta em nome do ex-assessor. O documento integrou a investigação da Operação Furna da Onça, desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro, que prendeu deputados estaduais no início de novembro.

O MPRJ marcou duas vezes o depoimento de Queiroz. Ele não compareceu, justificando problemas de saúde. A mulher Márcia Oliveira de Aguiar e as filhas dele Nathália Melo de Queiroz e Evelyn Melo de Queiroz também faltaram ao depoimento, alegando que o acompanhavam em tratamento em São Paulo.

Na semana passada, o deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente da República, afirmou - por meio das redes sociais - que se comprometia a comparecer para prestar esclarecimentos em novo dia e horário. Como parlamentar, ele tem a prerrogativa legal de combinar previamente a data e horário para depor.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
29/04/2019 - 08:58  PRF apreende 125 mil maços de cigarros contrabandeados
23/04/2019 - 09:52  Por unanimidade, prefeita de Miranda é cassada e haverá nova eleição
12/04/2019 - 10:59  A Câmara Municipal de Dois Irmãos do Buriti realiza a 9º sessão
03/04/2019 - 11:20  A Câmara Municipal de Dois Irmãos do Buriti realizou a 8º sessão
29/03/2019 - 11:41  Convenção Municipal do Diretório do PSDB de Dois Irmãos do Buriti
28/03/2019 - 10:14  Bolsonaro já teria decidido demitir ministro da Educação
26/03/2019 - 09:04  Temer deixa prisão após decisão de juiz do TRF
19/03/2019 - 11:16  Bolsonaro e Trump se reúnem hoje na Casa Branca
19/03/2019 - 10:27  Polícia Federal pede recurso à AGU para investigar advogado de Adélio Bispo
19/03/2019 - 09:58  Tucano Beto Richa, ex-governador do Paraná, é preso pela terceira vez
18/03/2019 - 10:14  “É como um segundo não”, diz Rose sobre nome de Azambuja
14/03/2019 - 10:21  Tereza Cristina e Murilo Zauith são nomes para governar MS
22/02/2019 - 19:08  Vereadora Roseli agradece apoio do Deputado Zé Teixeira por reforma de ponte.
22/02/2019 - 13:17  Prefeito Edilson empossa novo Secretario de Agricultura.
18/02/2019 - 15:35  Presidente da Câmara participa de reunião com Deputado Gerson Claro.
13/02/2019 - 11:35  Câmara de Dois Irmãos do Buriti realiza 2ª sessão com posse de novo Vereador.
11/02/2019 - 10:17  Presidente da Câmara da boa vinda ao suplente Higor Caxias.
11/02/2019 - 07:30  Azambuja vai apoiar reeleição de Marcos Trad para prefeito
07/02/2019 - 09:26  Lídio Lopes é eleito presidente da Comissão de Justiça
06/02/2019 - 15:49  Lula é condenado em ação da Lava Jato sobre sítio de Atibaia
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE