PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 21 de Maio de 2019 - 08:57
Integrante do PCC vai à júri nesta quinta-feira por esquartejamento



 
 

 
 

Um dos três acusados de matar e esquartejar Fernando do Nascimento dos Santos, em 2017, irá a júri nesta quinta-feira (23), em Campo Grande. Somente Danilo Richele da Silva Fernandes, de 19 anos, irá a julgamento por homicídio qualificado, pois Ueslei de Oliveira e Wellington Ferreira de Souza recorreram.

De acordo com o processo, os três acusados mataram Fernando no dia 16 de agosto de 2017. A vítima foi até a residência de Danilo para comprar drogas, momento em que foi questionado se pertencia a alguma facção criminosa, respondendo que fazia parte do Comando Vermelho (CV).

Então, uma discussão sobre as facções rivais começou no interior da casa e, em seguida, a vítima teria sido encarcerada no local e amarrada a uma cadeira. Ela teria sido, em diversos momentos, obrigada a pedir desculpas aos membros do Primeiro Comando da Capital (PCC). Ainda na madrugada do ocorrido, Fernando teria sido levado ao banheiro da casa e novamente amarrado a uma cadeira para que fosse morto.

Segundo a acusação, Danilo determinou que Wellington filmasse a ação e que Ueslei matasse a vítima, entregando-lhe uma arma branca. Ueslei iniciou o ato e, em seguida, Danilo tomou para si a faca e continuou até decapitar Fernando. Além disso, ambos teriam cortado outros membros.

Os acusados teriam também planejado ocultar o cadáver, uma vez que enrolaram as partes da vítima em uma coberta e, de prévio acordo, resolveram que Danilo, na companhia de um terceiro indivíduo não identificado, levassem a vítima dentro de um veículo até um local desabitado na Rua Engenheiro Paulo Frontim, no Bairro Los Angeles, na Capital.

Diante dos fatos, o juiz Carlos Alberto Garcete de Almeida pronunciou os réus nos artigos 121 (homicídio qualificado, motivo torpe e meio cruel), artigo 148 (cárcere privado), artigo 211 (ocultação de cadáver) e artigo 288 (associação criminosa), combinado com o artigo 29, todos do Código Penal. Wellington não foi pronunciado em ocultação de cadáver, somente.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
12/09/2019 - 10:06  Agentes penitenciários de MS integram tropa de elite do sistema prisional do país em retomada ...
12/09/2019 - 09:39  Governo Presente começa nesta quinta-feira; 14 prefeitos serão atendidos em dois dias
12/09/2019 - 09:27  Situação de emergência decretada pelo Estado abrange nove municípios atingidos pelas queimadas
12/09/2019 - 09:12  Por R$ 3,2 milhões, governo conclui compra de aeronave de SC
12/09/2019 - 09:11  Em MS, 100 homens atuam no combate ao fogo e logística é desafio
12/09/2019 - 08:58  Em apenas uma semana, notificações de sarampo cresceram 35% em MS
12/09/2019 - 08:53  Decreto de emergência por causa das queimadas abrange 9 cidades de MS
11/09/2019 - 11:15  Em MS, 1,4 milhão de trabalhadores poderão sacar FGTS
11/09/2019 - 09:55  Mulher entra na pista e morre atropelada por carreta na BR-158
11/09/2019 - 09:54  Citado em mensagens, Marun diz que vai representar contra procuradores
11/09/2019 - 09:38  Queimadas se intensificam e Ibama estima 1 milhão de hectares em cinzas em Aquidauana, ...
11/09/2019 - 09:38  Rose e Reinaldo sempre trabalharam juntos e com sintonia, diz Sérgio de Paula
11/09/2019 - 09:34  Incêndio em fazendas mobiliza bombeiros e interdita rodovia
11/09/2019 - 09:20  TRF3 rejeita denúncia contra Puccinelli por fraudes em licitações e em obras
09/09/2019 - 12:08  Cocaína furtada pode ter rendido meio milhão de reais
09/09/2019 - 11:57  Transito para na BR 262 em Terenos por causa de acidente com morte
09/09/2019 - 11:47  Aeronave cai, pega fogo e mata vereador e criança de 5 anos
09/09/2019 - 11:47  PGE nomeia candidatos aprovados para o cargo de Assessor de Procurador
09/09/2019 - 11:26  O melhor amigo do homem também é o maior auxílio na recuperação de doentes
09/09/2019 - 11:07  Mato Grosso do Sul incentiva pesquisa e inovação com investimentos que já ultrapassam R$ 75 milhões
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE