PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 21 de Maio de 2019 - 09:13
Empresários realizam encontro da pesca no Pantanal em apoio a cota zero



 
 

 
 

Por iniciativa de uma família de pioneiros em turismo na região do Passo do Lontra, comunidade localizada no Pantanal da Nhecolândia, em Corumbá, amantes da pesca esportiva se reúnem entre os dias 30 de maio e 2 de junho para celebrar o Decreto da Cota Zero, assinado pelo governador Reinaldo Azambuja em 22 de fevereiro deste ano.

O 1º Encontro Pesca Cota Zero será realizado no Passo do Lontra Park Hotel, situado na beira do Rio Miranda e distante 8 km da BR-262 (entroncamento com a MS-184). O empreendimento foi instalado nos anos de 1970 por João Venturini e hoje é uma referência em ecoturismo naquela região, que tem como forte apelo ambiental a Estrada-Parque.

“Não se trata de um torneio, é um encontro dos pescadores esportivos com o propósito de fortalecer a cota zero, que tem todo o nosso apoio”, afirmou a empresária Marju Venturini. “É uma lei que veio para garantir o repovoamento dos nossos rios, onde não tem mais peixe, e fomentar o turismo, gerando economia e desenvolvimento a região e ao Estado”, pontuou.

21Passo do Lontra é um dos principais destinos de pesca e ecoturismo de MS. Foto: DivulgaçãoTroféu é peixe vivo

Ex-secretária de Turismo de Corumbá, Marju Venturini parabenizou o governador Reinaldo Azambuja pela medida e observou que nos rios da bacia pantaneira não se pesca mais peixe grande, com forte pressão sobre os de pequena medida, o que causa também desequilíbrio na fauna aquática. Segundo ela, 95% dos clientes do hotel já praticam o pesque-solte.

“Para o pescador o seu troféu é o peixe grande, por isso hoje todos vão à Argentina, pagando até três vezes mais um pacote, porque sabe que lá tem o peixe graúdo, como o dourado”, observou. “Estamos lutando há dez anos pelo pesque-solte, conscientizando os pescadores que nos visitam, e o governador nos escutou e tomou a medida certa”, sustentou Marju.

Proposta de futuro

O encontro dos pescadores esportivos tem o apoio de operadores de barcos-hotéis e empresas de equipamentos, além do canal Fish TV, Associação dos Pescadores Esportivos do Pantanal (APEP) e do Frigorífico Caimasul, que realizará a degustação da carne do jacaré criado em cativeiro durante o evento. A programação inclui shows com duplas sertanejas.

“Vamos nos reunir, conversar em grupos sobre cota zero, e multiplicar essa ideia, essa bandeira levantada pelo nosso governador”, afirmou João Guilherme Venturini, 19 anos, coordenador do evento. “Esse é um projeto de futuro, que queremos levar para outras regiões de pesca do Estado, criando uma consciência em favor dos nossos rios e do Pantanal”, disse.

Validade em 2020

O decreto nº 15.166, assinado pelo governador Reinaldo Azambuja, estabelece a cota zero para os peixes das bacias dos Rio Paraguai e Paraná a partir de 2020, com a proibição da captura e transporte por pescadores amadores ou esportivos. O decreto assegura ao pescador profissional a manutenção da cota de 400 quilos, além de outras alternativas de renda.

Para esse ano, conforme o decreto, a cota para a pesca amadora foi reduzida de dez para cinco quilos de pescado, mais um exemplar e cinco piranhas. As medidas apoiadas pelo trade turístico e associações de pescadores visam preservar os estoques pesqueiros, atualmente em baixa, e atrair um novo e promissor mercado de pesca esportiva em Mato Grosso do Sul.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
25/06/2019 - 09:09  Polícia aplicou 434 multas durante operação no feriado de Corpus Christi
25/06/2019 - 09:08  Em fase difícil da vida, pedagoga desapega e doa cabelo para quem luta contra o câncer
25/06/2019 - 09:05  Bebê de sete meses morre e pais são presos por maus tratos em Campo Grande
25/06/2019 - 09:04  Brasil e Reino Unido vão ter cooperação em saúde pública
25/06/2019 - 09:03  Captação de leite cai em relação ao ano passado e preço tem alta de 9%
25/06/2019 - 09:01  Atuação das polícias e investimentos públicos reduzem criminalidade em 16,78% no Estado
25/06/2019 - 08:54  Em maior apreensão do ano, PRF descobre mais de 7 toneladas de maconha em carga de milho
25/06/2019 - 08:53  Resposta rápida da polícia foi fundamental para prisão de delegado
25/06/2019 - 08:46  Delegado de Aquidauana é preso suspeito de envolvimento em sumiço de cocaína
24/06/2019 - 11:55  Delegado titular é preso após sumiço de 100 kg de cocaína; 9 já foram detidos
24/06/2019 - 11:53  Enquanto se discute a água, flutuação lidera visitas em Bonito
24/06/2019 - 11:52  Rombo da previdência estadual aumentará 50% no próximo ano
24/06/2019 - 11:51  Sabia que você ouve com o cérebro e não com os ouvidos?
24/06/2019 - 11:08  1° Campanha do Agasalho no Distrito de Palmeiras
24/06/2019 - 10:08  Traficante foge por milharal e abandona meia tonelada de maconha
24/06/2019 - 10:05  Trump diz que pode começar "grande deportação" em duas semanas
24/06/2019 - 09:59  Baleado pelo pai, jovem foge da Santa Casa com bala alojada no peito
24/06/2019 - 09:56  Jogos de hoje definem adversário do Brasil nas quartas de final
24/06/2019 - 09:48  Produção de Brangus comercial se consolida entre pecuaristas de MS
24/06/2019 - 09:45  Advogado defendeu esfaqueador de Bolsonaro de graça
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE