PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 18 de Julho de 2019 - 12:10
Lei de proibição a canudos de plástico entra em vigor em 30 dias, sem multa



 
 


Canudos de plástico deverão ser substituídos por canudos de papel ou de material comestível ou biodegradável (Foto: Henrique Kawaminami)Canudos de plástico deverão ser substituídos por canudos de papel ou de material comestível ou biodegradável (Foto: Henrique Kawaminami)

A proibição de fornecimento de canudos de plástico em Mato Grosso do Sul entra em vigor daqui a 30 dias, conforme texto da lei publicada na edição de hoje do Diário Oficial. Foi mantido o prazo de 12 meses, a contar da vigência da norma, para que os atingidos pela proibição se adequem, passando a utilizar canudos de papel reciclável, material comestível ou biodegradável.

A lei foi aprovada no dia 27 de junho pela Assembleia Legislativa. No texto publicado hoje, o governo estadual vetou o artigo que determinava os tipos de penalidades e multas impostas no descumprimento da medida.

O veto abrange a totalidade do artigo 3ª, que previa as punições: advertência com notificação, multa de 200 Uferms em caso de descumprimento da lei, 400 Uferms em caso de reincidência e suspensão da licença de funcionamento do estabelecimento por 30 dias.

O governo estadual justifica o veto alegando que a proposta, preliminarmente, invade competência do Chefe do Executivo sobre proteção e responsabilidade por dano ao meio ambiente. Além disso, legislação federal prevê o cumprimento de normas de proteção demanda manifestação do “poder de polícia do Município”, sendo fiscalização inerente à administração municipal.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
21/08/2019 - 11:54  A 3 dias de competição, Rally dos Sertões muda visual na região central
21/08/2019 - 11:53  Mega-Sena pode pagar até R$ 31 mi nesta quarta
21/08/2019 - 11:42  Carretas batem de frente e deixam um morto na BR-163
21/08/2019 - 10:22  Homem é encontrado morto um dia após sair para caminhada
21/08/2019 - 10:19  Após ataques, polícia reforça a segurança no Jardim Carioca
21/08/2019 - 10:12  Governo perde metade da receita do ICMS do gás natural
21/08/2019 - 09:31  26° Sessão Ordinária na Câmara Municipal de Dois Irmãos do Buriti
21/08/2019 - 09:29  Reinaldo Azambuja participa de reunião do Corredor Bioceânico e recebe homenagem da Câmara
21/08/2019 - 09:17  Brasileiros são suspeitos de planejar atentado contra presidente do Paraguai
21/08/2019 - 09:10  TJ aprova recuperação judicial e Bigolin deve pagar R$ 29,6 milhões em dívidas
21/08/2019 - 09:07  Operação que prendeu integrante do PCC aconteceu após ameaças a PRF
21/08/2019 - 09:06  Quase meia tonelada de pasta base que saiu do MS é apreendida no Sul
21/08/2019 - 09:04  BNDES bancou compra do jatinho “Cheio de Charme”
20/08/2019 - 12:04  Sequestrador de ônibus é morto por atirador de elite na Ponte Rio-Niterói; os 37 reféns passam bem
20/08/2019 - 11:41  Ministro vem a MS para reunião sobre Corredor Bioceânico na quinta-feir
20/08/2019 - 11:36  BNDES financiou R$ 24 milhões em jatos a empresas com atuação em MS
20/08/2019 - 11:33  Adélio diz que esfaqueou Bolsonaro "após ouvir voz de Deus"
20/08/2019 - 10:11  Para CCR, chance de perder ação para revisão de contrato é “remota”
20/08/2019 - 10:08  Partidos de esquerda e centro articulam união para barrar radicais
20/08/2019 - 10:04  Equipe "X Rally Team": De olho no tetracampeonato
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE