PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 23 de Julho de 2019 - 12:09
Dólar sobe com exterior à espera de corte ameno de juro nos EUA



 
 

O dólar mostra valorização leve no mercado doméstico, acompanhando o fortalecimento generalizado da divisa americana em relação a moedas principais e de países emergentes em meio a expectativas majoritárias de corte ameno, de 0,25 ponto, no juro pelo Federal Reserve (Banco Central dos Estados Unidos), na semana que vem.

Investidores domésticos monitoram a queda dos juros futuros, na esteira do IPCA-15 fraco em julho, e o fluxo cambial em meio a ofertas subsequentes de ações na bolsa, como a da BR Distribuidora e a da locadora de veículos Movida, após a venda de papéis pela operadora de planos de saúde Hapvida nos últimos dias.

O IPCA-15 deste mês registrou alta de 0,09%, abaixo da mediana das expectativas dos analistas do mercado (0,13%), mas levemente acima do resultado de junho (0,06%). As projeções do mercado variavam de 0,02% A 0,17%. No ano, o IPCA-15 acumula alta de 2,42% e, em 12 meses, de 3,27% – também abaixo da mediana de 3,31% (intervalo de 3,18% a 3,36%) e no menor nível desde maio de 2018, quando estava em 2,70%. Segundo operadores de renda fixa, as taxas refletem o aumento das apostas em corte de 0,50 ponto na taxa Selic, no encontro do Copom da próxima semana.

No radar está ainda uma emissão de US$ 1 bilhão em bônus com vencimento em 2030 pela JBS USA. A empresa anunciou opção de recompra em cinco anos, disseram fontes. Os recursos serão usados para refinanciar dívidas existentes da JBS SA e negócios do grupo. Por isso, o ingresso dos recursos no País pode ser parcial, disse um operador de uma corretora.

Às 9h38, o dólar à vista subia 0,35%, a R$ 3,7513. O dólar futuro para agosto avançava 0,24%, a R$ 3,7530.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
20/08/2019 - 12:04  Sequestrador de ônibus é morto por atirador de elite na Ponte Rio-Niterói; os 37 reféns passam bem
20/08/2019 - 11:41  Ministro vem a MS para reunião sobre Corredor Bioceânico na quinta-feir
20/08/2019 - 11:36  BNDES financiou R$ 24 milhões em jatos a empresas com atuação em MS
20/08/2019 - 11:33  Adélio diz que esfaqueou Bolsonaro "após ouvir voz de Deus"
20/08/2019 - 10:11  Para CCR, chance de perder ação para revisão de contrato é “remota”
20/08/2019 - 10:08  Partidos de esquerda e centro articulam união para barrar radicais
20/08/2019 - 10:04  Equipe "X Rally Team": De olho no tetracampeonato
20/08/2019 - 10:02  Capital deve recepcionar 12 mil na rodoviária para seu aniversário
20/08/2019 - 10:01  Emissão de CPF e restituição do IR podem ser suspensas pela Receita
19/08/2019 - 11:21  Caminhão sai da pista e uma pessoa morre em acidente na MS-040
19/08/2019 - 11:18  Com aumento de 926%, MS já registra 14 mil focos de incêndio no mês
19/08/2019 - 11:17  Ossada de jovem desaparecido desde 2018 é encontrada
19/08/2019 - 11:15  Polícia apreende Siena roubado com 598 quilos de maconha em Sidrolândia
19/08/2019 - 10:33  Caminhão sai da pista e uma pessoa morre em acidente na MS-040
19/08/2019 - 10:32  Deputados de MS dão exemplo e economizam no ‘bandejão’ em Brasília
19/08/2019 - 09:39  Safra recorde de milho pode ser ainda maior em MS: 11 milhões de toneladas
19/08/2019 - 09:17  Caixa e Banco do Brasil iniciam pagamento de cotas do PIS e Pasep
19/08/2019 - 08:55  Parceria de MS e Reino Unido estudará os efeitos dos agrotóxicos no Pantanal
19/08/2019 - 08:36  Perícia encontra digitais em folhas de dossiê apreendido com guarda
19/08/2019 - 08:35  Mato Grosso do Sul lidera ranking de aumento de queimadas no País
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE