PUBLICIDADE
Policial
Noticia de: 10 de Janeiro de 2019 - 08:27
À polícia, agressora confirma tortura física e psicológica contra adolescente



 
 
Vítima passou aproximadamente duas horas sendo torturada por trio. (Foto: Direto das Ruas)Vítima passou aproximadamente duas horas sendo torturada por trio. (Foto: Direto das Ruas)

Uma das agressoras da adolescente de 16 anos que apanhou de três meninas na última segunda-feira (7), no bairro Guanandi, em Campo Grande, confirmou à polícia tortura física e psicologicamente contra a vítima.

Em depoimento na tarde desta quarta-feira (9) na Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude), a garota de 17 anos confirmou a versão contada pela vítima sobre as agressões. Ela relatou que não gostava da adolescente e, por isso, junto com as outras duas envolvidas, de 17 e 18 anos, resolveu armar uma emboscada.

Segundo relatos à polícia, além da tortura física, o trio também torturou psicologicamente a vítima. ''Depois de apanhar bastante, a menina foi obrigada a prometer que não se envolveria mais com o ex-namorado da agressora de 18 anos", disse o delegado Fábio Sampaio, responsável pelas investigações.

Além da agressora de 17 anos, a polícia também ouviu nesta tarde a irmã da vítima e duas adolescentes que participavam do grupo de WhatsApp onde as agressões foram divulgadas.

Buscas - Conforme o delegado, as outras duas agressoras ainda não foram localizadas. ''Estão fugindo da polícia", disse.

Caso não seja localizada, o delegado poderá pedir pela internação da adolescente de 17 anos em uma Unei (Unidade Educacional de Internação) e será considerada foragida.

Investigações - A polícia, agora, busca entender a participação de cada uma das meninas na tortura, inclusive das mulheres que participavam do grupo no WhatsApp.

O caso - Por volta das 18h de segunda-feira (7) a adolescente recebeu uma mensagem no celular de uma amiga a chamando para tomar tereré.

Ao aceitar o convite, a colega de 17 anos, chamou um motorista de aplicativo, porém o destino era uma casa no Guanandi. No local, ela sofreu uma série de torturas que durou aproximadamente duas horas.

As agressões só foram interrompidas quando a irmã da vítima, de 24 anos, começou a receber no celular prints da live que mostravam sua irmã sendo agredida. A adolescente então foi obrigada a tomar banho e a colocar gelo nos hematomas do rosto. Depois foi liberada pelas suspeitas.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
18/01/2019 - 14:19  PM de Dois Irmãos do Buriti prende suspeito de furto.
18/01/2019 - 10:19  Polícia Civil desarticula associação criminosa de furto e receptação de gado.
17/01/2019 - 09:05  Família de traficantes do Estado movimentava R$ 200 milhões ao ano
17/01/2019 - 08:32  Operação em três estados mira família de traficantes em MS; já são 11 presos
17/01/2019 - 08:29  Homens foram executados a tiros de pistola 9 milímetros em emboscada
16/01/2019 - 10:19  Dupla investigada por sequestros na fronteira é presa com arsenal
15/01/2019 - 08:42  Gaeco vasculhou celas de presídios em duas cidades e Batalhão da PM
14/01/2019 - 11:04  Mulher que matou o marido é liberada depois de pagar fiança de R$ 499,00
14/01/2019 - 11:02  Duas pessoas são presas em operação contra o tráfico que envolve policiais
14/01/2019 - 11:02  Arma de pistoleiro do PCC foi usada em dois atentados na fronteira
14/01/2019 - 09:34  Servidores da Segurança Pública de MS são alvos de operação do Gaeco nesta manhã
14/01/2019 - 08:30  Bombeiro morre ao salvar mulher de atropelamento; autor estava bêbado
11/01/2019 - 08:53  URGENTE: Moradores do Dom Antônio e região bloqueiam BR-262; congestionamento é de 2km
11/01/2019 - 08:53  Banhistas encontram em córrego corpo de homem partido ao meio
10/01/2019 - 08:32  Assassinos divulgaram morte de jovem estrangulado pelo Facebook
10/01/2019 - 08:24  Mãe diz que afogou recém-nascido em açude por acreditar que ele era HIV positivo
09/01/2019 - 08:41  Morador de rua mata homem a facadas após pedir cigarro no Amambaí
07/01/2019 - 10:32  Lutadora do UFC reage a assalto e domina ladrão com socos, chute e mata-leão
07/01/2019 - 10:31  Mulher é presa depois que filho de 2 anos inalar maconha e ingerir álcool
04/01/2019 - 09:08  DOF prende dois em picape com fundo falso para transportar droga
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE