PUBLICIDADE
Economia
Noticia de: 08 de Fevereiro de 2018 - 10:00
BID negocia US$ 47,7 milhões em linha de crédito para Mato Grosso do Sul



 
 

O Governo de Mato Grosso do Sul deve concretizar a parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e garantir investimentos de US$ 47,7 milhões ou cerca de R$ 150 milhões para o Programa de Apoio à Gestão e Integração dos Fiscos do Brasil (Profisco II).

Durante esta semana, equipe técnica da Secretaria de Fazenda (Sefaz-MS) estará reunida com a missão do BID para definir os ajustes sobre os produtos que serão implantados com a execução do projeto.

O Profisco II é uma linha de crédito concedida pelo BID aos estados e ao Distrito Federal com objetivo de financiar projetos de melhoria da administração das receitas e da gestão fiscal, financeira e patrimonial dos entes federados.

O enfoque, segundo o secretário de Fazenda, Guaraci Fontana, é o controle dos gastos públicos. Uma nova realidade vem surgindo atualmente no ambiente público, em que novas exigências de eficiência da máquina arrecadatória têm sido cobradas, tanto no aspecto tributário, quanto financeiro, patrimonial, fiscal e de gestão, reforçados pelos novos projetos nacionais de integração e informatização dos fiscos.

“Os recursos financeiros disponibilizados pelo BID vão permitir que a gestão pública realize intervenções para garantir mais economicidade, agilidade e eficiência tanto para a máquina pública quanto para o contribuinte, promovendo o aperfeiçoamento da gestão fazendária, reduzindo o gasto público e principalmente atendendo as diretrizes estratégicas estaduais”, destaca Fontana.

A previsão de investimento com a implantação do Profisco II é de US$ 47,7 milhões ou cerca de R$ 150 milhões em cinco anos. O valor será direcionado a ações que modernizem a gestão de MS, com foco no controle de gastos públicos. Esta já é uma realidade vivenciada por vários estados: o primeiro a se beneficiar com o programa foi o Ceará, com a concessão de um empréstimo de US$ 70 milhões aprovado pelo BID no dia 8 dezembro de 2017. A linha de crédito tem garantia soberana do Governo Federal e é concedida pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento aos estados e ao Distrito Federal.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
23/10/2018 - 09:34  MS tem 2,6 mil empregos a menos em setembro; pior resultado desde 2015
16/10/2018 - 09:52  Celulose e carnes provocam aumento de 23% nas exportações de MS
16/10/2018 - 09:41  Setor de serviços avança 1,2% e tem melhor agosto desde 2011, aponta IBGE
09/10/2018 - 10:17  Produção industrial cai em agosto em 6 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE
09/10/2018 - 09:44  Novas indústrias irão gerar 500 empregos em Mato Grosso do Sul
02/10/2018 - 10:07  Soja bate R$ 84 e acelera venda antecipada do grão no Estado
01/10/2018 - 16:08  Três a cada quatro idosos usam exclusivamente o SUS, diz estudo
01/10/2018 - 15:31  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti realiza audiência pública da Lei Orçamentária Anual.
01/10/2018 - 09:32  Busca por consignado cresce e chega a R$ 5,7 bilhões no Estado
28/09/2018 - 11:00  IBGE confirma MS como 4º maior rebanho de bovinos
27/09/2018 - 09:15  Consumidores de MS buscam R$ 1,2 bilhão em empréstimos
26/09/2018 - 11:42  Consignado com FGTS pode ajudar 484 mil trabalhadores em MS
21/09/2018 - 10:31  Prévia da inflação oficial fica em 0,09% em setembro, aponta IBGE
19/09/2018 - 15:47  Dia das crianças deve movimentar R$ 130 milhões em Mato Grosso do Sul
17/09/2018 - 14:38  Economia brasileira cresceu 0,57% em julho, diz Banco Central
10/09/2018 - 11:53  Reforma da pista do aeroporto de Bonito custará R$ 4 milhões a MS
10/09/2018 - 10:43  Projeção da inflação cai de 4,16% para 4,05% este ano
10/09/2018 - 10:06  Receita abre consulta ao 4º lote de restituição do IR nesta segunda
03/09/2018 - 10:47  Receita do Estado avança 18% e soma R$ 1,2 bi a mais até julho
27/08/2018 - 09:17  População já pagou R$ 703 milhões em impostos em Campo Grande
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE