PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 11 de Abril de 2019 - 10:58
Barragens de minério de MS podem passar por nova fiscalização



 
 

Técnicos durante uma das vistorias, no dia 30 de janeiro, em Corumbá

 
 

O MPF (Ministério Público Federal), por meio da força-tarefa de Brumadinho (MG) protocolou ação para que a ANM (Agência Nacional de Mineração) e a União sejam obrigadas a realizar inspeções em todas as barragens de mineração consideradas inseguras ou com segurança inconclusiva. A ação pede que a fiscalização seja feita também nas certificadas como seguras, mas que estejam classificadas como DPA alto (Dano Potencial Associado).

Em Mato Grosso do Sul, pelo menos duas barragens, em Corumbá, passariam novamente por fiscalização, caso a ação seja deferida, segundo o presidente do Imasul, Ricardo Eboli Gonçalves Pereira. Elas estão localizadas no Maciço do Urucum, sendo uma da Vale - mesma responsável pela barragem de Brumadinho – e, a outra, da Vetorial Siderurgia.

Segundo o MPF, a medida seria necessária por causa da Resolução 4/2019 da ANM, que determina medidas regulatórias para assegurar a estabilidade de barragens de mineração construídas pelo método a montante ou por método declarado como desconhecido.

Como muitas barragens foram vistoriadas dias depois do rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão, ocorrido no dia 25 de janeiro, não estariam dentro das normas previstas na resolução, publicada no dia 25 de fevereiro. Este é o caso das existentes em Mato Grosso do Sul, em que as vistorias foram feitas cinco dias após o ocorrido.

Reestruturação – O MPF também pediu que a ANM e a União sejam obrigadas, no prazo de 180 dias, a apresentar um plano de reestruturação da atividade de fiscalização de barragens no Brasil, o qual deverá contemplar medidas estruturais para o planejamento e gestão do setor, no curto, médio e longo prazo.

Esse plano, entre outras medidas, deverá contemplar o diagnóstico das barragens existentes no país, da periodicidade com a qual a fiscalização se faz necessária, dos riscos que cada uma delas representa e da expertise necessária para fiscalizá-las.

Para os membros da Força-Tarefa Brumadinho que assinam a ação, “quanto mais frágil é a fiscalização, menos o fiscalizado investe” e “isso coloca em risco a população, já que estimula que os controles do próprio empreendedor – que, como se sabe, custam dinheiro – sejam progressivamente afrouxados.

Até agora, foram confirmadas 224 mortes em decorrência do rompimento da barragem de rejeitos da Vale, em Brumandinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG)

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
19/07/2019 - 10:36  Empresários vão à São Paulo divulgar rota turística de municípios pantaneiros
19/07/2019 - 10:20  Bebê cai de cama, demora a ser socorrido e morre em unidade de saúde
19/07/2019 - 10:19  Índice de confiança do empresário cresce pelo segundo mês consecutivo
19/07/2019 - 10:19  Homem é preso após tentar fugir de fiscalização policial
19/07/2019 - 10:18  Estudo aponta aumento de câncer em população de 20 a 49 anos
19/07/2019 - 10:10  Homem estuprava menina de 9 anos e a obrigava a enviar fotos íntimas
19/07/2019 - 10:08  Em carro pedido por aplicativo, mulher é presa com mala cheia de maconha
19/07/2019 - 09:55  Dupla passa 11 horas comendo e bebendo em conveniência e vai embora sem pagar a conta
19/07/2019 - 09:40  Acusado de estupro e pornografia infantil é preso em Naviraí
19/07/2019 - 09:39  Polícia prende quadrilha que roubou 7 farmácias na Capital
19/07/2019 - 09:38  Polícias estaduais apreendem cerca de uma tonelada de maconha por dia em MS
18/07/2019 - 15:14  Secretária e Primeira Dama faz entrega de 882 cobertores
18/07/2019 - 12:12  Feira Pet da Leroy Merlin é chance de você adotar um amigo no sábado
18/07/2019 - 12:11  Justiça manda agressor pagar R$ 15 mil por danos morais à ex-mulher
18/07/2019 - 12:10  Lei de proibição a canudos de plástico entra em vigor em 30 dias, sem multa
18/07/2019 - 12:00  Maior feira científica do País traz astronauta e homenageia Almir Sater
18/07/2019 - 11:56  Com minutos de diferença, 3 clínicas médicas são arrombadas na Capital
18/07/2019 - 11:54  Ex-guarda municipal pode estar associado a execução de filho de policial
18/07/2019 - 11:49  Senadores não têm consenso sobre indicação de Eduardo Bolsonaro
18/07/2019 - 11:38  Ex-guarda municipal pode estar associado a execução de filho de policial
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE