PUBLICIDADE
Política
Noticia de: 12 de Janeiro de 2018 - 08:17
Como será o julgamento de Lula no TRF4 no dia 24



 
 

Reuters O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

 
 

No próximo dia (24), a apelação criminal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) será julgada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre.

A partir das 8h30, os três juízes da 8º Turma do TRF4 vão analisar o recurso no caso tríplex. Em julho do ano passado, o petista foi condenado pelo juiz Sergio Moro a 9 anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Segundo a sentença de Moro, Lula teria recebido propina da empreiteira OAS em forma de um apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo, como contrapartida a contratos fechados com a Petrobras durante sua gestão.

Além do ex-presidente, recorreram da sentença de Moro o ex-presidente da OAS José Aldemario Pinheiro Filho (que foi condenado a 10 anos e 8 meses de prisão), o ex-diretor da área Internacional da empreiteira Agenor Franklin Magalhães Medeiros (condenado a 6 anos), e o ex-presidente do Instituto Lula Paulo Okamotto.

O Ministério Público Federal (MPF) recorreu contra a absolvição em primeira instância de três executivos da OAS: Paulo Roberto Valente Gordilho, Roberto Moreira Ferreira e Fábio Hori Yonamine.

Como será o julgamento de Lula no TRF4

– A sessão começa às 8h30 com a abertura do presidente da 8ª Turma, o juiz de segunda instância Leandro Paulsen.  Em seguida, o relator, desembargador federal João Pedro Gebran Neto, faz a leitura do relatório do processo.

– Na sequência, o Ministério Público Federal (MPF) faz suas alegações quanto à situação dos réus em até 30 minutos.

– Depois, se pronunciam os advogados de defesa, com tempo máximo de 15 minutos para cada réu. No total, será disponibilizada uma hora para o conjunto das sustentações orais da defesa.

– A seguir, o relator faz a leitura do seu voto e passa a palavra para o revisor, o desembargador Leandro Paulsen, que profere o voto e é seguido pela leitura de voto do desembargador federal Victor Luiz dos Santos Laus

–  Pode haver pedido de vista e, assim, o processo é decidido em uma sessão futura.

– Se não houver pedido de vista, Paulsen, que é o presidente da 8ª Turma, proclama o resultado sobre a condenação.

Se a condenação dos réus for confirmada pelos juízes, a execução da pena pelo TRF4 só ocorrera após o julgamento de todos os recursos em segundo grau.

De acordo com o tribunal, os recursos possíveis são os embargos de declaração, com pedido de esclarecimento da decisão, e os embargos infringentes, quando não há unanimidade na decisão entre os juízes. Vale destacar que os embargos infringentes são julgados pela 4ª Seção do TRF4, formada pelas 7ª e 8ª Turmas, especializadas em direito penal.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
22/01/2018 - 09:43  Quem são os juízes que decidirão o futuro de Lula nesta semana
17/01/2018 - 13:00  Faltam só assinaturas, diz Reinaldo sobre acordo para retomar Aquá
17/01/2018 - 10:00  RS quer fechar prédios públicos para julgamento
17/01/2018 - 09:29  Cai resistência a Bolsonaro no Exército.
16/01/2018 - 08:35  Justiça mantém Cristiane Brasil fora do Ministério do Trabalho
15/01/2018 - 13:54   Prefeito Edilsom assina contrato de retomada de obra do Centro de Educação Infantil - Creche ...
15/01/2018 - 13:47  Presidente do TRF reúne-se com Cármen Lúcia para tratar da segurança do julgamento de Lula
15/01/2018 - 10:33  Temer se reúne no Planalto com o diretor-geral da Polícia Federal para discutir segurança pública.
15/01/2018 - 10:19  Presidente da Câmara reúne com Prefeito Edilsom para viabilizar parceria com Sidrolandia.
15/01/2018 - 09:28  Passagem aérea custa até R$ 45 mil para Câmara
15/01/2018 - 09:07  Os desafios do PSDB para fazer a candidatura de Alckmin decolar e evitar a 5ª derrota seguida
15/01/2018 - 08:39  Odilon pode desistir do governo se não estiver bem nas pesquisas.
12/01/2018 - 13:58  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti faz entrega de caminhão frigorífico para COOPERDIB.
12/01/2018 - 13:51  MBL declara guerra a Luciano Huck
12/01/2018 - 09:00  Por posse de ministra, governo insistirá com recurso no TRF2
11/01/2018 - 16:05  Jefferson diz que PTB manterá indicação Cristiane Brasil para Trabalho
11/01/2018 - 11:13  ‘Estou ótimo, embora toda hora queiram me matar’, diz Temer
11/01/2018 - 11:06  Candidatos mais ricos conseguirão de novo esconder seus crimes nas eleições?
11/01/2018 - 08:37  PCC financia igrejas e pode influenciar eleição, diz ex-desembargador
10/01/2018 - 14:39  Faustão gravou com Huck antes de ele negar candidatura
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE