PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 15 de Maio de 2019 - 10:54
Conselho abre sindicância contra promotor Marcos Alex



 
 

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) abriu sindicância para investigar a conduta do promotor de Justiça Marcos Alex Vera de Oliveira. A Reclamação Disciplinar 1.00406/2018-29, do advogado Rodrigo Souza e Silva, filho do governador Reinaldo Azambuja, foi aceita pelo plenário da instituição. 

A reclamação disciplinar de Rodrigo Souza e Silva foi feita em maio do ano passado, depois de o nome dele ter sido veiculado em reportagens que o ligava a um suposto roubo de um malote de R$ 270 mil, dinheiro que seria usado como propina paga pela administração estadual ao corretor de gado José Ricardo Guitti, conhecido como Polaco. Outro fato motivador da reclamação foram os indeferimentos do acesso ao procedimento investigativo criminal aberto que tratou sobre o suposto roubo do malote. 

O julgamento do recurso feito pelo advogado de Rodrigo, Gustavo Passarelli, foi adiado por, pelo menos, duas vezes no mês passado, no dia 9 e, posteriormente, no dia 23. Passarelli recorreu em novembro do ano passado de decisão de arquivamento da representação original, feita pelo corregedor nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel, e levou o caso ao plenário. Os adiamentos dos julgamentos no mês passado teriam ocorrido a pedido de representantes do Ministério Público de Mato Grosso do Sul. 

Conforme Passarelli, de agora em diante, será aberta uma sindicância, na qual as partes envolvidas produzirão provas relacionadas ao teor da representação, que ataca a conduta do promotor. “Também haverá oitiva de testemunhas e, ao fim, pode-se concluir ou não pela abertura de processo administrativo-disciplinar”, explicou o advogado. A sindicância é um procedimento preparatório. 

Marcos Alex Vera também comentou sobre a abertura de sindicância. Afirmou que recebeu a decisão do plenário do CNMP com naturalidade. “Não é a primeira vez que isso ocorre nem será a última”, afirmou. 

PROMOTORIA

Atualmente, Marcos Alex Vera de Oliveira ocupa a 30ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social, em Campo Grande. O órgão tem como uma das atribuições o combate a crimes contra administração pública, como corrupção e lavagem de dinheiro. Alex Vera, porém, ficou conhecido pelo período em que esteve à frente do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). 

O suposto roubo do malote que deu origem à representação também é investigado pela Polícia Federal. Foi citado inclusive no contexto da Operação Vostok, desencadeada em setembro do ano passado, ocasião em que Rodrigo chegou a ser detido temporariamente. A ação da Polícia Federal teve origem em delação premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista, do grupo JBS.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
20/05/2019 - 12:44  Atraso salarial causa paralisação na saúde
20/05/2019 - 12:20  Azambuja defende ampliação de financiamento para aquisição de suínos
20/05/2019 - 12:18  Guarda municipal é preso com armamento avaliado em quase R$ 1 mi
20/05/2019 - 11:45  Inflação das carnes sobe 6,33% e pesa no bolso do consumidor
20/05/2019 - 11:44  Adolescentes são apreendidos por cultivar pé de maconha em quintal
20/05/2019 - 10:54  Semana começa com oito concursos abertos e salários de R$ 8,8 mil em MS
20/05/2019 - 09:53  Mulher é presa em Dois Irmãos do Buriti com maconha misturada com erva de tereré
20/05/2019 - 09:47  Motorista de aplicativo atende a falsa corrida e acaba roubado
20/05/2019 - 09:42  Policiais prendem motorista que ofereceu propina para não ser multado
20/05/2019 - 09:38  Irritado com choro de bebê, homem espanca esposa durante a madrugada
20/05/2019 - 09:36  Trânsito mata 53% menos em 2019 em Mato Grosso do Sul, diz Detran
20/05/2019 - 09:23  Travesti é encontrada morta com sinais de violência em frente a terminal
20/05/2019 - 09:20  Mega-Sena acumula e deverá pagar R$ 12 milhões no próximo sorteio
20/05/2019 - 09:11  Governo anunciará novos bloqueios no Orçamento na quarta
20/05/2019 - 09:07  Homem joga copo no rosto da namorada, dá socos, chutes e tenta enforcá-la em Aquidauana
20/05/2019 - 08:55  OMC começa a discutir regras internacionais para comércio eletrônico
20/05/2019 - 08:53  Troca de tiros termina com criminoso morto e policial ferido
20/05/2019 - 08:52  Garras e Choque apreendem arsenal em residência do Monte Líbano
17/05/2019 - 15:41  Edital do PSD - Partido Social Democrático
17/05/2019 - 12:23  Mulher que pediu ajuda em ônibus diz a polícia que não foi agredida
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE