PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 12 de Setembro de 2019 - 08:53
Decreto de emergência por causa das queimadas abrange 9 cidades de MS



 
 


Fumaça dos incêndios florestais que destróem vegetação em vários pontos em MS. (Foto: Divulgação/Bombeiros)


Serão incluídos no decreto os municípios de Aquidauana, Anastácio, Miranda, Corumbá, Ladário e Porto Murtinho, no Pantanal. Os outros três são Bonito, Bodoquena e Dois Irmãos do Buriti. Há lugares onde as chamas começaram há vários dias e ainda não foram debeladas.

Rota do fogo - Sobrevoo com duração de seis horas, realizado nesta quarta-feira (11), por militares do Corpo de Bombeiros, revelou a extensão e gravidade dos focos de incêndios na região do Pantanal e na sua borda, abrangendo os municípios de Aquidauana, Miranda e Corumbá.

O objetivo, segundo divulgado, é que a visualização aérea com as respectivas coordenadas, dê elementos para a ação planejada da Defesa Civil do Estado e das brigadas de combate ao fogo e o emprego de novos equipamentos.

O tenente-coronel Fernando Carminati, relações públicas do comando do Corpo de Bombeiros, participou do sobrevoo e informou que a situação é crítica, obrigando a aeronave a operar por instrumento devido à fumaça. Ao Campo Grande News, ele disse que em Corumbá, a fumaça prejudicou totalmente a visualização.

Em Aquidauana e Dois Irmãos do Buriti, onde há chamas que começaram no sábado, também se vê muita fumaça.

Conforme o oficial, o fogo é muito intenso na Fazenda Caiman, em Miranda, onde o levantamento foi feito com a presença dos técnicos que coordenam a ação de combate aos focos. “Vai permitir um combate mais eficaz e pontual no local”, disse Carminati.

O sobrevoo compreendeu oito pontos de focos: Serra da Boa Sentença, Alto Rio Negro, Parque Estadual do Rio Negro, Parque Estadual Touro Morto, Fazenda Caiman, Fazenda Santa Rita (Bodoquena), Aldeia Água Branca e Pantanal de Corumbá.

Veja imagens feitas pelos bombeiros:

Bombeiros sobrevoam área de incêndio no Pantanal
00:00
/
02:11
00:00
Próximo Vídeo
×

Auxílio - Para combater os focos de incêndios florestais, o governo oficializou pedido de apoio aéreo ao Cenad (Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres) para combate aos incêndios florestais na região do Pantanal e borda e Serra da Bodoquena, onde ocorrem a maioria dos focos de calor registrados pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

A solicitação, afirma a administração estadual, antecipa o apoio operacional do governo federal que será garantido com o decreto de situação de emergência assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). “Estamos nos adiantando à tramitação do pedido de apoio diante da situação crítica, onde mais de um milhão de hectares já foram queimados no Estado em 40 dias”, disse o tenente-coronel Fábio Catarinelli, coordenador de Defesa Civil do Estado.

Com 1.552 focos de incêndios florestais neste mês, Mato Grosso do Sul só fica atrás de Mato Grosso (4.781) e Rondônia (1.611). No acumulado do 2019 já são 6.301 queimadas detectadas pelo Inpe no Estado. O número já supera a quantidade de focos acumulados em seis dos últimos dez anos (2.380 em 2018; 5.737 em 2017; 4.617 em 2015; 2.214 em 2014; 3.615 em 2013; 3.731 em 2011).

Corumbá, só na terça-feira (10), teve mais de 250 focos de calor.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
15/09/2019 - 20:25  'Adeus, mãe': filho grava vídeo de despedida antes de pai jogar carro contra carreta
15/09/2019 - 17:53  Ladrões invadem fazenda, abatem vaca prenha e deixam bezerro morto
15/09/2019 - 17:25  VÍDEO: motorista sofre mal súbito e carreta pega fogo após tombar na BR-163
15/09/2019 - 11:42  Ladrões invadem fazenda, abatem vaca prenha e deixam bezerro morto
12/09/2019 - 10:06  Agentes penitenciários de MS integram tropa de elite do sistema prisional do país em retomada ...
12/09/2019 - 09:39  Governo Presente começa nesta quinta-feira; 14 prefeitos serão atendidos em dois dias
12/09/2019 - 09:27  Situação de emergência decretada pelo Estado abrange nove municípios atingidos pelas queimadas
12/09/2019 - 09:12  Por R$ 3,2 milhões, governo conclui compra de aeronave de SC
12/09/2019 - 09:11  Em MS, 100 homens atuam no combate ao fogo e logística é desafio
12/09/2019 - 08:58  Em apenas uma semana, notificações de sarampo cresceram 35% em MS
11/09/2019 - 11:15  Em MS, 1,4 milhão de trabalhadores poderão sacar FGTS
11/09/2019 - 09:55  Mulher entra na pista e morre atropelada por carreta na BR-158
11/09/2019 - 09:54  Citado em mensagens, Marun diz que vai representar contra procuradores
11/09/2019 - 09:38  Queimadas se intensificam e Ibama estima 1 milhão de hectares em cinzas em Aquidauana, ...
11/09/2019 - 09:38  Rose e Reinaldo sempre trabalharam juntos e com sintonia, diz Sérgio de Paula
11/09/2019 - 09:34  Incêndio em fazendas mobiliza bombeiros e interdita rodovia
11/09/2019 - 09:20  TRF3 rejeita denúncia contra Puccinelli por fraudes em licitações e em obras
09/09/2019 - 12:08  Cocaína furtada pode ter rendido meio milhão de reais
09/09/2019 - 11:57  Transito para na BR 262 em Terenos por causa de acidente com morte
09/09/2019 - 11:47  Aeronave cai, pega fogo e mata vereador e criança de 5 anos
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE