PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 10 de Janeiro de 2019 - 14:15
Governador anuncia que demitirá 25% dos comissionados



 
 
Governador do Estado de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), declarou que pretende demitir 25% dos cargos comissionados para que a folha de pagamento de servidores não ultrapasse o limite prudencial. “Estamos dentro da lei e isso é um problema de todos os estados, não podemos aumentar gastos com pessoal e por isso diminuímos mais uma secretaria”, disse.

Em entrevista ao Bom Dia MS, na manhã desta quinta-feira (10), Azambuja declarou também que outra estratégia para diminuir gastos com pessoal será o fortalecimento do E-GOV, sistema digital em que as pessoas poderão acessar serviços do Governo do Estado por meio da internet, sem precisar de um servidor para que a solicitação seja feita.

“Vamos digitalizar e facilitar a vida do cidadão, podemos diminuir servidor comissionado e modernizar o setor sem diminuir atendimento a população e com isso diminuir impacto financeiro nas contas”, disse o governador.

REFORMA 

Em dezembro de 2018, Azambuja encaminhou reforma do Governo para a Assembleia Legislativa e projeto já foi sancionado.

Além de excluir a Secretaria de Cultura, o governador reorganizou os cargos em Direção de Chefia e de Assessoramento (DCA) e inchou a Secretaria de Governo (Segov), chefiada pelo secretário Eduardo Riedel.

No dia 2 de janeiro, em reunião com o novo secretariado, Azambuja anunciou que os secretários das pastas tem dez dias de prazo para realocar os comissionados exonerados ou chamar novos nomes para compor a equipe. O secretário de Saúde, Resende, adiantou que terá novos nomes em sua pasta. 

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
17/06/2019 - 11:40  Delegado de Aquidauana é transferido após sumiço de 100 kg de cocaína
17/06/2019 - 10:52  Inauguração da reforma da Quadra de Esporte da Escola Municipal Felícia Emiko Kawamura Sakitani
17/06/2019 - 10:26  Idoso morre ao cair de escada durante poda de árvore na Capital
17/06/2019 - 10:25  Petrobras venderá subsidiária em Três Lagoas até setebro
17/06/2019 - 10:09  Mais de 29 mil contribuintes em MS vão receber 1º lote do Imposto de Renda
17/06/2019 - 10:05  Uso de simulador para obtenção de CNH será facultativo
17/06/2019 - 10:00  Xuxa fala sobre pacto com diabo, traição de Pelé e rixa com Eliana
17/06/2019 - 10:00  Filhos são responsáveis pela maioria das 545 violações contra idosos em MS
14/06/2019 - 11:52  Governador viabiliza recursos para obras em aeroporto de Bonito
14/06/2019 - 11:49  Menino de Aquidauana fã da PM viaja escoltado para fazer transplante de rim
14/06/2019 - 11:48  Conselheiros pedem saída de diretor da Santa Casa
14/06/2019 - 11:47  Motorista morre no hospital 13 dias após ônibus cair em barranco
14/06/2019 - 11:44  Instrutor usava ônibus de autoescola para o tráfico na Capital
14/06/2019 - 11:41  Bombeiros registram 80 casos de queimadas por dia na Capital
14/06/2019 - 11:26  Futuro da BR-163 depende de parecer técnico do TCU
14/06/2019 - 11:23  Organização espera 20 mil em ato pela educação e contra a reforma
14/06/2019 - 11:11  Bancos abrem uma hora mais tarde e universiddesa públicas fecham em Greve Geral
14/06/2019 - 11:09  Trabalhadores rurais, bancários e sindicalistas protestam no Incra
14/06/2019 - 10:46  Inverno chega dia 21 com pouca chuva e temperatura abaixo dos 5ºC graus
14/06/2019 - 10:44  Com 13 milhões de desocupados, Brasil registra meis inusitados de busca por emprego
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE