PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 10 de Janeiro de 2019 - 14:15
Governador anuncia que demitirá 25% dos comissionados



 
 
Governador do Estado de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), declarou que pretende demitir 25% dos cargos comissionados para que a folha de pagamento de servidores não ultrapasse o limite prudencial. “Estamos dentro da lei e isso é um problema de todos os estados, não podemos aumentar gastos com pessoal e por isso diminuímos mais uma secretaria”, disse.

Em entrevista ao Bom Dia MS, na manhã desta quinta-feira (10), Azambuja declarou também que outra estratégia para diminuir gastos com pessoal será o fortalecimento do E-GOV, sistema digital em que as pessoas poderão acessar serviços do Governo do Estado por meio da internet, sem precisar de um servidor para que a solicitação seja feita.

“Vamos digitalizar e facilitar a vida do cidadão, podemos diminuir servidor comissionado e modernizar o setor sem diminuir atendimento a população e com isso diminuir impacto financeiro nas contas”, disse o governador.

REFORMA 

Em dezembro de 2018, Azambuja encaminhou reforma do Governo para a Assembleia Legislativa e projeto já foi sancionado.

Além de excluir a Secretaria de Cultura, o governador reorganizou os cargos em Direção de Chefia e de Assessoramento (DCA) e inchou a Secretaria de Governo (Segov), chefiada pelo secretário Eduardo Riedel.

No dia 2 de janeiro, em reunião com o novo secretariado, Azambuja anunciou que os secretários das pastas tem dez dias de prazo para realocar os comissionados exonerados ou chamar novos nomes para compor a equipe. O secretário de Saúde, Resende, adiantou que terá novos nomes em sua pasta. 

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
21/01/2019 - 11:23  A Secretaria Municipal de Educação divulga resultado de contratação de Professores.
21/01/2019 - 08:40  Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje
21/01/2019 - 08:28  Cheia do Pantanal pode ser menos rigorosa neste ano
21/01/2019 - 08:24  MS mantém contas equilibradas, enquanto 6 decretam calamidade
21/01/2019 - 08:24  MS amplia em 21% geração de energia de biomassa de cana
20/01/2019 - 09:24  Aldeia Buriti celebra 95ª Festa de São Sebastião.
18/01/2019 - 11:48  Mais de 112 mil candidatos zeraram a redação do Enem; 55 tiraram nota máxim
18/01/2019 - 10:29  Marciano, cantor sertanejo, morre aos 67 anos
18/01/2019 - 10:04  Secretaria faz entrega de brinquedos pedagógicos para atendimento psicológico.
17/01/2019 - 16:35  Para ter uma arma em casa, o gasto mínimo é de R$ 3,7 mil
17/01/2019 - 14:52  Multa mínima para quem capturar Dourado em rios será de R$ 2,7 mil
17/01/2019 - 14:43  Técnicos substituirão professores a partir do dia 18 de fevereiro
17/01/2019 - 14:13  Como as empresas de tecnologia podem lucrar com suas fotos no #10YearsChallenge
17/01/2019 - 14:12  Prazo de inscrição para processo seletivo da Força Nacional termina amanhã
17/01/2019 - 14:09  Família da ministra Tereza Cristina tem conflito histórico com índios em MS
17/01/2019 - 09:05  Secretaria de Educação Informa que matriculas para ano letivo de 2019 estão abertas.
17/01/2019 - 08:34  Brasil bate recorde de mortes violentas em 2017
17/01/2019 - 08:33  Mais de 6,4 mil microempresas devem R$ 136 milhões à Receita
17/01/2019 - 08:27  Em 15 dias, cidade de MS lidera ranking de queimadas no Brasil
17/01/2019 - 08:22  Depois de decreto, dobra número de procura por armas em lojas
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE