PUBLICIDADE
Política
Noticia de: 15 de Julho de 2017 - 13:03
Lideranças do conselho Terena pedem ao Senador que reforça convite ao Ministro da Justiça em Matogrosso do Sul.
Ministro aceita convite de Pedro Chaves e vem a MS conhecer realidade das aldeias indígenas.


 
 

Lideranças do conselho Terena pedem ao Senador que reforça convite ao Ministro da Justiça em Matogrosso do Sul.

 
 

Eder Alcantara, indígena do Povo Terena e presidente da Câmara dos Vereadores na cidade de Dois Irmãos de Buriti, membro do Conselho Terena esteve em Brasília,Junto às lideranças e caciques do Mato Grosso do Sul, Éder reforçou as reivindicações que já haviam sido apontadas na 10° Grande Assembleia Terena em final de maio nas agendas com órgãos indigenistas e federais. Marco Temporal, demarcação, desintrusão de terras, melhorias na saúde indígena e na educação, a anulação da demarcação da aldeia Buriti pela segunda turma do STF (Supremo Tribunal Federal),

Presidente da Câmara de Dois Irmãos do Buriti Eder Alcantara.

O vereador e as lideranças estiveram reunidos com o presidente da FUNAI, Franklimberg Ribeiro, com O ministro da Justiça, Torquato Jardim, com o secretário da SESAI Marco Antônio Tocollini, com Luciano maia, coordenador da sexta câmara e na SECADI, no Ministério da Educação,  estiveram Também com assesoria do Senador Pedro Chaves ( PSC) onde os mesmo pedem intervençao ao senador para juntos programarem um visita do Ministro da Jusiça e Presidente da Funai em Matro grosso do Sul, e visitassem as terrras indígenas, após pedidos do Vereador presidente Eder Alcantara e Lideranças do Conselho Terena  O ministro da Justiça, Torquato Jardim, aceitou o convite do senador Pedro Chaves (PSC\MS) e virá a Mato Grosso do Sul conhecer de perto a realidade das áreas que são fruto de disputa entre indígenas e produtores rurais pela posse da terra. A visita deve acontecer em agosto, logo após o fim do recesso parlamentar.

 “O governo tem interesse em solucionar definitivamente disputas como as que envolvem a expansão da Aldeia Buriti, nos municípios de Dois Irmãos do Buriti e Sidrolândia, que se arrasta há vários anos e já provocaram, inclusive, mortes.

Senador Pedro Chaves, Ministro da Justiça Torquato Jardim e Presidente da FUNAI General  Flanklimberg Ribeiro de Freitas.

 A proposta é de que o ministro da Justiça vá até o local, converse com índios e produtores, e encaminhe uma solução de curto prazo para a compra das fazendas do entorno da aldeia, indenizando os produtores por um preço justo e concedendo aos índios as áreas que eles reivindicam”, garantiu o senador, depois de sair da audiência com Torquato Jardim nesta quarta-feira (12), em Brasília.

 No encontro, que contou também com a presença do novo presidente da Funai, general  Flanklimberg Ribeiro de Freitas,  Pedro Chaves relatou  que vem tendo encontros frequentes com diversos caciques de diferentes tribos e que inclusive viu de perto a realidade da Aldeia Buriti, numa visita ao local em junho. O parlamentar assumiu com as lideranças indígenas o compromisso de intermediar um acordo em Brasília.

O senador ouviu do presidente da Funai a informação de que estão sendo levantadas todas as situações de conflito envolvendo a demarcação de novos territórios indígenas no país e que Mato Grosso do Sul é prioridade.

“Temos a segunda maior população indígena do país e conflitos em diversas regiões, como Sidrolândia, Dois Irmãos do Buriti, Miranda, Dourados, Caarapó e Japorã.  É  preciso resolver tudo isso para trazer paz ao campo”, defende Pedro Chaves.

O senador aproveitou o encontro com o ministro da Justiça para reivindicar também recursos para a Polícia Rodoviária Federal que, em função dos cortes de verba impostos pelo governo, está trabalhando com pouquíssimo combustível e ameaça fechar vários de seus postos de fiscalização no interior do estado.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
22/01/2018 - 09:43  Quem são os juízes que decidirão o futuro de Lula nesta semana
17/01/2018 - 13:00  Faltam só assinaturas, diz Reinaldo sobre acordo para retomar Aquá
17/01/2018 - 10:00  RS quer fechar prédios públicos para julgamento
17/01/2018 - 09:29  Cai resistência a Bolsonaro no Exército.
16/01/2018 - 08:35  Justiça mantém Cristiane Brasil fora do Ministério do Trabalho
15/01/2018 - 13:54   Prefeito Edilsom assina contrato de retomada de obra do Centro de Educação Infantil - Creche ...
15/01/2018 - 13:47  Presidente do TRF reúne-se com Cármen Lúcia para tratar da segurança do julgamento de Lula
15/01/2018 - 10:33  Temer se reúne no Planalto com o diretor-geral da Polícia Federal para discutir segurança pública.
15/01/2018 - 10:19  Presidente da Câmara reúne com Prefeito Edilsom para viabilizar parceria com Sidrolandia.
15/01/2018 - 09:28  Passagem aérea custa até R$ 45 mil para Câmara
15/01/2018 - 09:07  Os desafios do PSDB para fazer a candidatura de Alckmin decolar e evitar a 5ª derrota seguida
15/01/2018 - 08:39  Odilon pode desistir do governo se não estiver bem nas pesquisas.
12/01/2018 - 13:58  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti faz entrega de caminhão frigorífico para COOPERDIB.
12/01/2018 - 13:51  MBL declara guerra a Luciano Huck
12/01/2018 - 09:00  Por posse de ministra, governo insistirá com recurso no TRF2
12/01/2018 - 08:17  Como será o julgamento de Lula no TRF4 no dia 24
11/01/2018 - 16:05  Jefferson diz que PTB manterá indicação Cristiane Brasil para Trabalho
11/01/2018 - 11:13  ‘Estou ótimo, embora toda hora queiram me matar’, diz Temer
11/01/2018 - 11:06  Candidatos mais ricos conseguirão de novo esconder seus crimes nas eleições?
11/01/2018 - 08:37  PCC financia igrejas e pode influenciar eleição, diz ex-desembargador
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE