PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 27 de Novembro de 2018 - 15:22
MEC repassa R$ 1,8 milhão para custeio do Ensino Médio integral no Estado.



 
 

Escola de tempo integral do governo estadual; MEC garantiu aporte de recursos para o setor.

 
 

Mato Grosso do Sul receberá R$ 1,8 milhão do governo federal em recursos para o Programa de Formação às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, dentro de um repasse de R$ 99 milhões oficializado pelo MEC (Ministério da Educação) no Diário Oficial da União a todos os Estados – com exceção de Mato Grosso. O montante será complementação do pagamento da primeira parcela de recursos correspondentes a 2019, segundo informou o MEC, sendo referentes à a decisão de 2017 e 2016 do programa.

Os valores deverão ser direcionados para despesas com a manutenção de escolas de Ensino Médio que operam em regime integral –desde remuneração e aperfeiçoamento de professores e outros profissionais à compra, manutenção, construção e conservação de instalações, bens e equipamentos de ensino. Os valores também poderão ser aplicados em atividades-meio necessárias ao funcionamento dos sistemas de ensino, compra de material didático e no transporte escolar.

A confirmação do repasse foi reforçada nesta terça-feira (27) pelo MEC. No ensino integral, alunos permanecem na escola por sete horas diárias –hoje, a maioria dos estudantes permanece entre quatro e cinco horas em ambientes escolares. Em 2019, Mato Grosso do Sul terá 24 escolas estaduais operando nessa modalidade.

O PNE (Plano Nacional de Educação) tinha entre suas metas garantir que essa modalidade de ensino esteja disponível em, no mínimo, 50% das escolas públicas, atendendo a pelo menos 25% dos alunos da Educação Básica até 2014. Em 2018, a modalidade chegou a 40,1% das escolas públicas e 15,5% das matrículas, conforme o MEC.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
17/05/2019 - 15:41  Edital do PSD - Partido Social Democrático
17/05/2019 - 12:23  Mulher que pediu ajuda em ônibus diz a polícia que não foi agredida
17/05/2019 - 12:03  Vereadores da Câmara Municipal se reúnem com os comerciantes de Dois Irmãos do Buriti
16/05/2019 - 17:22  Bandidos sequestram homem, pedem R$ 450 mil e Choque resgata vítima
16/05/2019 - 17:21  Índice de desemprego volta a aumentar e alcança 9,5%
16/05/2019 - 16:21  Com recurso da prefeitura, polêmica sobre Guarda Municipal volta ao TJ
16/05/2019 - 16:17  Polícia vai tentar remontar avião para descobrir motivo de queda
16/05/2019 - 15:58  Suspeito de matar motorista de aplicativo a tiros é preso
16/05/2019 - 11:45  Câmara Municipal de Dois Irmãos do Buriti e Sanesul realiza audiência pública
16/05/2019 - 11:32  Cortes nas Forças Armadas e nas Universidades
16/05/2019 - 11:16  Vestibular de Inverno Uniderp e bolsas de até 100%* neste sábado
16/05/2019 - 10:58  Médico morto em acidente aéreo não tinha habilitação para voar por instrumentos
16/05/2019 - 10:53  Para ajudar menino com microcefalia, mãe usa horas vagas para fazer Hulk, Batman e bonecas de ...
16/05/2019 - 10:51  Fim de dois centros de triagem em Minas pode estimular o tráfico de animais
16/05/2019 - 10:27  Senac Aquidauana oferece cursos nas áreas da beleza, comunicação e gastronomia
16/05/2019 - 09:58  Luzes no céu de Aquidauana eram de exercício militar da Força Aérea Brasileira
16/05/2019 - 09:54  Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 7 milhões neste sábado
16/05/2019 - 09:40  Com largada em Campo Grande, roteiro do Sertões explora norte de MS
15/05/2019 - 12:15  Manifestação contra reforma e cortes na educação reúne duas mil pessoas
15/05/2019 - 12:14  Impacto de queda foi tão forte que avião “cavou buraco” de 1 metro
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE