PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 08 de Agosto de 2018 - 11:31
Novo modelo do Enem deverá ser aplicado em 2020



 
 

Novo modelo do Enem deverá ser aplicado em 2020

 
 
Um novo modelo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderá ser apresentado ainda este ano, segundo o ministro da Educação, Rossieli Soares. O modelo dependerá, no entanto, da aprovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio, atualmente em discussão no Conselho Nacional de Educação (CNE). O novo modelo, no entanto, deverá começar a ser aplicado apenas após 2020.

Segundo o ministro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) estuda atualmente como será a nova avaliação. A mudança será feita a partir da BNCC, que define o conteúdo mínimo que deverá ser ensinado em todas as escolas do país. Uma possibilidade é que haja modelos diferentes de provas para avaliar os itinerários formativos estabelecidos no novo ensino médio.

"O Inep está estudando uma proposta em paralelo, enquanto se discute a BNCC, para apresentar uma proposta para a sociedade brasileira assim que a BNCC tiver sido aprovada. Nós vamos apresentar uma proposta ainda este ano se a base for aprovada, como é o nosso desejo”, disse o ministro hoje (6) no 2º Congresso Internacional de Jornalismo de Educação, organizado pela Associação de Jornalistas de Educação (Jeduca).

Pelo novo ensino médio, sancionado no ano passado, parte do currículo da etapa de ensino, o equivalente a 1,8 mil horas deverá ser destinado ao conteúdo da BNCC. O restante do tempo, que varia de acordo com a rede de ensino, será destinado à formação específica. Os estudantes poderão escolher entre o aprofundamento em linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas ou ensino técnico.

O ministro também disse ser necessária uma adequação da formação do ensino médio, que não pode ser voltada apenas para que os estudantes se saiam bem no Enem. “O Enem precisa mudar. Não podemos fazer educação com Enem sendo o norte da educação. Pela primeira vez, o Brasil terá a oportunidade de discutir o Enem, que é porta de entrada [no ensino superior] e não porta de saída”, defendeu.

Atualmente, o Enem é composto por provas de linguagens, matemática, ciências humanas, ciências da natureza e redação. Neste ano, mais de 5,5 milhões se inscreveram para o exame. As notas do exame podem ser usadas para concorrer a vagas no ensino superio público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e a financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Também a partir da BNCC, segundo Rossieli, será elaborada uma base nacional para a formação de professores. Essa base poderá também ser apresentada para ser discutida pela sociedade este ano caso a BNCC seja aprovada. “Como nação, precisamos mostrar qual o perfil de formação para os professores. Tendo esse perfil, tendo a BNCC, precisamos apoiar professores com formação continuada”, disse.

O 2º Congresso Internacional de Jornalismo de Educação, cujo principal foco é eleições, ocorre hoje e amanhã em São Paulo e pode ser acompanhado ao vivo pela internet. 

NAOM-Com informações da Agência Brasil.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
17/12/2018 - 13:52  AGORA: Incêndio atinge Refinaria de Manguinhos na Zona Norte do Rio
17/12/2018 - 13:48  MS é 6º estado com maior porção de terras nas mãos de estrangeiros
17/12/2018 - 13:48  Para empresário, produtores e músicos, “45 decibéis é impossível”
17/12/2018 - 09:17  Formatura do 9º ano da Escola Municipal Nero Menezes da Ávila.
15/12/2018 - 10:37  Colação de grau da 3° turma do curso Normal Médio Intercultural Indígena Povos do Pantanal.
15/12/2018 - 10:12  Dois Irmãos do Buriti participa do 7º Congresso Nacional de Conselhos Tutelares .
14/12/2018 - 14:10  Sanesul de Dois Irmãos recebe novo veículo.
14/12/2018 - 11:14  Confraternização da APAEDIB .
13/12/2018 - 20:02  Prefeitura matem atendimento médico no Posto de Saúde do Distrito de Palmeiras.
13/12/2018 - 14:50  Escola Indígena Alexina Rosa Figueredo mistura cultura e lúdico em formatura.
13/12/2018 - 10:56  Em média, 7 pessoas morrem atingidas por raios anualmente em Mato Grosso do Sul
13/12/2018 - 10:54  Congresso libera R$ 100 milhões para compra de navio para Antártida
13/12/2018 - 09:06  Investimento em tecnologia coloca MS no "top 2" brasileiro do sêmen
13/12/2018 - 09:04  Aprovada redução de imposto de renda para indústrias em MS
13/12/2018 - 08:59  Azambuja quer câmeras com reconhecimento óptico em cidades da fronteira
12/12/2018 - 10:14  Aldeias de Dois Irmãos do Buriti recebem mudas de plantas nativas.
12/12/2018 - 10:14  Mais de 25 mil podem sacar os R$ 17,7 milhões disponíveis para o abono salarial
11/12/2018 - 13:53  Marília Mendonça surpreende fãs divulgando show surpresa no Centro de Campo Grande
11/12/2018 - 07:45  Regulamentar venda de horários também será um dos desafios de Bolsonaro
10/12/2018 - 15:48  Emissão de CNH esta suspensa em MS por manutenção do sistema
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE