PUBLICIDADE
Política
Noticia de: 09 de Outubro de 2018 - 10:25
PSB, PSDB, Rede, DC e PPL devem anunciar hoje apoio no segundo turno



 
 

Após breve descanso com o fim do primeiro turno das eleições, os partidos políticos se reúnem para definir o apoio aos candidatos à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). A expectativa é de que PSB, PSDB, Rede, DC e PPL anunciem hoje (9), em Brasília, as decisões.

Informalmente, alguns líderes políticos sinalizaram como atuarão nesta reta final. O comando do PDT, do candidato Ciro Gomes, que ficou em terceiro lugar na disputa presidencial, indicou que deve assumir um “apoio crítico” à candidatura de Haddad.

Sofrendo com uma redução nos quadros, o PSDB, que lançou o candidato Geraldo Alckmin, deve ter uma divisão interna, segundo analistas políticos. Mesmo se houver uma decisão fechada em torno de um dos nomes, a tendência é de racha. A vice na chapa de Alckmin, Ana Amélia, afirmou que apoiará Bolsonaro.  

Nas redes sociais, o candidato do PPL à Presidência, João Goulart Filho, fez elogios a Ciro Gomes, mas não apontou se pretende apoiar Bolsonaro ou Haddad. A candidata da Rede, Marina Silva, fez severas críticas aos dois que disputarão o segundo turno, assim como João Amoêdo, do Partido Novo.   

Reuniões

A Comissão Executiva Nacional do PSB se reúne, às 14h30, na sede do partido, em Brasília. Às 15h, a executiva nacional do PSDB também se encontra na capital federal. O PPL, que lançou João Goulart Filho, é outro partido que se reúne nesta terça-feira em Brasília.

A expectativa é de que Rede e o DC, de Eymael, anunciem hoje também seus apoios. O MDB, presidido pelo senador Romero Jucá (MDB-RR), que perdeu a reeleição, deve se reunir amanhã (10) na capital federal. Já o PSTU, de Vera Lúcia, marcou para o dia 11 o anúncio.

 O Podemos, que lançou Alvaro Dias, o Partido Novo, de João Amoêdo, e o PV, que lançou Eduardo Jorge, vice de Marina Silva, ainda não marcaram reuniões para decidir sobre o tema.

Agendas

Bolsonaro afirmou que pretende se reunir com o economista Paulo Guedes, apontado como seu eventual ministro da Fazenda. O candidato deverá permanecer em casa, no Rio de Janeiro. Amanhã (10), ele será examinado por uma junta médica para poder definir sua agenda de campanha.

Haddad terá encontros hoje com governadores do PT e correligionários, em São Paulo. As reuniões ocorrem um dia depois de ele visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em Curitiba. O candidato ainda não anunciou como será a agenda de campanha até o segundo turno.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
17/12/2018 - 13:57  Bolsonaro antecipa retorno a Brasília para reunir ministros
17/12/2018 - 13:56  Azambuja nega atraso em repasse de R$ 10 milhões à Santa Casa
17/12/2018 - 10:35  Deputado apresenta projeto alterando a lei que disciplina exploração de florestas em MS
11/12/2018 - 07:17  Em diplomação, Bolsonaro pede confiança daqueles que não votaram nele
10/12/2018 - 15:53  TSE diploma Bolsonaro e Mourão. Acompanhe ao vivo
10/12/2018 - 09:02  Em ministério, Mandetta vai priorizar atenção básica de saúde
06/12/2018 - 14:34  Governo quer endurecer regra para médico que desistir do Mais Médicos
06/12/2018 - 09:40  Bolsonaro discute estrutura de governo com futuros ministros
06/12/2018 - 09:09  Eleitor que faltou no primeiro turno tem até hoje para se justificar
05/12/2018 - 10:26  'Libera geral': polêmico indulto de Temer pode soltar mafiosos presos em MS
05/12/2018 - 10:07  Câmara de Dois Irmãos do Buriti aprova doação de terreno ao Sindicato Rural.
03/12/2018 - 13:28  Equipe trabalha para finalizar reforma administrativa do Estado
03/12/2018 - 13:09  Governador vai pedir a Moro ampliação de vagas da PRF para MS
29/11/2018 - 11:01  Governador confirma "ideia forte" de criar agência de desenvolvimento
28/11/2018 - 10:25  Estado paga 13° salário dos servidores no dia 18 de dezembro, anuncia Azambuja
28/11/2018 - 09:42  Câmara de Dois Irmãos do Buriti apresenta “Projeto de Lei Menor Aprendiz”.
27/11/2018 - 14:22  Justiça mantém presos vereadores e prefeitos que recebiam "mensalinho"
27/11/2018 - 14:19  Agricultura familiar terá atenção especial, diz Tereza Cristina
27/11/2018 - 10:17  Bolsonaro passa o dia em Brasília para série de reuniões
27/11/2018 - 10:00  Temer edita MP para socorrer santas casas e hospitais filantrópicos
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE