PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 08 de Novembro de 2018 - 08:33
Pecuaristas querem reduzir uso da água



 
 

A cena é corriqueira: você vai até o açougue, compra um quilo de carne bovina e segue sua vida. O que você não imagina é que, para garantir a produção destes bifinhos, foram usados 15,4 mil litros de água. O gasto pode parecer assustador, mas pesquisadores explicam que antes de se apavorar com o número e virar vegetariano, é possível entender melhor o que realmente significa este consumo. Ele considera todas as etapas da produção, desde o pasto até chegar nos açougues e supermercados, e também inclui a água proveniente de diversas fontes, desde chuvas até a captada por poços artesianos ou rios.

Agora, fica mais fácil também especificar de quais maneiras é possível reduzir esse volume e contribuir com um uso mais responsável e consciente do recurso. Entre as saídas estão melhorar a nutrição animal e até mesmo mensurar melhor o uso de água nas fazendas, por meio dos hidrômetros. Estes são alguns passos para melhorar a “pegada hídrica” e que já ganham adeptos entre os pecuaristas de Mato Grosso do Sul.

A necessidade de medir o consumo de água

Em 2010, um levantamento global feito por uma entidade internacional, a Water Footprint Network, revelou um número que até hoje causa espanto e preocupação à população, aos produtores rurais, às indústrias e demais interessados pelo tema: são utilizados, em média, 15,4 mil litros de água por cada quilograma de carne produzido no planeta.  O número já parece alarmante e, no Brasil, a problemática é um pouco mais complicada, já que a maioria das propriedades rurais não contam com hidrômetro - o aparelho com que se mede o consumo de água nos imóveis. “A gente acha que a água é importante, mas ainda não fazemos o básico, que é medir a quantidade utilizada”, questiona o pesquisador Julio Cesar Palhares, da Embrapa Pecuária Sudeste, que há anos se desdobra a estudar o uso de água na pecuária do País. 

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
14/11/2018 - 14:14  Prefeito Edilsom acompanha andamento de obras de pavimentação.
13/11/2018 - 18:58  Entre Posto de Pescado inaugurado vai gerar 40 empregos direto.
13/11/2018 - 09:46  Dois Irmãos do Buriti comemorou com show os 31 anos de emancipação.
12/11/2018 - 17:23  CONSELHO DO POVO TERENA REUNI COM EQUIPE DE PROJETO”“Komomoti koyeku poke
12/11/2018 - 11:19  Nesta segunda feira brinquedos e show para comemorar os 31 anos de Dois Irmãos do Buriti.
12/11/2018 - 09:39  Colégio da PM sai do papel e será instalado em 2 cidades de MS
12/11/2018 - 09:37  Tereza Cristina tem encontro com Bolsonaro e almoço com deputados
12/11/2018 - 09:36  Peão de Mato Grosso do Sul morre após ser pisoteado por touro em rodeio
12/11/2018 - 09:06  Em MS, 23,9 mil estudantes faltaram ao segundo dia de provas do Enem
12/11/2018 - 08:53  Mato Grosso do Sul deve produzir 14,8% a mais na safra em 2019
10/11/2018 - 11:08  Pena 'leve' para assassino gera revolta e julgamento termina em quebra-quebra em Dois Irmãos do ...
09/11/2018 - 16:29  Médicos voluntários devem atender 500 pessoas em expedição no Pantanal
09/11/2018 - 15:46  Câmara publica mensagem de aniversário de Dois Irmãos do Buriti.
09/11/2018 - 09:06  Governo espera arrecadar R$ 767 milhões com o IPVA de 2019
08/11/2018 - 15:05  Em um ano, mortes na BR-163 caem de 62 para 30 casos em MS
08/11/2018 - 09:42  Projeto “Nossa Cidade” alunos visitam Câmara Municipal.
08/11/2018 - 08:36  À comissária da OEA, índios revelam medo do governo Bolsonaro
08/11/2018 - 08:36  IPVA chegará em dezembro e deve render mais de R$ 700 milhões
07/11/2018 - 15:39  Com abertura de frigorífico de peixes, Dois Irmãos do Buriti quer atrair novas indústrias
07/11/2018 - 15:27   Dois Irmãos do Buriti ganha recapeamento e inaugura frigorífico de peixe.
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE