PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 08 de Novembro de 2018 - 08:33
Pecuaristas querem reduzir uso da água



 
 

A cena é corriqueira: você vai até o açougue, compra um quilo de carne bovina e segue sua vida. O que você não imagina é que, para garantir a produção destes bifinhos, foram usados 15,4 mil litros de água. O gasto pode parecer assustador, mas pesquisadores explicam que antes de se apavorar com o número e virar vegetariano, é possível entender melhor o que realmente significa este consumo. Ele considera todas as etapas da produção, desde o pasto até chegar nos açougues e supermercados, e também inclui a água proveniente de diversas fontes, desde chuvas até a captada por poços artesianos ou rios.

Agora, fica mais fácil também especificar de quais maneiras é possível reduzir esse volume e contribuir com um uso mais responsável e consciente do recurso. Entre as saídas estão melhorar a nutrição animal e até mesmo mensurar melhor o uso de água nas fazendas, por meio dos hidrômetros. Estes são alguns passos para melhorar a “pegada hídrica” e que já ganham adeptos entre os pecuaristas de Mato Grosso do Sul.

A necessidade de medir o consumo de água

Em 2010, um levantamento global feito por uma entidade internacional, a Water Footprint Network, revelou um número que até hoje causa espanto e preocupação à população, aos produtores rurais, às indústrias e demais interessados pelo tema: são utilizados, em média, 15,4 mil litros de água por cada quilograma de carne produzido no planeta.  O número já parece alarmante e, no Brasil, a problemática é um pouco mais complicada, já que a maioria das propriedades rurais não contam com hidrômetro - o aparelho com que se mede o consumo de água nos imóveis. “A gente acha que a água é importante, mas ainda não fazemos o básico, que é medir a quantidade utilizada”, questiona o pesquisador Julio Cesar Palhares, da Embrapa Pecuária Sudeste, que há anos se desdobra a estudar o uso de água na pecuária do País. 

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
15/02/2019 - 15:52  Prefeito anuncia 10% de desconto na tarifa de energia pública em reunião com ENERGISA.
15/02/2019 - 14:22  Chuvas causam avarias em estradas e prédios públicos de Dois Irmãos do Buriti.
14/02/2019 - 16:02  Jornada Pedagógica marca início do Ano Letivo de 2019 em Dois Irmãos do Buriti.
14/02/2019 - 15:29  Projetos Sociais de Dois Irmãos do Buriti iniciam na próxima segunda-feira.
14/02/2019 - 15:04  Dois Irmãos do Buriti recebe patrulha mecanizada do Governo do Estado.
14/02/2019 - 10:48  Prefeitura de Dois Irmãos realiza Audiência Pública da Saúde.
14/02/2019 - 08:55  Governador entrega equipamentos agrícolas em Aquidauana e Três Lagoas; confira a agenda desta ...
14/02/2019 - 08:52  Presidente do SINTED DIB anuncia ações para o ano de 2019.
14/02/2019 - 08:01  Calor elevou consumo e valor das contas de luz, diz Energisa
13/02/2019 - 14:41  Presidente da Câmara recebe visita de Oficias Bombeiros .
13/02/2019 - 14:25  Agepan vai checar procedência de reclamações sobre aumento da fatura de energia elétrica
13/02/2019 - 14:22  Já são mais de 30 mil consumidores lesados pelo abuso de tarifa da Energisa
12/02/2019 - 10:13  Reunião com a ENERGISA na Câmara de Dois Irmãos do Buriti é adiada para sexta-feira.
12/02/2019 - 10:09  Ferrovia de MS será prioridade em plano de investimentos
11/02/2019 - 14:13  Presidente da Câmara participa de café com profissionais de educação.
11/02/2019 - 14:10  Ricardo Boechat, jornalista, morre aos 66 anos em queda de helicóptero em SP
11/02/2019 - 09:30  Cadastro de carteiras de transporte para novos universitários já estão abertas.
11/02/2019 - 07:40  Término do Horário de Verão 2018-2019
11/02/2019 - 07:32  Previsão é de chuva forte para todo o Estado nesta segunda-feira
11/02/2019 - 07:24  Florestas de Mato Grosso do Sul superam 1,1 milhão de ha
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE